Cão Véio pretende triplicar suas unidades até 2026

0
246
Franquia Cão Veio 02
Franquia Cão Veio 02

O Cão Veio, gastropub fundado por Henrique Fogaça e Fernando Badauí, ao lado de Marcos Kichimoto (falecido em 2021), pretende triplicar suas unidades até 2026.

A rede, que já tem uma década de atuação na área da alimentação, oferece aos clientes uma experiência gastronômica em um ambiente com atmosfera canina, petiscos e cervejas artesanais. Hoje, a marca conta com seis restaurantes localizados nos bairros da Vila Mariana, Vila Madalena e Tatuapé em São Paulo, e nas cidades de Curitiba, Alphaville e Goiânia.

A ideia é que, com a uma nova sociedade firmada com o empresário Marcel Akira e a parceria com a consultoria Avant Franquias, o Cão Véio cresça nos próximos anos.

“Temos a meta de crescer nos próximos três anos e chegar em cerca de 20 a 30 lojas espalhadas. Estamos com plano de expansão em andamento, e vamos fazer na cautela, gradativamente, para poder ter um crescimento sólido”, explica Henrique Fogaça.

Vale destacar que a rede de gastropubs vem demonstrando sua força ao longo dos anos, e conquistou um faturamento de R$ 15 milhões em 2022.

Modelos de negócio do Cão Véio 

O Cão Véio oferece aos empreendedores três opções de investimento, com tamanhos e valores diferenciados.

Um dos formatos mais enxutos da rede é o pinscher, que comporta até 20 clientes na unidade. Há também a opção do boxer, loja com capacidade para 50 lugares, e por fim, o dog alemão, pensado para espaços maiores, que recebam de 80 a 100 clientes.

Os investimentos na franquia podem variar entre R$ 350 mil a R$ 1 milhão, aproximadamente. Seu prazo de retorno é em média entre 24 a 36 meses e seu faturamento médio mensal é de R$ 200 mil.

Cão Véio

Cão Véio
Investimento: R$ 350.000 até R$ 1.000.000
Faturamento: R$ 200.000
Prazo de Retorno: 24 até 36 meses

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui