Como fazer um bom plano de negócios para sua franquia

0
1591
shutterstock 125273855 1
shutterstock 125273855 1

Começar um novo ano significa, também, elaborar ou colocar em prática o plano de negócios a ser seguido nos próximos meses em sua franquia. Normalmente, as franqueadoras disponibilizam um modelo padrão com orientações para cada unidade e suas particularidades.

“O bom de fazer parte de uma rede de franquias é exatamente poder contar com essa experiência que vem do coletivo”, avalia Naiara Correa, consultora especializada em franchising e com foco em planejamento, marketing e inteligência comercial.

Convenhamos que se o franqueado não sabe onde ele e a franqueadora querem chegar, também não saberá por onde começar ou, no mínimo, não imagina quais serão os seus próximos passos. Assim, também não será possível medir a efetividade do trabalho ao final do período, o que pode trazer grandes prejuízos ao negócio.

“Lembre-se de que este será o plano de voo para o período, ou seja, a lista de desejos da empresa e a definição dos recursos que se tem para realizar estas metas”, afirma Naiara.

Mas, ao colocar o plano de negócio da franqueadora em prática, você sabe os passos que precisa seguir? Confira abaixo e tenha sucesso no mercado de franquias!

Saiba analisar o plano de negócios da franqueadora

Nas estratégias da franqueadora devem estar bem claros alguns elementos, tais como quais produtos ou serviços serão oferecidos ao mercado, quem é o público-alvo, qual é o plano de vendas e de marketing, e o plano financeiro.

“Assim, você também tem a ideia de como o negócio irá tornar-se realidade e como transpor os eventuais problemas que surgirem”, lembra Anderson Ozawa, especialista em planos de negócio.

Tendo conhecimento desses elementos, você deve fazer seu próprio plano, que deve ser coerente com o da franqueadora, para alcançar os objetivos traçados. “Em outras palavras, o plano de negócio deve mostrar como serão executadas, nessa franquia, as estratégias planejadas pela franqueadora”, conta Marcus Cordeiro, sócio-diretor da ba]STOCKLER.

Faça um planejamento consistente

Naquilo que você pode alterar para colocar o plano de negócios em prática, se assegure de que todas as áreas relevantes da organização sejam envolvidas e que as fases principais do planejamento estratégico sejam contempladas para que o plano de ação seja consistente e efetivo.

“Deve-se efetuar uma análise criteriosa do ambiente externo e interno, o que irá suportar o estabelecimento dos objetivos, das estratégias e ações para alcançá-los”, explica Rodrigo Morgan, um dos sócios da Loja de Franquia.

A partir daí, resta o monitoramento dos resultados, que levará ao aprimoramento do planejamento e a correção de rota onde for necessário.

Fique atento ao que não pode faltar no planejamento

É muito importante que a estratégia da franquia contenha métricas que possam traduzir o desempenho do negócio em todos os seus aspectos, como operacional, comercial, econômico-financeiro, etc.

“Além disso, é preciso fazer a avaliação de resultados do ano anterior, mês a mês, para enxergar sazonalidade e traçar ações específicas para cada período, além de fazer a análise de principais indicadores”, conta Naiara.

Mantenha a estratégia durante o ano

Você deve, preferencialmente, rever mensalmente o plano de ação. O plano de negócio pode e deve ser ajustado à medida que o ano vai transcorrendo.

“Afinal de contas, as premissas que foram utilizadas para elaborá-lo certamente irão se alterar por diversas razões, muitas delas fora do controle do empreendedor, como as condições da economia e as ações da concorrência”, analisa Cordeiro.

Tenha um bate-papo com a franqueadora

É bastante saudável para um negócio no modelo de franquia que os franqueados cobrem de seus franqueadores um planejamento anual do negócio e que possam, se for possível, interagir ao longo da elaboração deste plano.

“Se isso não for possível ou viável, que você possa, ao menos, dar um feedback, e que isso seja levado em consideração pela franqueadora nos futuros processos de planejamento”, sugere Cordeiro.

Tenha em mente que você, como franqueado, é um elemento essencial para o sucesso de uma franquia e por estar mais próximos do cliente final do que os franqueadores, sua visão e contribuição podem ser muito valiosas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui