selopubliA trajetória da Milk Shake Mix, há uma década no segmento de alimentação, vem registrando sucesso de mercado e também conquistas para seus parceiros.

Com um modelo diferenciado no mercado de franquias de sorvete, a rede oferece aos investidores a oportunidade de atuar como parceiros de uma marca reconhecida, com ampla estrutura e suporte – tudo isso sem pagar taxas mensais.

Botão Franquia

Nesta matéria, você vai conhecer a história de sucesso de parceiros da Milk Shake Mix que trabalham (e lucram!) em família. Boa leitura!

Casal fatura com sorvetes em São Caetano do Sul

Com modelos de negócio de fácil operação e garantindo suporte completo aos empreendedores, as facilidades de investimento da Milk Shake Mix impulsionam quem já saiu do mercado de trabalho a voltar a atuar, como é o caso de Sidnei e Angela Paganini.

Sidnei trabalhou por mais de trinta anos em bancos, na área de tecnologia. Depois de se aposentar, começou a pesquisar novas formas de trabalho e, após pesquisas na internet, ficou entre três redes que trabalham com milk shakes. Após análises de modos de atuação no mercado, buscando entender o que as marcas poderiam oferecer ao futuro empreendedor, Sidnei optou por investir na Milk Shake Mix.

“Fomos atendidos pela equipe de marketing, que nos explicou todo o plano e processo de fidelização como parceiro, que estava bem dentro do que esperávamos. Depois disso, conversamos com o Walter, um dos proprietários da empresa. Ele, como bastante conhecedor do produto por ser engenheiro de alimentos, explicou como os produtos eram fabricados, os tipos de ingredientes dos sorvetes, o que me interessou bastante. Senti que era feito com alto padrão de qualidade, muito conhecido e responsabilidade”, relata Sidnei.

A segurança e maturidade de mercado da Milk Shake Mix foram os pontos que convenceram Sidnei a investir, além de suporte completo garantido pela marca, desde a inauguração do ponto comercial, até a solução de dúvidas e desafios no dia a dia de operação da loja.

Sidnei já havia prospectado um ponto comercial em São Caetano do Sul, e com a confirmação do investimento na marca, a loja foi alugada e as alterações no ponto comercial feitas com o auxílio da empresa.

“Fizemos o projeto e a reforma da loja. A equipe de marketing me auxiliou no projeto de uma loja de 40 metros quadrados. Estávamos com um pouco de receio com relação à localidade, se era realmente a ideal. Mas, em trinta dias, reformamos a loja e iniciamos as atividades”, relembra Sidnei.

O empreendedor comenta que nem ele nem a esposa tinham experiência no ramo de sorveteria. Em pouco tempo, com o treinamento e suporte da marca, o ritmo de operações foi aprendido pelo casal, que está há quatro anos à frente de uma unidade da marca. “Em três meses, a loja já estava estabilizada, com movimento crescente e aceitação muito boa dos clientes”, conta Sidnei.

Angela Paganini, esposa de Sidnei, que divide com o marido a rotina empreendedora, comenta que os pontos positivos do empreendimento garantem o sucesso dos produtos do mercado: qualidade dos produtos, bom atendimento e modelo de negócio de fácil gerenciamento. “Meus clientes elogiam muito, gostam do sorvete que é de ótima qualidade”, afirma Angela.

Da loja de 40 metros quadrados, inaugurada no início da trajetória do casal, o ponto comercial se transformou em um espaço de 200 metros quadrados. A mudança foi necessária dado ao sucesso dos produtos em São Caetano do Sul, para melhor atender os clientes e oferecer um mix mais amplo de alimentos, tanto para os meses de calor quanto para a temporada de frio.

“Todo o movimento que tinha na outra loja veio pra cá. Oferecemos outras alternativas de produtos também, trabalhamos com salgados e outras opções de lanches para os dias mais frios, em que o sorvete não cai tão bem”, explica Angela.

A empresária comenta que a falta de experiência de gestão de um ponto comercial foi um fator desafiante para o casal: “eu não sabia trabalhar com sorvete, aprendi tudo com a marca, o que foi bem fácil. A equipe proporciona um suporte bem bacana e transforma a gestão em um processo simples. Qualquer dúvida conseguimos sanar rapidinho com eles, além do manuseio do produto ser bem simples. As minhas colaboradoras também aprenderam rápido como servir os produtos, o que facilita muito a nossa rotina”.

Mãe inspira filho a abrir seu próprio negócio no ramo de milk shakes

Fernando é outro parceiro da Milk Shake Mix que entrou nesse negócio com inspiração familiar. O empreendedor seguiu os passos dos pais, que investiram primeiro em uma unidade da Milk Shake Mix.

O negócio dos pais começou há sete anos e o sucesso da unidade foi impulsionador para que Fernando também mudasse o trajetória profissional para apostar em uma loja de milk shakes. “Comecei a pesquisar ponto comercial para montar a minha loja, a ideia do milk shake é sensacional. Os clientes realmente curtem e eu já via o sucesso na loja da minha mãe”, afirma Fernando.

Antes de ser empreendedor, Fernando trabalhava com comércio de exterior. “Desde a época da faculdade eu queria montar alguma coisa, ser dono do meu próprio negócio, só não sabia em qual segmento de atuação. A minha mãe que teve a ideia de investir em uma franquia de milk shake e uns dois anos depois da inauguração da loja dela, tomei coragem e comecei a investir na minha loja da Milk Shake Mix também”, explica.

O parceiro de São Bernado do Campo atua há quase quatro anos com a Milk Shake Mix, e afirma que o suporte da empresa e o apoio da mãe foram essenciais para o sucesso da loja.

“A Center Mix me garantiu treinamento completo e minha mãe, que já estava à frente do negócio, também me auxiliou no aprendizado dos processos. Fui pegando aos poucos os itens dos processos de operação e gerenciamento da unidade e dos produtos. Com o suporte da marca, hoje, os processos que são simples já são feitos no automático”, comenta Fernando.

A mãe de Fernando já era experiente em varejo quando decidiu investir em uma loja Milk Shake Mix. Com duas décadas de atuação no comércio, ela foi uma inspiração para que os filhos também entrassem nesse ramo.

“Hoje em dia, não tem mais isso da mulher ficar dentro de casa cuidando do marido e dos filhos. A melhor coisa, pra ser mãe, é ser empreendedora. Eu sempre incentivei meus filhos nesse ramo e incentivo outras pessoas também, amigos, família. Meu filho deu continuidade a um negócio que aprendeu comigo”, explica a empresária.

Como investir na Milk Shake Mix

Com uma década de atuação no segmento de alimentação, a Milk Shake Mix se posiciona no mercado como rede especialista na produção e venda de sorvetes, milk shakes, açaís e outras sobremesas geladas. Os empreendedores encontram modelo de investimento diferenciado, em que se tornaram verdadeiros parceiros da marca, apostando em expansão e solidificação da Milk Shake Mix pelo mercado brasileiro.

Em um modelo de parceria, que se diferencia do adotado pelo franchising, os empreendedores que apostam na marca encontram suporte completo, além de treinamento, transferência de know-how, padronização de produtos e identidade visual.

Para se tornar parceiro, é importante que o empreendedor se fidelize por meio da compra da bebida láctea Center Mix, grupo responsável pela rede. A bebida pode ser adquirida em pó ou UHT, sendo ingrediente fundamental para produção dos sorvetes e milk shakes vendidos pelas unidades.

Os empreendedores encontram dois modelos de investimento, a partir de 49 mil reais. As unidades podem ser instaladas em formatos de loja ou quiosques. Com faturamento médio entre 40 mil reais e 70 mil reais, as unidades Milk Shake Mix apresentam prazo de retorno de seis meses.

Investimento inicial: a partir de R$ 49 mil
Taxa de franquia: não cobra
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 40 mil a R$ 70 mil
Prazo de retorno: 6 meses

Botão Franquia

DEIXE UMA RESPOSTA