Pensando em atender o conceito de vender café de forma rápida, eficiente e com uso de recursos tecnológicos, o grupo PDMG, holding de franquias, lança a Mais1 – Coffee To Go. Nos próximos três meses, a previsão é de inauguração de, pelo menos, cinco unidades da franquia de cafeteria.

A proposta da Mais1 – Coffee To Go é simples: por meio de um totem com touch screen, instalado em lojas de até 15 metros quadrados, os clientes realizam os pedidos de café, pão de queijo, croissants e cookies. Os pedidos são feitos em apenas um clique e, em até cinco minutos, os clientes retiram os pedidos no balcão com o atendente da unidade.

A proposta da marca é facilitar os lanches em meio à correria do dia a dia, como explica o sócio fundador da marca, Hilston Guerim. “Seremos cafeterias de rua, em espaços compactos, com um cardápio de alta qualidade. Tudo isso atrelado a uma experiência de autoatendimento, para entregar maior agilidade aos consumidores e a preços justos. O café expresso, por exemplo, custará R$ 3,50, e café gelado R$ 7”, comenta, em nota divulgada à imprensa.

Criada em Curitiba (PR), a estruturação da rede foi inspirada nos projetos de cafeterias presentes nas principais capitais do mundo. A partir da facilidade de gerenciamento e operação, garantida pelo sistema de franchising, o foco da marca é crescer pelo país.

“Tivemos como objetivo trazer o conceito to go para o Brasil, unindo o rápido com o prático. Por isso, criamos um plano de negócios simples, de fácil operação, fácil controle de estoque e caixa, pequenos pontos com aluguéis menores e uma equipe de atendimento simplificada e reduzida”, explica o sócio-fundador.

Os clientes encontram no cardápio da rede, opções de lanches práticos. Ao todo, são 12 itens para escolha, com quatro horários fixos para saída das fornadas de pão de queijo, croissant e cookies, o que garante a qualidade dos alimentos vendidos.

A primeira unidade da Mais1 – Coffee To Go deve ser inaugurada em agosto, em Curitiba. Quatro outras unidades estão em negociação e devem ser instaladas nos próximos meses.

A franqueadora oferece possibilidade de abertura de uma franquia Mais1 a partir de 90 mil reais, valor que inclui taxa de franquia. O faturamento médio estimado gira em torno de 40 mil reais a 50 mil reais, com taxa de lucro de 15%.

Investimento inicial: R$ 90 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil
Royalties: 7% sobre o faturamento
Faturamento médio: R$ 40 mil a R$ 50 mil
Prazo de retorno: 18 meses

COMPARTILHE
Artigo anteriorE quando o dono pode sair de férias?
Próximo artigo10 franquias de cerveja artesanal para conhecer
Luísa Campos
Graduada em Jornalismo pela Universidade Federal de Ouro Preto. Escolheu essa profissão pela paixão por escrever. Descobriu que pode se reinventar e continuar contando histórias de sucesso em negócios, tecnologia e inovação.

DEIXE UMA RESPOSTA