Fundada em 2015 na cidade de Natal (RN), a La Churreria Gourmet nasceu como um food truck especializado na venda de churros. O primeiro mês de atuação do negócio superou as expectativas dos fundadores, consolidando a marca no mercado e conquistando o paladar dos consumidores.

A partir disso, a La Churreria estruturou-se para expansão por franchising com modelo de franquia de quiosque de baixo custo: para tornar-se franqueado da marca, o investimento é de 65 mil reais.

Para se destacar no segmento de alimentação, a La Churreria aposta em conceito diferenciado na preparação e venda dos churros. A massa é produzida com textura diferente, com crocância por fora e maciez por dentro. Os clientes também encontram diferentes sabores e acompanhamentos da sobremesa, o que acentua o sabor e faz a experiência de consumo ser única.

A rede trabalha com seis opções de venda de churros, com variações de coberturas e recheios: churros brasileiro, espanhol, churros gourmet, quadradinho, churros gelatto (vendido junto com sorvete) e mini churros brasileiro.

De olho na expansão, a La Churreria tem a seu favor um mercado forte no Brasil. Parte do segmento mais tradicional do franchising brasileiro, as redes que trabalham com alimentação vivem bons momentos no país.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segundo trimestre de 2018 foi momento de destaque para as franquias de alimentação, registrando crescimento de 9,7% em comparação com o mesmo período em 2017. Entre os meses de junho a agosto de 2018, as redes de alimentação registraram crescimento de 8,1%, faturando mais de 11 bilhões de reais.

Franquia La Churreria

Com investimento de 65 mil reais, o interessado em uma franquia La Churreria encontra modelo de negócio de quiosque. O valor do investimento inicial inclui a taxa de franquia, capital de giro, máquinas e quiosque.

Nos três primeiros meses de operação, os franqueados são isentos do pagamento de royalties. A partir do quarto mês, a taxa passa a ser de meio salário mínimo, fixando-se em um salário mínimo a partir do 12º mês de atividade.

Já a taxa de publicidade não é cobrada pela franqueadora. Entretanto, é recomendado que o empreendedor invista em divulgação na região em que a unidade será instalada. A rede também recomenda que o quiosque seja instalado em locais com grande fluxo de pessoas.

O retorno é atrativo: já no primeiro ano da franquia o faturamento médio mensal é previsto em 35 mil reais. A partir do segundo ano, essa estimativa passa a ser de 50 mil reais a 70 mil reais. A lucratividade fica entre 20% e 22%.

O sistema de franquias da La Churreria foi estruturado com o objetivo de potencializar o sucesso dos franqueados e, ao mesmo tempo, o crescimento da rede. A franqueadora atua junto com empreendedor, fornecendo suporte completo para aspectos estratégicos e operacionais de cada unidade.

A La Churreria busca por empreendedores que apresentem perfil alinhado com o conceito da marca e se proponham a crescer junto à empresa.

Suporte e treinamento

A La Churreria investe em treinamento, capacitação e desenvolvimento de forma contínua. O franqueado tem acesso a treinamentos iniciais e reciclagens, sempre que a franqueadora julgar necessário. O treinamento inicial acontece de forma presencial e tem duração de dez dias, período em que o empreendedor entra em contato com informações e conteúdos relevantes para o sucesso do negócio.

O suporte operacional ao franqueado inclui atendimento às unidades de forma remota, por telefone, e-mail ou videoconferência, ou consultoria presencial, focada na melhora da performance da unidade franqueada.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA