Com o objetivo de se reposicionar no mercado, a Koni aposta em um novo conceito para suas lojas. De olho no segmento fast casual, a rede de franquias de comida japonesa apresenta um novo padrão visual, com ambientes mais modernos e clean.

O novo conceito já está ativo na rede. Atualmente, 25 restaurantes Koni já implantaram o novo padrão, que deve seguir sendo adotado por outras unidades da marca.

O fast casual é uma modalidade que vem chamando a atenção do setor de alimentação. Neste tipo de restaurante, não é trabalhado com o serviço de mesa, porém, a promessa é de alimentos de qualidade e atendimento diferenciado dos de franquias fast food, oferecendo mais conforto e ambiente agradável para o consumo.

Para transformar uma loja Koni seguindo o novo conceito, o investimento em reforma fica em 65 mil reais, considerando o modelo box para shopping centers. Já para a abertura de uma nova franquia neste modelo o investimento fica em torno de 430 mil reais para lojas de shopping e a partir de 675 mil reais para lojas em pontos de rua.

O cardápio da rede conta com diversas opções de pratos inspirados na culinária japonesa, como os clássicos sashimi e sushi, além de trazer criações exclusivas. As unidades trabalham com produtos frescos e forte trabalho de formação dos operadores da loja, com foco em oferecer produtos saborosos, bem preparados e com preço justo.

Além do conceito fast casual, a Koni tem apostado também no atendimento delivery. Hoje, a rede conta com 51 restaurantes cadastrados operando nesse sistema, com a previsão de 15 novas unidades adotarem o projeto. O delivery corresponde a 14,5% do faturamento da rede.

Com mais de 3,5 milhões de clientes atendidos por ano, a Koni tem mais de 100 restaurantes em operação distribuídos por sete estados brasileiros. Para seguir com a expansão da marca, a franqueadora foca na região Sudeste, Nordeste e na cidade de Brasília.

A Koni é uma das marcas do Grupo Trigo, que detém também as marcas Spoleto e Gurumê.

Investimento total: a partir de R$ 430 mil
Taxa de franquia: a partir de R$ 60 mil
Royalties: 6% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 110 mil
Prazo de retorno: 36 a 40 meses

DEIXE UMA RESPOSTA