Quando o assunto é franquia, qual marca vem à sua cabeça em primeiro lugar? Para a maior parte dos brasileiros, a resposta é franquia Cacau Show, líder em buscas no Google. Se você quer saber quanto custa uma franquia da marca e como abrir uma unidade, vem com a gente!

Fundada em 1988, a empresa é uma das maiores redes do Brasil, tendo expandido sua atuação para o franchising a partir de 2004.

Hoje, com mais de 2 mil lojas espalhadas por todo o Brasil, a companhia, que se auto-intitula como a maior rede de chocolates finos do mundo, é um dos empreendimentos mais almejados por aqueles que querem ter o seu próprio negócio. E tudo porque o mercado de chocolates no Brasil também traz bastante sucesso.

Esse setor deve crescer, até 2018, 10% ao ano, segundo a consultoria Euromonitor. Já de acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, amendoim, Balas e Derivados (ABICAB), os brasileiros consomem 2,8 quilos do produto per capta e por ano.

“Isso faz do Brasil o terceiro maior consumidor mundial de chocolates. Além disso, metade dos brasileiros consome chocolates pelo menos uma vez a cada três meses e um quarto da população consome toda semana”, conta Ana Vecchi, sócia-diretora da Vecchi Ancona – Inteligência Estratégica.

Se esses dados chamaram a sua atenção e você pensa na possibilidade de abrir uma loja de chocolates, mais especificamente uma franquia da Cacau Show, saiba que antes disso é preciso verificar alguns pontos. Eles são: o valor das franquias Cacau Show, seu faturamento, como fazer para abrir um ponto da marca, assim como os cuidados necessários para abrir uma franquia de chocolates.

Pensando em ajudá-lo, o Guia Franquias de Sucesso montou um guia completo sobre a marca. A seguir, você encontra dados de como abrir uma franquia Cacau Show, quanto custa essa franquia e se o investimento realmente vale à pena. Confira (se quiser pegar um atalho, é só clicar nos tópicos abaixo e ir direto para o assunto que mais te interessa)!

Quanto custa uma franquia Cacau Show

cacau-showA franquia Cacau Show conta com cinco modelos de negócio com diferentes investimentos: microfranquia de distribuição, que tem investimento inicial a partir de 19 mil reais; microfranquia Cacau Show, que exige no mínimo 35 mil reais do interessado; microfranquia gelateria, com investimento que começa em 38 mil reais; quiosque, quando você deve investir a partir de 75 mil reais; e loja convencional, com investimento inicial de 160 mil reais.

“No caso de lojas convencionais, recomendamos que exista disponibilidade de capital de giro em torno de 30 mil reais”, aconselha Arlan Roque, gerente de expansão da Cacau Show.

Mas, fique atento, pois a marca não trabalha com sistema de linhas de financiamento ou crédito. A rede só aceita empreendedores que possuem capital próprio para investimento.

“O recomendado é que, além da disponibilidade do valor de investimento exigido para seu modelo de franquia, você possua uma reserva de seis a 12 meses de suas despesas fixas pessoais, pois o negócio não irá deixar caixa para pagar pró-labore nos primeiros meses”, diz Marcelo Scharra, administrador de empresas e consultor de gestão da Inside Business Design.

De acordo com a Cacau Show, o franqueado passa a ter retorno do investimento de 18 a 24 meses, dependendo da data em que a loja foi aberta. Isso porque, ainda segundo dados da empresa, as datas comemorativas, principalmente a Páscoa, ajudam o retorno do investimento chegar mais rápido.

Qual é o valor de uma franquia Cacau Show?

A Cacau Show conta com cinco modelos de franquias, como dito acima, elaborados para atender os diferentes perfis de empreendedor. Abaixo estão os detalhes sobre cada um deles:

Microfranquia de distribuição

O modelo segue a tendência home-based, na qual o franqueado atua em sua própria residência e é uma opção mais acessível para se tornar parte da rede já consolidada. Tem entre suas vantagens a flexibilidade no horário de trabalho.

A microfranquia de distribuição oferece oportunidade de expansão, pois dá ao franqueado a possibilidade de desenvolver uma carteira de revendedores para atuação nas áreas de vendas domiciliares e corporativas. O modelo não necessita de investimentos em instalações e conta com baixo custo operacional.

Investimento inicial: a partir de R$ 19 mil
Taxa de franquia: R$ 10 mil
Royalties: 50% da compra
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: de 12 a 18 meses
Microfranquia Cacau Show

É uma opção de negócio focada nas vendas dos tradicionais chocolates da rede. É compacta e oferece uma ampla gama de locais para instalação, como universidades e hipermercados.

O franqueado que optar por esse modelo de negócio conta com oportunidade de expansão por meio do cadastramento de revendedores que, como na Microfranquia de Distribuição, podem atuar na área de vendas domiciliares e corporativas, o que possibilita ganhos além do ponto de venda.

Investimento inicial: a partir de R$ 35 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil
Royalties: 50% da compra
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: de 12 a 18 meses

Microfranquia Gelateria

A linha de sorvetes do tipo italiano (gelatos) da Cacau Show ganhou um modelo de negócio só para ela: a Microfranquia Gelateria Cacau Show. Pode ser instalada em locais como galerias comerciais e shoppings.

A opção de franquia oferece produtos exclusivos, que recriam sabores clássicos da Cacau Show como Trufa Tradicional, LaCreme, Intensidade e Mezzo, além de versões frutadas, como Limão-Siciliano e Morango-Silvestre.

Investimento inicial: a partir de R$ 38 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil
Royalties: 50% da compra
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: de 12 a 18 meses
Quiosque

Com valor de investimento mais acessível ao empreendedor, o quiosque tem custo inicial a partir de R$ 45 mil e prazo de retorno de 18 a 24 meses, sendo mais uma opção para se tornar parte da rede.

O modelo possibilita a instalação  em estações e pontos de grande fluxo, e oferece aos franqueados acesso ao mix completo de produtos da marca.

Investimento inicial: a partir de R$ 75 mil
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Royalties: 50% da compra
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: de 18 a 24 meses

Loja Convencional

Este modelo de negócio oferece, além do acesso ao mix completo de produtos, diferenciais no ponto de venda como um modelo de loja com banner digital e a exclusiva árvore de trufas. Conta, ainda, com aroma de chocolate.

Investimento inicial: a partir de R$ 160 mil
Taxa de franquia: R$ 40.000
Royalties: 50% da compra
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: de 18 a 24 meses

Qual é o faturamento de uma franquia Cacau Show?

Apesar de a marca não divulgar o faturamento da franquia de chocolates, de acordo com o site da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento médio para lojas convencionais é de 70 mil reais. O número foi confirmado por franqueados Cacau Show com quem o Guia Franquias de Sucesso conversou, mas que preferiram não se identificar.

Qual é o lucro de uma franquia Cacau Show?

Estes números do lucro da franquia Cacau Show também não são revelados pela empresa, mas, ainda segundo dados passados por franqueados, esse valor pode chegar a 20 mil reais para lojas convencionais. Em datas comemorativas como a Páscoa, no entanto, o lucro costuma ser maior por conta da alta procura por esse tipo de produto.

Compare os números da Cacau Show com os de outras franquias de chocolates

Quer compara a Cacau Show com outras franquias de chocolate? Abaixo, você encontra os valores gerais de investimento e retorno, de acordo com dados da ABF coletados em 05/10/16, de outras redes que concorrem diretamente com a marca:

Kopenhagen

Investimento total: R$ 345 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil
Royalties: não informado
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Chocolates Brasil Cacau

Investimento total: de R$ 140 mil a R$ 260 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil
Royalties: variável
Faturamento médio mensal: R$ 50 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Havanna

Investimento total: de R$ 335 mil a R$ 685 mil
Taxa de franquia: R$ 65 mil
Royalties: 5%
Faturamento médio mensal: R$ 10 mill
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Brigaderia

Investimento total: R$ 230 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: isento
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

Como abrir uma franquia Cacau Show

cacau-show3

De acordo com informações dos dirigentes da rede de franquias Cacacu Show, o processo é simples, pois eles atuam apenas com empreendedores que estão à frente do negócio. “Acreditamos que estar presente na gestão faz a diferença para o resultado”, avalia Roque.

Para facilitar o processo, a rede oferece suporte na escolha do local para a abertura da nova unidade, assim como apoio jurídico, assistência e treinamento inicial para operação, manuais de implantação, administração e marketing, e apoio na montagem para a inauguração da loja, além de consultoria permanente.

Em tempo: há alguns relatos na internet de pessoas que reclamam que precisar pagar uma taxa para entrar no processo seletivo. Segundo porta-voz da empresa, isso não é verdadeiro. “O cadastro e trabalho estão relacionados apenas ao preenchimento da ficha, entrevista com o franqueado, aquisição dos produtos e venda, não existindo nenhuma taxa para o interessado”, esclarece Roque.

Conheça os modelos de franquias disponíveis

Hoje, a rede conta com cinco modelos de franquias disponíveis: a microfranquia de distribuição, a microfranquia chocolate, a microfranquia gelateria Cacau Show, o quiosque e a loja convencional (já descritos acima).

Além deles, a rede lançou, recentemente, o modelo de venda direta. Não se trata de uma franquia, mas sim de uma opção de investimento. O kit de vendas domiciliares é feito para as pessoas que querem se tornar revendedoras da marca e o recrutamento é feito pelos próprios franqueados.

“Esse modelo tem como base um kit desenvolvido para os representantes que estão iniciando a jornada nas vendas diretas. Oferecemos um catálogo com todos os produtos disponíveis para pronta-entrega e, caso o consumidor se interesse por algo que não esteja presente, o produto pode ser solicitado na loja e entregue pelo revendedor”, explica Roque.

Para se tornar um revendedor, o investimento inicial é baixo, de apenas 199,90 reais, referente ao primeiro pedido. O valor é recuperado integralmente com a venda dos produtos e o revendedor ainda tem lucro, segundo informa a rede de franquias.

“No primeiro pedido o revendedor ganha a bolsa para transporte e venda dos produtos, garantindo a qualidade. A contratação fica por conta dos próprios franqueados, e as lojas que já fazem parte da operação estão disponíveis no nosso portal”, explica o gerente.

As expectativas da marca para a modalidade é que, em cerca de dois anos, ela represente 25% do faturamento da rede. Hoje, existem 10 mil revendedores em atuação e outros 50 mil interessados.

Saiba se você tem o perfil ideal

Para ser um franqueado Cacau Show, além de ter vontade de ter o próprio negócio e se identificar com o segmento da franquia, é importante prezar pela satisfação do consumidor, fator exigido pela marca. Por conta disso, são responsabilidades do franqueado a qualidade do atendimento, a exposição dos produtos e a composição do estoque e vendas ao consumidor, atividades feitas no ponto de venda.

“Para se tornar um franqueado da marca, antes de tudo, é necessário ser um empreendedor comprometido com o negócio e empregar todos os esforços necessários para o aprimoramento comercial e administrativo no trato com a marca, além da dedicação em tempo integral”, conta o gerente de expansão da Cacau Show.

Além disso, para se dar bem no processo seletivo de franqueados Cacau Show, Arlan Roque dá a dica: “É preciso focar na disposição para trabalhar e na identificação com o varejo.”

Como saber se sua região comporta uma unidade

Se você está interessado em abrir uma franquia Cacau Show, mas não sabe se a região onde mora comporta uma loja da rede, saiba que os requisitos para isso são bastante amplos.

“Temos um produto que nos permite uma grande penetração de mercado. Acreditamos que ainda não alcançamos metade do que o Brasil comporta em médio e longo prazo. Cidades a partir de 30 mil habitantes são objeto de análise, pois entendemos que o mercado como um todo é aberto, afinal, o que não comportava uma loja há alguns anos, hoje tem possibilidades”, explica Roque.

Mesmo assim, para ter sucesso com sua franquia é importante analisar algumas coisas referentes à localização. Um caminho que faz sentido é mapear, a partir do seu ponto de escolha, quantas lojas da rede possuem em um determinado raio. Com ajuda da internet e caminhando nos quarteirões ao lado é possível identificar outras unidades.

“É importante, ainda, analisar neste mesmo raio a quantidade de concorrentes diretos, que são outras lojas que vendam chocolates e sorvetes”, elucida Scharra.

Como é o processo de seleção

O processo para abrir uma franquia Cacacu Show tem diversas etapas. Primeiro é preciso fazer um cadastro no site, que irá passar por uma pré-análise.

Depois, o futuro franqueado é convidado para uma reunião de apresentação da franquia, quando são esclarecidas dúvidas, detalhes sobre o negócio e o que é preciso para se tornar um franqueado.

Se a proposta for aceita, a rede procura um ponto comercial e analisa a documentação entregue pelo candidato, a COF. Após isso, há a assinatura do contrato e, posteriormente, a implantação da loja.

Agora, você pode estar se perguntando: quanto tempo demora todo esse processo? O gerente de expansão responde: “O que faz a diferença é o tempo de localização de um ponto comercial favorável. A partir da aprovação do ponto comercial, em média o processo de implantação até a inauguração é de 60 dias”.

Após isso, o timing de retorno da franquia varia de acordo com o modelo de negócio escolhido. Segundo a marca, os três modelos de microfranquias têm prazo de retorno previsto em um período de 12 a 18 meses. Já a loja convencional e o quiosque têm expectativa de retorno estimada em 18 a 24 meses.

Franquia Cacau Show: vale a pena?

cacau-show2

Conhecendo todos esses dados para a abertura de uma franquia Cacau Show, é hora de saber se a franquia está dentro das suas expectativas e se vale à pena pensando em suas necessidades.

As vantagens da franquia Cacau Show

Não tem como negar que a Cacau Show é uma marca consolidada no mercado, reconhecida pelos consumidores e que, assim como outras redes, oferece suporte de marketing, vendas, jurídico, entre outras áreas do negócio.

“Além disso, outra vantagem de ser um franqueado Cacau Show é que a rede está sempre veiculando a marca na mídia e formatando promoções para atrair os clientes”, pontua Ana.

A empresa conta, ainda, com amplo portfólio e busca sempre novidades que possam atrair mais público. “Diferenciamos-nos mantendo o crescimento no mercado a partir de nossa constante busca por inovar e oferecer ao público muito mais que apenas produtos, mas sim, momentos e experiências únicas”, comenta Roque.

Como é o suporte da franqueadora

O processo para apoio ao franqueado é bastante maduro. Além da equipe de consultoria de negócios, que tem como foco a otimização de resultados da loja, o franqueado conta com:

  • Treinamento de gestão para ele e sua equipe;
  • Apoio em desenvolvimento de marketing regional;
  • Fundo nacional de propaganda;
  • Indústria própria que suporta a rede;
  • Desenvolvimento de produtos;
  • Sistema de atendimento ao franqueado, que suporta o franqueado em apoio administrativo;
  • Consultoria interna para apoio ao franqueado;
  • Conselho de Franqueados, que permite constante comunicação com a rede.

“Ainda temos a Convenção Nacional de Franqueados, que realizamos anualmente, e as reuniões regionais em que nossa equipe de gestores realiza encontros nos principais centros regionais do país”, conta Roque.

Os desafios de ser um franqueado Cacau Show

Apesar de todos os pontos positivos, existem alguns aspectos importantes aos quais os investidores devem estar atentos. Primeiro, e o principal deles, é necessário estar ligado à concorrência, que é acirrada por conta das diversas promoções e produtos.

Outro desafio é o giro do estoque, já que o chocolate, além de ser um item perecível, requer cuidados especiais para o armazenamento e exposição por conta do calor e da umidade.

“Saber comprar produtos para a loja e abastecê-la bem, principalmente para Páscoa, é bastante importante. E prever vendas em meses com datas festivas também”, diz Ana.

Gostar de lidar com pessoas, treinar bem a equipe e atuar constantemente no negócio também são desafios presentes nesse tipo de negócio.

O que outros franqueados dizem

A maior parte dos franqueados Cacau Show está satisfeita com a rede e com o suporte dado pela franqueadora. A marca recebeu o Selo de Excelência em Franchising da ABF nos anos de 2008, 2009, 2012, 2013, 2014 e 2015.

A chancela, concedida a menos de 10% de todas as redes do Brasil, é atribuída a partir de pesquisa de satisfação feita com os próprios franqueados.

“Comecei com uma franquia no shopping e deu tão certo que já abri mais uma”, contou, em entrevista ao Guia Franquias de Sucesso, uma franqueada de Salvador que preferiu não se identificar.

Sua única reclamação, no entanto, é que a escolha dos produtos que serão necessários para a Páscoa – data de maior venda da franquia – precisa ser feita um ano antes, o que às vezes atrapalha na prospecção do negócio. “Em tempos de crise é difícil ter plena certeza do que pedir. Na última Páscoa ficamos com muitos produtos parados no estoque”, lamenta a franqueada.

“A estrutura que a Cacau Show oferece, com consultores e treinamentos, é sem dúvida o caminho para alcançar o sucesso”, diz o franqueado Celso Aparecido Cavenaghi, de São Paulo (SP), em depoimento no site da empresa. “Dentro do que procurávamos, a Cacau Show, era a empresa que mostrava o melhor retorno para o investimento”, destaca Alex França, de Belford Roxo (RJ), também no site.

Mas, é possível encontrar alguns franqueados insatisfeitos com a marca em redes como Reclame Aqui. “A sazonalidade causa muita disparidade no faturamento no ano. O faturamento não confere com o valor investido”, disse um ex-franqueado no site. “O ponto comercial afeta muito, pois as lojas de shopping são as que realmente conseguem ter um bom faturamento”, avalia outro franqueado em mais uma reclamação.

Em reportagem do Diário do Comércio (leia aqui), outro fator negativo foi apontado por ex-franqueados: “um dos pontos cruciais da franquia é o bloqueio de fornecimento em datas que mais vendem, como Natal e Páscoa, sendo que às vezes a rede não entrega as mercadorias na quantidade necessária”, reclama o franqueado na matéria.

Sobre essas reclamações, a marca não se manifestou, ao ser questionada pela Guia Franquias de Sucesso.

O que perguntar a outros franqueados da marca

Sempre que for avaliar uma franquia, vale perguntar aos franqueados da rede alguns pontos importantes para saber se aquela empresa é boa ou não para os seus objetivos.

Confira alguns pontos importantes para abordar nesta conversa:

  • Qual o grau de satisfação com a franqueadora, de maneira geral;
  • Como foi atendido em suas demandas e necessidades (como é o suporte de campo);
  • Cheque, com os que não estão tão satisfeitos, os motivos para tal;
  • Verifique se as planilhas que a franqueadora apresenta (com dados como faturamento e lucro estimados) representam a realidade;
  • Qual a relação com os fornecedores;
  • Processos de compra de produto e abastecimento;
  • Gestão de estoque;
  • Como o franqueado lida com a sazonalidade.

Para chegar a esses franqueados, não há mistério: basta identificar as lojas e abordar o atendente ou gerente se apresentando e falando do interesse em conversar com o dono.

“Muitas vezes, os franqueados indicados pelo próprio franqueador são unidades modelos, mas a visita direta pode ser mais reveladora”, alerta Scharra.

No entanto, não deixe de visitar os franqueados modelos também, pois são os caminhos que deram certo e que você pode seguir. “Depois das duas visitas, tire suas conclusões, pois eventuais resultados negativos podem não ser de responsabilidade da franqueadora e sim do perfil de gestão do franqueado”, finaliza Scharra.

Você pensa em abrir uma franquia da Cacau Show? Deixe aqui suas dúvidas e comentários!

COMPARTILHE
Artigo anteriorMaria Brasileira busca franqueados em cidades menores
Próximo artigoComeça hoje a 10ª edição da Expo Franchising ABF Rio
Avatar
Graduada em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduanda em Gestão de Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing, sua paixão é escrever e tem curiosidade sobre os mais diversos temas. Já trabalhou em editorias de entretenimento, esportes, saúde, bem-estar, PME e gestão de carreiras.

22 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia!
    Desejo saber mais detalhadamente como funciona as microfranquias distribuidora, Cacau Show e gelateria?
    Aguardo contato
    Obrigado!

  2. Oii vocês podem me dizer quanto é lucro mensal da cacau show, no artigo está que é 20 mil, mas será que é isso mesmo?
    Queria muito abrir uma loja, tenho o dinheiro necessário mas estou em duvida se vale a pena mesmo por isso queria saber mais ou menos o lucro mensal
    Muito bom o artigo me esclareceu muitas coisas!!!

    • Oi, Pedro. Tudo bem? O valor informado na matéria é o que alguns franqueados reportam, mas a franqueadora não divulga oficialmente este número. O ideal é você conversar com outros franqueados da rede (especialmente os da sua região) para ter uma ideia dos números reais. Um abraço.

  3. Boa tarde! moro no interior de Minas Gerais (araxa), 100 mil habitantes. Aqui ja temos uma franquia da cacau show. Dependendo numero de habitantes da cidade, podemos montar outra microfranquia?????

  4. Olá, como entrar em contato via telefone com a cacau show, para melhores informações sobre a franquia?

    Obrigado!
    Reginaldo

  5. Bom dia !!

    Tenho muito interesse na franquia, estou vendendo meu apartamento para investir, mas não consigo me cadastrar pelo site …

    Como faço ?

    Grata !

  6. Tenho 20 mil queria colocar uma franquia da cacau show .
    Eu Aluguei em uma galeria uma sala pequena pra colocar algo
    Com esse valor posso colocar uma franquia da cacau show?

DEIXE UMA RESPOSTA