Os consumidores são ávidos por novidades – ainda mais quando elas trazem comodidade para a rotina. É o que atesta a Sapatizi, marca carioca de vending machine de sapatilhas, que está em busca de novos investidores para expandir via franchising.

A proposta da Sapatizi é atuar em eventos, proporcionando uma solução prática para mulheres que querem se livrar do salto alto para curtir a festa. As vending machines da marca oferecem kits personalizados, com sapatilhas anatômicas, prendedor de cabelo e um saquinho para guardar o sapato de salto.

Criada em 2013 por Edison Edwin, a Sapatizi está em amplo crescimento. Em processo de expansão por franquias, a rede conta sete operações, localizadas no Ceará, Bahia, Pernambuco, Alagoas, Belo Horizonte, Rio Grande do Sul e filiais no Rio de Janeiro e São Paulo. A expectativa da empresa é dobrar o número de unidades, chegando a 14 pontos de operação até o final de 2019.

Além disso, a Sapatizi anuncia o início de seu processo de internacionalização. Já no início deste ano, a marca inaugurou sua primeira unidade no exterior, nos Estados Unidos. Além desta, já está prevista também a instalação de uma operação em Portugal.

“Sou empreendedor há mais de uma década e posso afirmar com toda certeza que quanto mais raro e único for a proposta, mais sucesso terá. O fato das sapatilhas serem distribuídas em uma caixinha, como um prendedor de cabelo e logomarca ou nome do cliente, permite que a Sapatizi seja rara neste segmento”, afirma Edison Edwin, em nota divulgada à imprensa.

Para somar à solução de fornecer sapatilhas para mulheres em festas de casamento e outros eventos, a empresa lançou também uma vending machine voltada ao público infantil, a Sapatizi Kids. Neste modelo, as máquinas trazem opções confortáveis de calçados para evitar que as crianças participem de brincadeiras e atividades recreativas descalças.

A Sapatizi já foi contratada por mais de 6.500 eventos no Brasil, atendendo a clientes como a Vogue, Globo, Coca-Cola, Chevrolet, Inesquecível Casamento, Devassa, Heineken, entre outros.

A empresa não abre valores de investimento. De acordo com informações da assessoria de imprensa, o valor de investimento na franquia varia conforme a região negociada. O prazo de retorno do capital é de, em média, 12 meses.

DEIXE UMA RESPOSTA