Não é segredo que o chocolate é um dos quitutes mais apreciados do mundo. Portanto, também não é uma grande surpresa que o segmento de chocolates ocupe uma posição privilegiada no mercado.

O Brasil é um dos países que mais consome chocolate no mundo. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab), cada brasileiro consome, em média, 2,5 kg de chocolate por ano.

A Abicab apurou, ainda, que 35% dos brasileiros afirmam não trocar chocolate por nada, o que promete um mercado com rendimento constante. De fato, a Euromonitor estima que esse segmento deve crescer 10% ao ano até 2018.

Para Paula Menezes, consultora da +Franchising, além de ser um produto muito apreciado como alimento, o chocolate é uma escolha frequente como presente. “O chocolate carrega sempre o aspecto emocional junto. Ele não serve apenas de alimento, mas também como uma forma de demonstrar carinho, agradecer, pedir desculpas”, aponta.

Por conta disso, o mercado de franquias não deixa de aproveitar as oportunidades do segmento. Muitas redes e marcas desse ramo têm décadas de tradição, nome reconhecido e histórias de sucesso.

Quem deseja atuar no setor e adquirir uma franquia de chocolates deve antes fazer uma análise completa das redes: estudar a concorrência, observar a qualidade dos produtos oferecidos e verificar como é a rotina de trabalho. A escolha acertada da marca para cada contexto e região pode ser decisiva para o sucesso do negócio.

“Entrar neste mercado com uma marca nova é arriscado, se não houver uma estratégia de marketing muito bem definida. Em contrapartida, para se abrir uma franquia das melhores marcas, o processo pode ser altamente custoso e demorado. Avalie para o seu caso, para a sua região e para a sua expectativa de investimento x amortização qual a melhor opção”, aconselha Paula.

Para Lucas Atanázio Vetorasso, diretor da Teaser Franchising, é imprescindível também avaliar o suporte oferecido pela franqueadora: “quando o mix de produtos é enxuto, também é importante que o posicionamento da marca supra várias lacunas de mercado. Quando os produtos enfrentam sazonalidades, é papel da franqueadora a criação de campanhas e ações para que as franquias tenham um ponto de equilíbrio autossuficiente”, pontua.

Confira algumas opções de franquias de chocolates. Os dados de investimento são da Associação Brasileira de Franchising – ABF ou foram informados pela empresa.

Louly Chocolate

O grande diferencial da Louly Chocolate está nos chocolates personalizáveis: a rede trabalha com uma linha que permite a gravação de logos e monogramas nos produtos, sendo ideal para empresas e eventos. Além disso, o mix de produtos da marca inclui diversos tipos de chocolates presenteáveis e itens de cafeteria. As franquias podem ser de loja, quiosque e microfranquias.

Investimento total: R$ 37,5 mil a R$ 165 mil
Taxa de franquia: R$ 11,5 mil a R$ 30 mil
Royalties: 30% das compras
Faturamento médio: R$ 25 mil a R$ 60 mil
Prazo de retorno: 10 a 24 meses

Cacau Show

franquia cacau show

A Cacau Show é uma rede de chocolates finos com mais de 2 mil unidades espalhadas por todo o Brasil. O mix de produtos da marca é variado e conta com vários tipos de chocolates, trufas e sorvete. São vários modelos de negócio para franqueados, incluindo lojas, quiosques e microfranquias.

Investimento total: R$ 23 mil a R$ 140 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil a R$ 60 mil
Royalties: 50% das mercadorias
Faturamento médio mensal: R$ 70 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

Amor & Chocolate

franquia-amor-e-chocolate

A rede Amor & Chocolate trabalha com modelos de lojas que, além de comercializarem os chocolates da marca, contam com um café. O cardápio inclui opções de cafés, guloseimas e bebidas geladas, com foco em produtos nobres e gourmet.

Investimento total: R$ 120 mil a R$ 305 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil
Royalties: 7% das compras
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Brigaderia

franquia brigaderia

A Brigaderia trabalha, especialmente, com a venda de brigadeiros de mais de 30 sabores em diferentes formatos para consumo – enrolado, de pote, de bisnaga. O mix de produtos também ganha itens especiais em datas específicas do ano, como a páscoa e o natal. A rede oferece modelos de lojas ou quiosques.

Investimento total: R$ 95 mil a R$ 230 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: variável
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

Fábrica di Chocolate

Franquia Fábrica di Chocolate shopping palladium

O principal diferencial da Fábrica di Chocolate é que o chocolate oferecido é livre de glúten, gordura trans e gordura hidrogenada, posicionando-se como uma rede de alimentação saudável. O mix de produtos inclui fondue com frutas, espetos de frutas com chocolate, bombons, sobremesas geladas, bebidas cremosas e saladas de frutas.

Investimento total: R$ 71,9 mil a R$ 114,4 mil
Taxa de franquia: não cobra
Royalties: variável
Faturamento médio mensal: R$ 25 mil
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

Chocolates Brasil Cacau

franquia-chocolate-brasil-cacau

Os produtos oferecidos pela Chocolate Brasil Cacau incluem vários tipos de chocolates, presentes, cafés e acessórios. A rede registrou uma expansão agressiva, com mais de 500 lojas abertas em cinco anos.

Investimento total: R$ 140 mil a R$ 260 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil
Royalties: variável
Faturamento médio mensal: R$ 50 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Havanna

franquia-havanna

A Havanna é uma marca argentina que chegou no Brasil em 2006 com um forte projeto de expansão. São três modelos de negócios disponíveis para franqueados, com um mix de produtos que inclui chocolates, alfajores, doce de leite e outras guloseimas.

Investimento total: R$ 155 mil a R$ 685 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil a R$ 65 mil
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio mensal: R$ 100 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Kopenhagen

franquia-kopenhagen

A Kopenhagen é uma marca tradicional no mercado de chocolates brasileiro, com mais de 80 anos de história. As franquias podem ser no formato loja ou quiosque. O mix de produtos varia conforme o formato, mas pode incluir chocolates, bombons, sorvetes, cafés, biscoitos e outros doces.

Investimento total: R$ 190 mil a R$ 595 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil a R$ 45 mil
Royalties: 40%
Faturamento médio mensal: R$ 70 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Caracol Chocolates

franquia-caracol-chocolates

A Caracol Chocolates trabalha com chocolates artesanais de Gramado, com fabricação livre de gorduras hidrogenadas e gorduras trans. O mix de produtos da marca inclui diversas opções de caixas, bombons e barras.

Investimento total: R$ 79 mil a R$ 320 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil a R$ 30 mil
Royalties: 15% das compras
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Chocolateria Brasileira

franquia-chocolateria-brasileira

A Chocolateria Brasileira trabalha com a comercialização de chocolates, bombons, trufas, presentes e chocolates à granel. A marca também conta com atendimento de cafeteria, com um cardápio que inclui cafés e outras bebidas, salgados e sobremesas. Os modelos de franquia são loja padrão ou quiosque.

Investimento total: R$ 95 mil a R$ 155 mil
Taxa de franquia: R$ 25 mil a R$ 35 mil
Royalties: R$ 920
Faturamento médio mensal: R$ 30 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Planeta Bombom

franquia-planeta-bombom

A Planeta Bombom oferece um mix variado de produtos, que vai além da venda específica de chocolate. Entre as opções estão chocolates, balas e gomas, bebidas, gelatinas, pastilhas, pirulitos, snacks, pipoca, brinquedos e pelúcias.

Investimento total: a partir de R$ 395 mil
Taxa de franquia: a partir de R$ 60 mil
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Xôk’s Chocolates

franquia-xoks-chocolate

A Xôk’s trabalha com chocolates nas linhas mais saúde, infantil, barras, cestas, presentes e especialidades. São dois modelos de franquias, que podem conter apenas a chocolateria ou chocolateria com cafeteria e gelateria.

Investimento total: R$ 150 mil a R$ 300 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil a R$ 35 mil
Royalties: 5% das compras
Faturamento médio mensal: R$ 65 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Chocolates Katz

franquia-chocolates-katz

A Katz tem mais de 60 anos de tradição produzindo chocolate gourmet de forma artesanal. São três modelos de franquia: loja, quiosque e microfranquia. Os produtos incluem chocolates, biscoitos, presentes e itens de confeitaria e cafeteria.

Investimento total: R$ 80 mil a R$ 249 mil
Taxa de franquia: R$ 25 mil a R$ 59 mil
Royalties: 8%
Faturamento médio mensal: R$ 85 mil
Prazo de retorno: 8 a 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA