Monkey Fast Food se destaca com franquia barata e produtos variados

0
2733
franquia monkey1
franquia monkey1

selopubliInvestimento justo e amplo mix de produtos: esses são os destaques da Monkey, rede de franquias de fast food que vem crescendo a passos largos em todo o Brasil. Com modelos de baixo investimento, a Monkey oferece uma ótima oportunidade para empreender e ter sua própria loja de alimentação com suporte especializado de uma rede nacional.

Com 20 unidades franqueadas em operação em diferentes localidades do país, a Monkey projeta expansão constante. Até o final de 2020, a rede espera contar com 30 novas unidades em operação.

Os franqueados encontram modelos de franquias baratas, com possibilidades distintas de atuação no mercado. A variedade dos tipos de franquias possibilita uma atração maior de diferentes perfis de empreendedores, além de expandir as perspectivas de atendimento ao público.

Especializada em fast food, a Monkey conta com investimento constante em desenvolvimento da sua rede e estabilidade para os franqueados.

A história da Monkey começou em 2015, quando foi iniciado o crescimento regional da marca. Dois anos mais tarde, a partir da boa aceitação do público e das perspectivas de crescimento da rede, foi iniciado um plano de expansão agressivo, com foco em todo o território nacional.

Desde então, a Monkey desenvolve um planejamento do cardápio com o objetivo de oferecer mix de produtos para diferentes públicos e faixas etárias. A qualidade dos insumos, além do cuidado na preparação dos lanches e refeições, são garantidas pela parceria da Monkey com fornecedores de ponta e práticas da alta gastronomia.

O cardápio é um dos grandes diferenciais da Monkey: a marca se posiciona como a franquia de alimentação com o maior mix de produtos. O menu traz mais de 50 variedades de pratos, bebidas e sobremesas, com diversas opções. Os consumidores encontram pratos executivos, lanches, massas, sorvetes, sucos, chope, porções e muito mais.

Os franqueados que investem em uma das modalidades de negócio da Monkey atuam no mercado a partir de parcerias com os principais aplicativos de delivery do país, com taxas e atendimentos especiais, além de taxas menores via Pag Seguro e vale alimentação.

Modelos de franquia Monkey

Para garantir destaque no segmento de alimentação e conquistar o paladar dos clientes, a Monkey trabalha com oito possibilidades de investimento.

Os modelos de franquia variam de acordo com o perfil de negócio, capital necessário para investimento e o porte da localidade em que a unidade será instalada. Em comum, o baixo investimento para uma franquia de alimentação: é possível se tornar um franqueado da rede investimento menos de R$ 40 mil.

Monkey Sucos e Sobremesas é o primeiro modelo de franquia, que requer um ponto comercial de 10 a 30 metros quadrados. A unidade necessita contar com o auxílio de uma equipe de quatro funcionários. O investimento necessário nesta modalidade é de R$ 37,1 mil e o faturamento médio estimado é de R$ 20 mil. O prazo de retorno é de 17 meses.

Na modalidade Monkey Massas, o investimento exigido é de R$ 42,6 mil. A franquia deve ser instalada em ponto comercial com estrutura mínima de 40 metros quadrados, e deve contar com uma equipe de quatro funcionários. O faturamento médio é de R$ 20 mil, e o prazo de retorno é de 19 meses.

Com investimento de R$ 43,8 mil, a franquia Monkey Happy Hour deve ser instalada em ponto comercial com 20 metros quadrados de dimensões internas, além de contar com uma estrutura externa. O franqueado deve contar com cinco funcionários para auxiliar na rotina de negócio. O faturamento médio é de R$ 32 mil e o prazo de retorno de investimento é de 14 meses.

O modelo de negócio Monkey Burger é a quarta opção para atuação, e também requer investimento total de R$ 43,8 mil. O ponto comercial deve apresentar dimensões mínimas de 40 metros quadrados. O franqueado opera a unidade com o auxílio de cinco funcionários, e a modalidade apresenta faturamento médio de R$ 25 mil.

A franquia Monkey Restaurante deve ser instalada em ponto comercial com estrutura mínima de 40 metros quadrados, e necessita de um capital de investimento de R$ 55,1 mil. O faturamento médio estimado é de R$ 35 mil, e o prazo de retorno é de 15 meses. A unidade deve contar com uma equipe de seis funcionários.

Para a franquia Monkey Fast Food Express, o investimento necessário é de R$ 76,5 mil. O ponto comercial precisa apresentar dimensões de 60 metros quadrados, e a unidade deve contar com seis funcionários. O faturamento médio é de R$ 45 mil e o prazo de retorno é de 17 meses.

Para a modalidade de Monkey Fast Food de rua, o ponto comercial precisa apresentar dimensões mínimas de 110 metros quadrados. A unidade deve contar com uma equipe de 10 funcionários, e o investimento total é de R$ 111,5 mil. O faturamento médio é de R$ 70 mil, e o prazo de retorno é de 16 meses.

A franqueadora ainda trabalha com o modelo de negócio Monkey Fast Food para shopping, que deve ser instalado em ponto de 30 metros quadrados. O investimento necessário é de R$ 150,5 mil. O faturamento estimado é de R$ 70 mil e o prazo de retorno é de 25 meses.

A Monkey busca por empreendedores com mais de 25 anos, sendo desejável possuir curso superior.

É importante que os franqueados, independente do gênero, tenham aptidão para gestão de negócios, saibam seguir regras e padrões formatados pelo sistema da franqueadora.

Treinamento e suporte

Antes da inauguração da unidade, os franqueados recebem treinamento na própria loja, além de suporte durante a abertura da franquia. A franqueadora disponibiliza manuais da franquia e o suporte de uma equipe full time para atendimento e solução de dúvidas.

A rede garante ainda suporte na seleção e negociação do ponto comercial, além de apoio no projeto arquitetônico da unidade. Além dos treinamentos presenciais, a franqueadora oferece treinamento online.

1

Monkey

Monkey
Investimento: R$ 90.000 até R$ 160.000
Faturamento: R$ 20.000 a R$ 70.000
Prazo de Retorno: 12 até 15 meses

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui