Se investir no segmento alimentício já é uma boa pedida, apostar em uma franquia de alimentação é melhor ainda. O motivo? O franchising continua sendo uma ótima alternativa para os que desejam ter um negócio.

O setor de franquias manteve um baixo índice de fechamento de negócios, mesmo em um cenário de retração econômica. De acordo com o levantamento feito pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), a mortalidade de empresas no sistema de franquias foi de 3,7% em 2016, enquanto o índice de mortalidade dos negócios tradicionais é de 25,9% em dois anos, segundo o Sebrae.

➥ Busca franquias de comidas para investir? Confira nosso guia de franquias de alimentação (com valores de investimento)

Falando de alimentação, o investidor tem ainda mais segurança, pois dentro do franchising esse é o seguimento que menos sofre com a sazonalidade. Para que tenha ideia, de acordo com o Instituto Foodservice Brasil (IFB), o mercado de alimentação fora do lar cresceu 3% em 2016, movimentando 184 bilhões de reais.

O IFB apurou ainda que os estabelecimentos do setor registraram um tíquete médio de 13 reais por compra, sendo que a maior fatia desse mercado é representada pelos restaurantes de fast-food.

É por conta desses números, aliás, que novas redes de alimentação vêm surgindo no mercado. Mas, apesar da maior concorrência, há possibilidades de se dar bem neste segmento.

“O ponto mais importante para obter sucesso na gestão de um novo negócio é a determinação e o empenho. A franquia não é uma máquina de fazer dinheiro como muitos pensam, não é ligar na tomada e receber dinheiro, é um negócio como os outros, com a diferença de que você terá um suporte de uma marca que dá as ferramentas de ensina a usá-las”, lembra Lucas Biazon, Gerente de Expansão do Khea Thai, especialista neste segmento.

Assim, o fato de você investir em uma franquia nova no mercado, desde que ela essa seja estruturada o suficiente para ser uma franqueadora, gera, segundo Lucas, uma série de vantagens. “A principal vantagem é o franqueado ter a oportunidade de crescer junto com a marca e ter a flexibilidades que não teria em uma grande marca”, aponta o especialista.

Com isso em mente, confira algumas opções de novas franquias de alimentação e mãos à obra! Os dados de investimento são divulgados pela ABF ou foram informados pelas empresas.

1Fórmula Pizzaria

A Fórmula é uma rede de pizzarias fundada em 2014 que começou sua expansão por franquias em 2016. Apesar de ser uma marca nova no franchising, a Fórmula faz parte de um grupo com anos de experiência nesse mercado. São mais de 40 opções de pizzas e calzones no cardápio, e o franqueado conta com o suporte de uma cozinha central para fornecimento de insumos e produtos.

Investimento total: R$ 145 mil a R$ 165 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: R$ 1 mil
Faturamento médio: R$ 70 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

2Baked Potato

Especializada em batata assada recheada, a Baked Potato oferece diversas opções de recheios, além de saladas, acompanhamentos, nhoque, pão e sobremesas. A marca tradicional já tem 50 unidades próprias e agora expande para o Brasil inteiro através do franchising.

Investimento total: de R$ 380 mil a R$ 450 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 6% sobre o faturamento bruto
Faturamento médio: de R$ 100 mil a R$ 150 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

3Casa da Azeitona

A mercearia e empório gastronômico surgiu em 1958, mas começou no franchising em 2017, procurando expandir seu camo de atuação no sul e sudeste do Brasil. Já conta com duas unidades próprias e outras duas franqueadas.

Investimento inicial: a partir de R$ 480 mil
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Royalties: 3% sobre o faturamento bruto
Faturamento médio: de R$ 160 mil a R$ 270 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

4Johnny Rockets

A cadeia norte-americana de restaurantes temáticos está projetando grande expansão no Brasil. Com 12 unidades, a marca prevê mais oito inaugurações em 2017 em diversos estados, se aproximando da meta de 50 lojas até 2020.

Investimento inicial: a partir de R$ 900 mil
Taxa de franquia: US$ 49 mil (o equivalente em reais na data de assinatura do contrato)
Royalties: de 6% a 8% sobre o faturamento bruto mensal
Faturamento médio: de R$ 350 mil a R$ 800 mil
Prazo de retorno: de 30 a 42 meses

5Khea Thai

A Khea Thai é primeira franquia de gastronomia tailandesa do Brasil. A marca conta com facilidade de operação, já que tem kits dos pratos porcionados e preparados apenas para finalização.

Investimento inicial: de R$ 139,9 mil a R$ 260 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: R$ 2 mil fixo
Faturamento médio: R$ 45 mil a R$ 90 mil
Prazo de retorno: até 24 meses

6Los Ogros – Hamburgueria Food Truck

O food truck foi criado em 2015 e seu cardápio apresenta quatro burgers, sendo três permanentes e um sazonal, de acordo com o ambiente, horário e público. Em um formato simples e enxuto, o trailer oferece variedade com baixo custo de operação.

Investimento total: R$ 70 mil
Taxa de franquia: R$ 30mil
Royalties: R$ 1,50 sobre cada hambúrguer vendido
Faturamento médio: R$ 25 mil
Prazo de retorno: 7 meses

7Saladenha

A Saladenha é uma rede de franquias especializada em alimentação saudável. O carro chefe da marca é a salada servida no pote, prato que conta com várias opções no cardápio. O menu oferece ainda opções de wraps, sanduíches, sucos e outras comidas saudáveis. O atendimento pode ser feito no local ou em delivery.

Investimento total: R$ 130 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 5% sobre faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 40 mil a R$ 50 mil
Prazo de retorno: 16 meses

8Snack Saudável

A proposta da Snack Saudável é oferecer alimentos saudáveis para crianças, trabalhando com kits de lanches saudáveis que são entregues diretamente nas escolas, próximo ao horário de recreio. Os kits são compostos por uma bebida natural (sucos, vitaminas ou iogurtes), um carboidrato fresco (bolos, pães, sanduíches) e uma fruta. Todos os kits são preparados no dia da entrega e montados por nutricionistas. Os clientes podem optar por contratar os snacks em planos diários, mensais ou trimestrais.

Investimento total: a partir de R$ 64,9 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil
Royalties: R$ 450 nos primeiros seis meses, depois R$ 900
Faturamento médio: R$ 24,75 mil
Prazo de retorno: 15 meses

9Spaziale Italiana

Com quase dois anos de existência, e sete meses no mercado de franchising, a Spaziale apresenta faturamento mensal de 63 mil reais e lucro médio de 40% desse valor, aproximadamente 25 mil reais.

Investimento inicial: R$ 211 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 5% sobre o faturamento bruto mensal
Faturamento médio: a partir de R$ 63,3 mil
Prazo de retorno: de 28 a 30 meses

10Sinhá Benta

A confeitaria e cafeteria fundada em 2009 teve início do franchising em 2017, buscando expandir no sul e no sudeste do país. já conta com três unidades próprias e outras três franqueadas.

Investimento inicial: a partir de R$ 346 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Faturamento médio: de R$ 100 mil a R$ 130 mil
Royalties: 5% sobre o faturamento bruto
Prazo de retorno: 12 a 18 meses

DEIXE UMA RESPOSTA