Parte do segmento de alimentação e pioneira na venda de pizzas pré-assadas, a Leve Pizza adotou o investimento em suporte ao franqueado como estratégia para solidificação da marca.

A rede apostou em expansão por franchising no ano de 2010 e, atualmente, conta com 130 unidades franqueadas. Com modelo de negócio de baixo investimento, a marca tem como intuito fortalecer ainda mais a presença da rede em todo o país.

Para a marca, investir em suporte aos franqueados é um dos passos fundamentais para segurança na administração e gestão de um negócio. Na maioria dos casos, os franqueados ainda não possuem experiência em franchising e/ou em administração de uma rede, o que pode ser resolvido com forte investimento em consultorias e suportes completos.

Por meio da assessoria da rede, o executivo da Leve Pizza, Tiago Azem, comenta que ao investir em um sonho, o franqueado espera receber auxílio e assistência das marca.

“O mínimo que um franqueado espera é um suporte competente e preciso da franqueadora, onde ele será bem atendido, ouvido, compreendido e terá uma solução para um eventual problema. Ele espera que suas dúvidas sejam resolvidas, que tenham atendimento com pessoas capacitadas e objetivas. O franqueado também quer ser informado sobre as novidades da rede”, afirma Tiago, em nota divulgada à imprensa.

O diretor complementa que cabe ao setor responsável da rede estar sempre em contato com o franqueado, sanando dúvidas, lembrando dos padrões e apresentando soluções para as questões diversas.

Para um suporte completo, a Leve Pizza investe em consultoria in loco, ferramentas de gestão, manuais de procedimentos, treinamentos via telefone, atendimentos por Skype, realinhamento in loco e consultoria semanal para acompanhamento da rede.

Com consultoria realizada semanalmente via telefone, a marca pretende orientar, informar e até mesmo, cobrar medidas e ações sugeridas ou implantadas. Tiago comenta que as consultorias servem como análise de atuação de cada franqueado, com o objetivo de construir suportes personalizados de acordo com as necessidades de cada unidade.

“Observa-se se o franqueado está seguindo os padrões estabelecidas pela franqueadora, corrigindo o que estiver fora do padrão e orientando o franqueado sobre a importância de seguir determinadas regras para manter a qualidade e a força da marca”, aponta o diretor da rede.

Tiago complementa que, além de apostar em estratégias concretas para oferecer suporte e assistência aos empreendedores, possuir uma equipe que trabalhe em busca de diferenciais e que respondam dúvidas e solucionem problemas dos franqueados, é peça fundamental do suporte.

“Um dos principais diferenciais do suporte é a sinergia e o empenho de cada membro e cada setor da franqueadora, para que o franqueado se sinta amparado em todos os sentidos. O diferencial deve ser uma resposta rápida e objetiva, focando no real problema do franqueado e com uma solução cabível ao momento do franqueado, ajudando-o a enxergar os pontos que o impedem de visualizar o que precisa ser mudado ou corrigido”, explica.

Para investir em uma franquia da Leve Pizza, o investimento parte de 166,5 mil reais. O faturamento médio é de 50 mil reais, com retorno a partir de 18 meses.

Investimento inicial: R$ 166,5 mil a R$ 212,5 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 50 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA