Com altas temperaturas durante boa parte do ano, o Brasil tem um cenário convidativo para banhos de piscina – o que também é um bom sinal para quem pensa em investir em um negócio nessa área. Assim, as franquias de piscinas surgem como uma boa alternativa para empreendedores.

De acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes e Construção de Piscinas e Produtos Afins (Anapp), o Brasil tem o segundo melhor mercado para se investir em piscinas no mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos.

➥ Busca franquias na área de construção? Confira nosso guia de franquias de construção civil

“Com mais 67 milhões de residências, sendo que delas apenas 2% possuem piscinas, o Brasil se torna um país altamente fértil para este tipo de investimento. Ainda assim, são construídas no Brasil 80 mil novas residências por ano, o que indica para este segmento uma longevidade próspera”, afirma Filipe Sisson, presidente da iGUi, rede especializada na fabricação e venda de piscinas.

O potencial se abre em um leque que abrange, além de residências, estruturas comerciais como hotéis, pousadas e clubes, em um mercado que extrapola a necessidade e se relaciona diretamente com o desejo do consumidor.

“O segmento de piscinas, entre outras coisas, envolve o sonho do consumidor. Desse modo, empreendedores que buscam a realização profissional pautadas na felicidade e satisfação de seus clientes, podem encontrar no ramo de piscinas todas as idealizações que procuram”, avalia Sisson.

Para quem quer trabalhar com vendas, as franquias de piscinas oferecem modelos de lojas bem estruturados, que contam com catálogos de produtos variados – além das piscinas, é comum que as redes ofereçam aos consumidores outros produtos relacionados ao segmento, como móveis para áreas externas e acessórios.

Já para quem prefere atuar na prestação de serviços, esse segmento também oferece opções de negócios interessantes. É possível encontrar redes de franquias especializadas em serviços para piscinas, oferecendo tratamento de água, limpeza, manutenção e reforma de piscinas de todos os tipos.

Nesse caso, o valor de investimento costuma ser mais acessível que nas franquias de lojas. Sem a necessidade de contar com um ponto comercial de grandes dimensões, nem de compor estoques caros e mostruário de produtos, as franquias de piscinas que focam em serviços têm estrutura mais enxuta e custos reduzidos.

Na hora de escolher a franquia de piscinas ideal para investir, Sisson aconselha que o candidato comece com uma pesquisa padrão para qualquer segmento do franchising: aprofundar o conhecimento na marca de interesse, conversar com outros franqueados da rede e avaliar o capital necessário para investimento.

“No que diz respeito ao produto, um interessado neste ramo deve se atentar à qualidade das piscinas e acessórios a serem comercializados, se certificando da qualidade que vai desde processo fabril até a garantia final”, acrescenta o especialista.

Aqui, vale apontar que é comum que as franquias de piscinas trabalhem com produtos de fabricação própria – ou seja, a própria marca atua como fornecedora das franquias. Portanto, ao escolher uma rede, o candidato deve analisar com atenção quais são as condições comerciais para compra de produtos e renovação de estoque. Também vale chegar qual é a fábrica mais próxima da região e verificar as questões de logística para o abastecimento da unidade.

“Outro fator importante são as parcerias e facilidades que o suporte do negócio pode lhe oferecer. Obter as melhores taxas, condições e agilidade no processo de entrega do produto para o cliente final são pontos-chave na decisão do consumidor na compra desse item”, alerta Sisson.

Por fim, é importante conferir se as vendas de produtos ou serviços são impactados pela época do ano: a demanda por limpeza pode ser mais alta durante o verão, por exemplo. Nesse caso, o franqueado deve estar preparado para manter o negócio funcionando mesmo com a sazonalidade e consultar as políticas e práticas da franqueadora é um grande diferencial.

Ficou interessado? Então, confira a seguir algumas opções de franquias de piscinas. Os dados de investimento são divulgados pela empresa ou pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

1iGUi TRATABEM

A TRATABEM é uma bandeira da iGUi que atua com serviços especializados de tratamento, limpeza, manutenção e assistência técnica de diferentes tipos de piscinas. Além disso, as lojas trabalham com a venda de produtos químicos e acessórios. A estrutura é enxuta, instalada em containers pré-fabricados pela própria rede e que podem ser instalados em áreas a partir de 15 metros quadrados. São mais de 190 unidades da marca em operação. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: a partir de R$ 65,5 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: R$ 937
Faturamento médio: a partir de R$ 15 mil
Prazo de retorno: 12 a 18 meses

2iGUi Piscinas

As lojas iGUi são especializadas na venda de piscinas e outros produtos do segmento – móveis para áreas externas, acessórios, produtos químicos, saunas, sistemas de filtragem, spas, iluminação, cascatas, entre outros. O valor de investimento já inclui a taxa de franquia, kit de produtos inicial e piscinas para o mostruário. As lojas devem ser instaladas em pontos a partir de 300 metros quadrados. A iGUi conta com cerca de 300 operações no Brasil. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: a partir de R$ 250 mil
Taxa de franquia: R$ 100 mil
Royalties: 5% sobre compras
Faturamento médio: R$ 100 mil
Prazo de retorno: até 24 meses

3Desjoyaux

A Desjayoux é uma marca de origem francesa que atua no segmento de piscinas desde 1966 e tem presença em mais de 85 países. Especializada em piscinas de concreto armado, a marca oferece serviços que incluem a construção e reforma, além de modernização e manutenção de piscinas já existentes. O valor de investimento contempla taxas, instalação da loja, capital de giro, treinamentos e mostruário. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: R$ 200 mil a R$ 360 mil
Taxa de franquia: R$ 80 mil a R$ 120 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 90 mil a R$ 130 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

4Pipeline Piscinas

Com a proposta de oferecer produtos diferenciados e com baixo custo de manutenção, a Pipeline Piscinas abriu sua primeira fábrica em 2006. Hoje, operando por meio de franquias, a Pipeline oferece piscinas de diferentes modelos e disponibiliza uma franquia home based. Os franqueados atuam com vendas diretas, sem necessidade de constituir estoque ou instalar-se em ponto comercial.

Investimento total: a partir de R$ 10 mil
Taxa de franquia: R$ 9 mil
Royalties: R$ 150
Faturamento médio: R$ 50 mil
Prazo de retorno: 2 a 12 meses

5Piscina Fácil

A Piscina Fácil trabalha com serviços especializados nessa área: manutenção de piscinas residenciais e coletivas, reforma, aquecimento, fornecimento de guarda-vidas, assessoria técnica em projetos de construção, construção de piscinas, curso de manutenção, vendas e instalações de piscinas de fibra, entre outros. O modelo é de microfranquia, sem necessidade de instalação de ponto comercial.

Investimento total: R$ 15 mil
Taxa de franquia: R$ 10 mil
Royalties: 10% da receita mensal (mínimo de R$ 498)
Faturamento médio: R$ 15 mil
Prazo de retorno: 12 meses

6Dr. Jardim

Um dos serviços oferecidos pela Dr. Jardim é o de manutenção de piscinas, por meio do tratamento físico (limpeza das bordas, filtração, além de peneirar e aspirar) e químico (tratamento de água). A rede também oferece outros serviços para exteriores, como paisagismo, manutenção de jardins, controle de pragas e irrigação. As franquias podem ser iniciadas em sistema home based.

Investimento total: R$ 25 mil a R$ 55 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil a R$ 30 mil
Royalties: 6% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 25 mil a R$ 50 mil
Prazo de retorno: 12 a 18 meses

7Fiber

A Fiber trabalha com um amplo catálogo de produtos que inclui a comercialização de piscinas de fibra, de vinil e de concreto, além de spas, hidromassagem, saunas, iluminação, aquecimento, casa de máquinas, filtros e bombas, acessórios diversos e produtos químicos de tratamento. Fundada em 2002, a marca conta com mais de 80 lojas em operação.

Investimento total: R$ 60 mil a R$ 110 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 37,2% das compras
Faturamento médio: R$ 80 mil
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

8Splash

A Splash trabalha com a venda de piscinas em duas linhas (tropical e italiana), acessórios, aquecimento e produtos químicos de tratamento. A rede atua com produtos iGUi e pede espaço de 50 a 1 mil metros quadrados para a instalação da loja.

Investimento total: R$ 70 mil a R$ 110 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 20%
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

9Henrimar

A Henrimar atua no segmento de piscinas de fibra, oferecendo um catálogo com mais de 50 opções de modelos de piscinas. O mix de produtos conta ainda com bombas, motores e acessórios para manutenção, limpeza e aquecimento. As lojas pedem espaço de, pelo menos, 50 metros quadrados para instalação.

Investimento total: R$ 93 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 5%
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 12 a 18 meses

10Haas Piscinas

A Haas é uma marca especializada em piscinas de fibra de vidro fundada em 1994, no Rio Grande do Norte. Hoje, a empresa atua também em outras regiões brasileiras e oferece em seu catálogo diversos modelos de piscinas, saunas, spas e acessórios.

Investimento total: R$ 145 mil a R$ 195 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 10% sobre compras
Faturamento médio: R$ 100 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

11Riolax

A especialidade da Riolax é diferente das outras redes apresentadas nesta matéria. Fundada em 2009, a marca tem como principais produtos hidromassagens, com diversos modelos de banheiras, spas e ofurôs. Para instalar uma unidade, o espaço deve ser de 60 a 300 metros quadrados.

Investimento total: R$ 150 mil a R$ 320 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 200 mil
Prazo de retorno: 18 a 30 meses

DEIXE UMA RESPOSTA