13 franquias de chocolates para conhecer (e investir!)

0
27974
franquias de chocolates

Não é segredo que o chocolate é um dos quitutes mais apreciados do mundo. Portanto, também não é uma grande surpresa que as franquias de chocolates façam tanto sucesso.

Para quem quer investir em uma franquia de alimentação, as redes especializadas em chocolates são uma ótima opção. Além do alto consumo (que aumenta ainda mais em algumas épocas do ano), esse tipo de negócio tem um atrativo à parte: há bons modelos de franquias baratas, especialmente em modelo de quiosque.

A seguir você confere algumas opções de franquias de chocolates. Os dados de investimento são da Associação Brasileira de Franchising – ABF ou foram informados pela empresa.

1

Lugano

Franquia Premium
franquia lugano chocolate

Fundada em 1976, em Gramado (RS), a Lugano é uma franquia de chocolates artesanais que trabalha com barras, bombons, trufas, drágeas, ovos de Páscoa, chocolates personalizados, além de uma linha saudável com chocolates 70% cacau, zero açúcar e sem lactose. O diferencial da marca é ser uma franquia “2 em 1”, tendo 52% do seu faturamento gerado pela comercialização de produtos, e os outros 48% advindo da cafeteria.

Investimento: R$ 460.000
Faturamento: R$ 100.000
Prazo de Retorno: 24 meses
2

Cacau Show

franquia cacau show

Fundada por Alê Costa, em 1988, a Cacau Show é hoje a maior rede de chocolates finos do mundo. Especialista em chocolates com diferentes intensidades de sabor, a Cacau Show está em constante inovação e oferece uma variedade de produtos para todos os gostos e momentos, além de ser líder do segmento e dona de produtos de alto giro.

Investimento: R$ 64.900 até R$ 239.000
Faturamento: Não informado
Prazo de Retorno: 7 até 24 meses
3

Chocolates Brasil Cacau

franquia chocolates brasil cacau

Chocolates Brasil Cacau pertencente ao Grupo CRM, que também é dono da Kopenhagen. A marca tem dois tipos de franquia: loja física e quiosque e a taxa de lucro é de 10%. Oferece assistência de pré e pós-inauguração, incluindo um sistema de ensino à distância para manter os franqueados atualizados.

Investimento: R$ 90.000 até R$ 220.000
Faturamento: R$ 50.000
Prazo de Retorno: 18 até 36 meses
4

Fábrica di Chocolate

franquia fabrica di chocolate

O principal diferencial da Fábrica di Chocolate é que o chocolate oferecido é livre de glúten, gordura trans e gordura hidrogenada, posicionando-se como uma rede de alimentação saudável. O mix de produtos inclui fondue com frutas, espetos de frutas com chocolate, bombons, sobremesas geladas, bebidas cremosas e saladas de frutas.

Investimento: R$ 196.000 até R$ 620.000
Faturamento: R$ 30.000
Prazo de Retorno: 12 até 24 meses
5

Kopenhagen

franquia kopenhagen

Especializada em chocolates finos, a Kopenhagen tem mais de 300 produtos em seu catálogo. O mix conta com trufas, tabletes, balas, alfajor, pão de mel, panetones, presentes, entre outras opções.

Investimento: R$ 185.264 até R$ 350.000
Faturamento: R$ 125.000
Prazo de Retorno: meses
6

Caracol Chocolates

franquia caracol chocolates

A Caracol Chocolates trabalha com chocolates artesanais de Gramado, com fabricação livre de gorduras hidrogenadas e gorduras trans. O mix de produtos da marca inclui diversas opções de caixas, bombons e barras.

Investimento: R$ 79.000 até R$ 320.000
Faturamento: Não informado
Prazo de Retorno: 24 até 36 meses
7

Chocolateria Brasileira

franquia chocolateria brasileira

Criada em 1981, a Chocolateria Brasileira tem modelos de franquias de loja, quiosque com e sem cafeteria. Não é necessário ter experiência prévia no ramo de chocolates, mas é interessante que o franqueado tenha perfil comercial. O mix de produtos conta com chocolates finos, presentes, sobremesas, cafés e outras bebidas quentes e geladas.

Investimento: R$ 122.000 até R$ 165.000
Faturamento: R$ 30.000 a R$ 80.000
Prazo de Retorno: 20 até 36 meses
8

Xôk’s Chocolates

franquia xoks chocolate principal 2

A Xôk’s Chocolates é uma rede de franquias especializada em chocolates artesanais. A chocolateria desenvolve produtos formulados com matérias-primas de alta qualidade e oferece em seu mix de produtos opções de chocolates de todos os tipos. Além dos chocolates, as lojas contam com sorvetes e cafés.

Investimento: R$ 200.000
Faturamento: R$ 80.000
Prazo de Retorno: 18 até 24 meses
9

Havanna

franquia havanna

Famosa no mundo inteiro pelos tradicionais alfajores, a Havanna chegou ao Brasil em 2006 e começou a expansão por franquias no país em 2014. Atualmente, a Havanna oferece três diferentes modelos de negócio aos investidores: loja, café quiosque e quiosque pop up.

Investimento: R$ 249.000 até R$ 440.000
Faturamento: Não informado
Prazo de Retorno: 18 até 30 meses
10

Planeta Bombom

franquia planeta bombom

A Planeta Bombom oferece um mix variado de produtos, que vai além da venda específica de chocolate. Entre as opções estão chocolates, balas e gomas, bebidas, gelatinas, pastilhas, pirulitos, snacks, pipoca, brinquedos e pelúcias.

Investimento: R$ 395.000 até R$ 465.000
Faturamento: Não informado
Prazo de Retorno: 24 até 36 meses
11

Louly Chocolate

franquia louly chocolate 6

Fundada em 2014, a Louly Chocolate é uma franquia com especialidade na produção e na venda de chocolates personalizados e presenteáveis, com um extenso mix de produtos. A marca oferece três modelos de franquia: quiosque, loja e microfranquia.

Investimento: R$ 37.500 até R$ 165.000
Faturamento: R$ 25.000 a R$ 60.000
Prazo de Retorno: 10 até 24 meses
12

Flamy

franquia flamy principal

A Flamy comercializa bolos, doces, salgados, tortas e até kits completos para festas. A marca foi fundada em 2001 no interior de São Paulo, na cidade de Hortolândia. Está no franchising há mais de 10 anos em busca de franqueados com espírito empreendedor que desejam aliar qualidade e custo-benefício.

Investimento: R$ 139.000 até R$ 209.000
Faturamento: R$ 100.000
Prazo de Retorno: 12 até 18 meses
13

Fini

franquia fini

No Brasil desde 2001, a Fini é parte da The Fini Company, grupo espanhol que atua no setor de doces e guloseimas desde 1971. Fini Franquias oferece um modelo de negócio de quiosque, o que permite um investimento mais baixo, operação simplificada e espaço reduzido e traz opções mais sofisticadas, como o formato container, que permite ao franqueado a presença em locais externos e de grande fluxo.

Investimento: R$ 108.000 até R$ 214.000
Faturamento: R$ 45.000
Prazo de Retorno: 20 até 26 meses

Investindo em franquias de chocolates

O segmento de chocolates ocupe uma posição privilegiada no mercado.

O Brasil é um dos países que mais consome chocolate no mundo. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (Abicab), cada brasileiro consome, em média, 2,5 kg de chocolate por ano.

A Abicab apurou, ainda, que 35% dos brasileiros afirmam não trocar chocolate por nada, o que promete um mercado com rendimento constante. De fato, a Euromonitor estima que esse segmento deve crescer 10% ao ano até 2018.

Para Paula Menezes, consultora da +Franchising, além de ser um produto muito apreciado como alimento, o chocolate é uma escolha frequente como presente. “O chocolate carrega sempre o aspecto emocional junto. Ele não serve apenas de alimento, mas também como uma forma de demonstrar carinho, agradecer, pedir desculpas”, aponta.

Por conta disso, o mercado de franquias não deixa de aproveitar as oportunidades do segmento. Muitas redes e marcas desse ramo têm décadas de tradição, nome reconhecido e histórias de sucesso.

Quem deseja atuar no setor e adquirir uma franquia de chocolates deve antes fazer uma análise completa das redes: estudar a concorrência, observar a qualidade dos produtos oferecidos e verificar como é a rotina de trabalho. A escolha acertada da marca para cada contexto e região pode ser decisiva para o sucesso do negócio.

“Entrar neste mercado com uma marca nova é arriscado, se não houver uma estratégia de marketing muito bem definida. Em contrapartida, para se abrir uma franquia das melhores marcas, o processo pode ser altamente custoso e demorado. Avalie para o seu caso, para a sua região e para a sua expectativa de investimento x amortização qual a melhor opção”, aconselha Paula.

Para Lucas Atanázio Vetorasso, CEO do Grupo ATNZO, é imprescindível também avaliar o suporte oferecido pela franqueadora: “quando o mix de produtos é enxuto, também é importante que o posicionamento da marca supra várias lacunas de mercado. Quando os produtos enfrentam sazonalidades, é papel da franqueadora a criação de campanhas e ações para que as franquias tenham um ponto de equilíbrio autossuficiente”, pontua.

Quer saber mais sobre franquias de alimentação? Baixe nosso e-book gratuito e fique por dentro do setor!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui