Responda rápido: que marca vem à sua cabeça quando você lê a frase “Amo muito tudo isso”? Certamente você respondeu McDonald’s, uma das redes de franquias mais fortes do mundo.

A rede é um dos destaque no setor de alimentação fora de casa, que deve alcançar um crescimento de 7,7% em 2017, movimentando 60 bilhões de reais, segundo o Instituto Foodservice do Brasil (IFB).

➥ Está em busca de franquias de alimentação? Confira nosso guia de franquias de food truck

“Ninguém gasta mais em fast-food, na América do Sul, do que os brasileiros”, diz Ana Vecchi, sócia-diretora da Vecchi Ancona – Inteligência Estratégica.

De acordo com a EAE Business School, em 2014, apenas Estados Unidos (290,2 bilhões de reais), Japão (162,3 bilhões de reais) e China (130,2 bilhões de reais) estavam à frente do Brasil (53,7 bilhões de reais) em gastos no setor de fast-food.

Dentro deste promissor mercado, o McDonald’s é, sem dúvida, uma das marcas mais tradicionais e mais reconhecidas.

A rede de alimentação rápida surgiu em 1937, quando os irmãos Richard (Dick) e Maurice McDonald abriram um restaurante na cidade de Arcádia, na Califórnia, Estados Unidos, e, pouco depois, mudaram para a cidade de San Bernardino, no mesmo estado, onde abriram o primeiro McDonald’s.

Foi em 1953, no entanto, que os irmãos começaram a expandir através de franquias. No ano seguinte, passaram a atuar em outros estados com a ajuda de Ray Kroc. Em 1956 Ray Kroc já tinha montado uma rede com mais de 20 restaurantes espalhados pelo território norte-americano e em 1958 completava a venda de mais de 100 milhões de hambúrgueres.

Foi no início dos anos 1960, que ele comprou a parte dos irmãos McDonald no negócio e, sete anos depois, com quase mil restaurantes funcionando nos Estados Unidos, iniciou sua escalada internacional abrindo um restaurante no Canadá e outro em Porto Rico. Depois disso, nunca mais parou. Hoje, a rede tem mais 35 mil pontos espalhados pelo mundo.

Quer saber mais sobre essa saborosa oportunidade de negócio? Confira aqui nosso guia completo sobre quanto custa e como abrir uma franquia McDonald’s (se quiser pegar um atalho, é só clicar nos tópicos abaixo e ir direto para o assunto que mais te interessa)!

Quanto custa uma franquia McDonald’s

franquia-mcdonalds

De acordo com dados do setor, o investimento inicial para abertura de uma unidade McDonald’s varia entre 1,6 milhão de reais e 2,6 milhões de reais. Porém, as informações não são confirmadas pela empresa, que afirma que, por ser uma empresa de capital aberto, não pode divulgar esse tipo de informação.

Qual é o valor de uma franquia McDonald’s?

McDonald’s é uma das maiores e mais conhecidas empresas de serviço rápido de alimentação do mundo. No Brasil, a rede é operada desde 2007 pela Arcos Dourados, franqueada da marca em toda América Latina. Ela conta com as opções de restaurantes drive-thru, lojas e quiosques de shopping e in store. Os detalhes sobre investimento abaixo são da Associação Brasileira de Franchising (ABF):

Investimento total: de R$ 1,6 milhão a R$ 2,6 milhões
Taxa de franquia: de R$ 75 mil a R$ 85 mil
Royalties: 5% sobre o faturamento líquido mensal
Faturamento médio mensal: R$ 560 mil
Prazo de retorno: 60 meses

Qual é o faturamento de uma franquia McDonald’s?

Ainda de acordo com a ABF, o faturamento médio mensal de uma franquia McDonald’s fica na casa de 560 mil reais. Esse valor vem, no entanto, após cerca de 60 meses depois do investimento inicial, que é o prazo de retorno indicado pela rede de franquias.

Compare os números de investimentos gerais das franquias de fast-food, segundo dados da ABF:

Big X Picanha

Investimento total: de R$ 200 mil a R$ 650 mil
Taxa de franquia: de R$ 60 mil a R$ 80 mil
Royalties: 6% sobre o faturamento bruto mensal
Faturamento médio mensal: de R$ 60 mil a R$ 250 mil
Prazo de retorno: de 24 a 36 meses

Bob’s

Investimento total: a partir de R$ 600 mil
Taxa de franquia: R$ 80 mil
Royalties: 6% sobre o faturamento bruto mensal
Faturamento médio mensal: R$ 180 mil
Prazo de retorno: de 24 a 36 meses

Burger King

Investimento inicial: R$1,2 milhão (construção e maquinários)
Taxa de franquia: R$ 144 mil
Royalties: 4,5% sobre o faturamento bruto mensal
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: não informado

Subway

Investimento total: R$ 312,5 mil a R$ 555 mil
Taxa de franquia: R$ 12,5 mil a R$ 25 mil
Royalties: 8% sobre faturamento líquido mensal
Faturamento médio mensal: R$ 80 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

Como abrir uma franquia McDonald’s

franquia-mcdonalds3

Para ter uma franquia McDonald’s existem algumas exigências. Antes de tudo, a franqueadora exige do franqueado dedicação full time à operação dos restaurantes, sendo que o candidato deve residir no lugar onde sua franquia está localizada. Além disso, é preciso fazer um extenso programa de treinamento e ter capacidade financeira com 100% do capital próprio.

“É importante, também, que o franqueado monitore os indicadores de desempenho de todas as áreas (vendas, produção, compras, estoques, finanças, RH, marketing), planeje estratégias, metas e ações, acompanhe o desempenho na prática, tome providências quando algo não estiver de acordo com o planejado ou com o padrão, treine, motive e cobre os funcionários, se empenhe para manter o negócio em crescimento, buscando oportunidades e melhorias, trabalhe na redução de custos, analise relatórios financeiros, planeje e realize as compras e controle de estoque”, avalia Ana.

Conheça os modelos de franquias disponíveis

O McDonald’s conta com modelo de restaurantes drive-thru, lojas e quiosques de shopping e in store. Para montar uma loja da rede você deverá seguir as normas de instalação conforme as orientações dispostas no Manual da Franquia. Além disso, o ponto comercial passa pela escolha da empresa, já que deve estar dentro dos padrões de localização avaliados pelos representantes da marca para melhor atender o público-alvo daquela região.

Saiba se você tem o perfil ideal

Para ser um franqueado McDonald’s é preciso que você se identifique e goste do ramo de alimentação. Além disso, segundo a marca, é necessário ter uma prévia e bem-sucedida experiência comercial, assim como espírito empreendedor, integridade, maturidade e excelente reputação.

Também é preciso ser candidato único, sem sócios, possuir capacidade e experiência em gestão de negócios e recursos humanos, com experiências profissionais nessas áreas nos últimos dez anos, além de residência fixa na cidade em que o restaurante será operado.

Como saber se sua região comporta uma unidade

Por ser uma rede amplamente difundida, algumas regiões são mais difíceis de conseguir liberação quando comparadas a outras. No entanto, de acordo com a marca, esse trabalho, diferentemente de outras franquias, é feito pela corporação, não pelo franqueado.

Como é o processo de seleção

A seleção das candidaturas dos interessados em abrir uma franquia McDonald’s conta com várias etapas, desde a análise das informações enviadas pelo candidato até a experiência com restaurantes e entrevistas com os responsáveis da marca.

Isso porque a franqueadora analisa o perfil do candidato, assim como suas referências em outras experiências profissionais, pede para que ele fique por três dias em um de seus restaurantes para analisar como ele lida com o dia a dia da rede, com as tarefas e com a equipe, assim como marca uma conversa com um franqueado do McDonald’s.

Sendo aprovado, o interessado na rede passa por cerca de nove meses de treinamento, inclusive com cursos, e o candidato precisa ter verba para se manter por esse período. Passadas essas etapas, ele estará apto a assumir um restaurante, devendo citar em quais regiões tem disponibilidade para assumir unidades.

Franquia McDonald’s: vale a pena?

franquia-mcdonalds4

Ao pensar em abrir uma franquia, uma das primeiras questões a se considerar antes de investir é o segmento da rede. No caso do McDonald’s, esta é uma boa vantagem, pois o setor de alimentação é um dos mais sólidos do franchising brasileiro.

Em 2015, o número de unidades do setor aumentou em 8,4% e o faturamento atingiu a marca dos R$ 25,6 bilhões, segundo dados da ABF.

Em favor da marca ainda está a ampla estrutura e a rede de lojas que a estratégia empresarial permitiu desenvolver com o passar dos anos, já que essa é uma das redes mais fortes mundialmente.

As vantagens da franquia McDonald’s

O McDonald’s já é uma rede de franquias consolidada. Hoje, a marca conta com mais de 35 mil pontos de vendas, sendo uma marca internacionalmente conhecida e reconhecida pela qualidade, serviço e limpeza.

“Essa é uma marca forte, com operação consolidada mundialmente, com ótimos sistemas de gestão e administração, assim como tem bom uso das ferramentas de marketing e forte treinamento”, analisa Ana.

Como é o suporte da franqueadora

Por ser uma das maiores redes de franquias do mundo, a empresa conta com grande suporte aos empreendedores que apostam na marca, tendo constantes consultorias de campo. Não é por acaso, aliás, que a rede de franquias já ganhou diversas vezes o Selo de Excelência em Franchising da ABF.

Os desafios de ser um franqueado McDonald’s

Por mais que essa seja uma ótima oportunidade dentro do franchising, ela conta, também, com desafios bastante grandes devido ao seu poder neste segmento. Para a marca, aliás, os principais obstáculos são manter-se dentro dos padrões exigidos pela empresa em relação à qualidade, serviço e limpeza.

Já a especialista em franquias Ana Vecchi aponta a gestão um ponto a ter sempre no radar. “A franquia conta com uma equipe relativamente grande, em comparação com outras redes de franquias, uma vez que o número de funcionários por unidade é alto. Além disso, há a gestão de estoque, importantíssima para o andamento do negócio, normalmente tem fluxo alto de clientes por dia e é preciso estar atento à qualidade no preparo de cada item, para que nada saia do padrão McDonald’s”, avalia.

O que outros franqueados dizem

O grau de satisfação dos franqueados McDonald’s é bastante elevado, principalmente por essa ser uma empresa consolidada no mercado e entre as redes de franquias. A marca possui selo de excelência da ABF e atua no franchising brasileiro há mais de 38 anos.

Mas, como acontece com toda franquia de grande porte, de tempos em tempos surgem reclamações. Em 2013, um grupo de franqueados da marca nos Estados Unidos se uniu para reivindicar taxas menores da franqueadora, que estaria cobrando valores muito altos de aluguel, softwares e treinamentos, segundo reportagem da agência Bloomberg.

O que perguntar a outros franqueados da marca

Na hora de fechar um novo negócio é preciso se cercar de todo tipo de informação. Por isso, preste atenção em todos os detalhes, fazendo pesquisa de mercado e conversando com outros franqueados da rede. Aliás, no caso de McDonald’s ainda há a Associação Brasileira de Franqueados McDonald’s, uma associação que trata de todos os interesses e deveres dos franqueados.

Além disso, no momento em que receber a COF (Circular de Oferta de Franquia), procure pelos dados de contatos de todos os franqueados atuais e dos que se desligaram da rede nos últimos 12 meses. “É interessante falar com o máximo de franqueados possível, especialmente com os ex-franqueados, e tomar cuidado para não levar tudo o que dizem de positivo e negativo ao pé da letra, mas considerar o viés de acordo com o contexto”, aconselha Ana.

Pergunte sobre tudo: relação com a franqueadora, com outros franqueados, controles, índices de vendas, números relacionados às vendas, lucratividade, treinamentos, processos junto à franqueadora, aquisição de produtos, prazos de pagamentos, problemas mais comuns enfrentados nas lojas e resolução, apoio da franqueadora diante de situações críticas, estoque, logística etc.

21 COMENTÁRIOS

  1. Olá, sempre acompanho vcs, ótimas dicas!
    Bom, gostaria de saber se é possível, se tem algum tipo de financiamento para aquisição de uma franquia, pois não tenho capital algum para investir. Já tem um tempo que leio sobre o ramo das franquias. Quero muito investir nisso.
    Abraços meus queridos!!

    • Oi, Alessandra. Obrigada pelo feedback! Sim, há opções de financiamento. Algumas franquias financiam diretamente (parcelam taxas de franquia, por exemplo) e outras usam linhas de crédito subsidiadas da Caixa, Banco do Brasil, Banco do Nordeste, Itaú e HSBC, entre outros. Normalmente o financiamento é de até 50% do valor do investimento e há opções de financiamento para equipamento, reforma e etc. e também para capital de giro. O melhor caminho é você consultar a franquia na qual você tem interesse sobre as opções. Um abraço!

  2. Olá, adorei a matéria e gostaria de saber onde obtenho informações sobre franquias para a cidade de Saquarema/RJ. Estou negociando minha saída da empresa onde atuo e decidido a deixar de vez a capital.

  3. Estou interessado na franquia Mac Donalds. Tenho experiência no comercio e estou ciente do investimento.
    Aguardo contato para discutirmos possibilidades e locais.

    Cordialmente ,

    Claudio Zonis

  4. Tenho o sonho de abrir a franquia do macdonald´s igual o ano passado….. vou continuar sonhando esse ano

  5. Eu abri uma franquia mas me arrependi, quando era jovem, para implicar com, meu pai empresário trabalhei em um MC Donald’s, aí herdei uma herança, abri uma loja, mas eu não tinha vida em 1anos vendi de novo a franquia.

DEIXE UMA RESPOSTA