Moldura Minuto se reposiciona como Galeria de Arte

0
2210
franquia Moldura Minuto
franquia Moldura Minuto

A Moldura Minuto está se reposicionando no mercado. A rede de franquias de decoração passa a adotar o conceito de Galeria de Arte em suas lojas. Com a renovação, as unidades passam a contar com um acervo de arte próprio exclusivo, em um portfólio com até 10 mil artes de 300 artistas brasileiros.

“Ingressamos no circuito de arte e fotografia com acervo próprio para desta forma gerar mais demanda de produtos a serem emoldurados, que é o nosso core bussines inicial. Aprimorando e ampliando a nossa Galeria de Arte, a expectativa de crescimento com este reposicionamento é de 30% para 2019”, conta Antonio Viegas, CEO da Moldura Minuto, em nota divulgada à imprensa.

Há mais de 20 anos no mercado, a Moldura Minuto surgiu com a proposta de oferecer serviços rápidos de molduraria. Hoje, a rede conta com mais de 60 unidades franqueadas e tem faturamento anual de 37 milhões de reais.

A adequação das unidades para o novo conceito passa por uma transformação no visual e na configuração das lojas. O novo layout tem design mais aconchegante e moderno, buscando o clima de atelier de arte, com sugestões de obras e composições. Além disso, as unidades também trabalharão com os cinco sentidos dos consumidores: a rede passa a adotar uma identidade nesse clima de arte com uma fragrância personalizada, music branding e cappuccinos de cortesia para os clientes.

As novas franquias da Moldura Minuto já serão inauguradas conforme o padrão de Galeria de Arte. O investimento para abrir uma unidade da marca parte de 150 mil reais para lojas de rua e de 200 mil reais para lojas de shopping.

Até o momento, a Moldura Minuto já inaugurou três novas franquias no modelo de galeria: em Fortaleza (CE), Caruaru (PE) e Galeria Paulista (SP).

Paralelamente, as lojas existentes estão passando por reformas para se adequar ao conceito. Quatro unidades em São Paulo e uma no Rio de Janeiro já concluíram a transição: as unidades de Vila Madalena (SP), Continental Corifeu (SP), Campinas (SP), Vila Nova Conceição (SP) e Rio Sul (RJ). O investimento para a adequação é de 100 mil reais.

“Além de jovem, o mercado de Galerias de Arte é promissor no país devido ao seu crescimento acentuado nos últimos anos, impulsionando os investimentos no setor: 22% é a média de crescimento do mercado de arte no país, e 81% das galerias aumentaram o seu volume de negócios nos últimos anos”, afirma Antonio Viegas.

Investimento total: a partir de R$ 150 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil a R$ 50 mil
Royalties: 7%
Faturamento médio: R$ 50 mil
Prazo de retorno: 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui