Quando falamos em franquias de comida, as redes de lanchonete são ótimas opções para investimento. Além da alimentação ser um item de primeira necessidade, o consumo fora de casa vem crescendo cada vez mais no país, bem como a demanda por refeições rápidas, devido ao tempo cada vez mais escasso da maioria das pessoas.

“Existem muitas franquias de lanchonetes com bastante maturidade no mercado brasileiro, diminuindo assim os riscos de quem pretende investir nesta área”, avalia Rodrigo Morgan, sócio da Loja de Franquia Anewton Franchising.

Hoje, alimentação representa o segundo maior segmento na área de franchising, de acordo com a ABF. E na recente apuração do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), realizada pelo IBGE, a inflação da alimentação fora do lar foi menor nos últimos 12 meses (abril/2015 a abril/2016) do que a dos alimentos nos supermercados. “Além da conveniência e praticidade, pode ser até mais econômico comer fora de casa”, acrescenta o especialista.

No entanto, mesmo sendo um mercado atraente, existem, também, alguns pontos difíceis a serem trabalhados. “É necessário manter as equipes treinadas para se garantir tanto a melhor produtividade possível do negócio, quanto a excelência no atendimento aos consumidores”, lembra Morgan.

Além disso, por conta do nível médio de salário das categorias envolvidas, há um risco de rotatividade de funcionários. E nessas situações, os investimentos em treinamento vão por água abaixo e os concorrentes agradecem.

Assim, é necessária uma eficiente gestão dos Recursos Humanos para se contratar, remunerar, treinar e reter a mão de obra de forma adequada. “E este é, inclusive, um ponto a ser checado com a marca franqueadora que se pretende investir”, sugere Morgan.

Outro ponto importante, no contexto econômico atual do Brasil, são os custos dos produtos, que sofrem constantes reajustes. “E devido à dificuldade de repasse deste aumento na mesma proporção para o consumidor final, isso pode influenciar de forma negativa e relevante na lucratividade do negócio”, lembra o especialista.

Para este segmento o mais importante, contudo, é verificar qual a rentabilidade do negócio e, principalmente, qual o retorno estimado do investimento. “O ideal é escolher uma marca que tenha experiência comprovada no mercado, com a qual o investidor se identifique e que ofereça serviços completos aos seus franqueados”, diz Morgan.

Com tudo isso em mente, confira algumas opções de franquias de lanchonetes com variadas faixas de investimento. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising (ABF) ou informados pela própria franqueadora.

1N1 Chicken

*Este é um conteúdo publieditorial, patrocinado pela marca Kwikasair.A N1 Chicken é uma rede que trabalha com frango frito, acompanhamentos, molhos e bebidas. As franquias têm modelo enxuto, atuando principalmente com atendimento via delivery. Saiba mais sobre a franquia.

Investimento total: R$ 60 mil a R$ 75 mil
Taxa de franquia: a partir de R$ 25 mil
Royalties: R$ 1,1 mil
Faturamento médio: R$ 60 mil
Prazo de retorno: 9 a 16 meses

210 Pastéis

*Este é um conteúdo publieditorial, patrocinado pela marca Kwikasair.Fundada em 1961, a 10 Pastéis é uma rede de pastelarias. O carro chefe da rede são os pastéis, servidos em diversos sabores salgados e doces, fritos ou tostados. Além dos pastéis, o mix de produtos inclui saladas, panquecas, refeições, porções e bebidas. Há quatro modelos de negócio para as franquias: três modelos de loja e um modelo de food truck. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: R$ 150 mil a R$ 400 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil a R$ 50 mil
Royalties: 5%
Faturamento médio: R$ 30 mil a R$ 80 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

3Monkey

*Este é um conteúdo publieditorial, patrocinado pela marca Kwikasair.A Monkey trabalha com um modelo de negócios múltiplo, com lojas de fast food que oferecem cardápio variado: pratos executivos, sanduíches, porções, massas, sorvetes e bebidas. São dois modelos de franquia disponíveis (loja padrão e express) e que podem ser instalados em cidades pequenas. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: R$ 66,9 mil a R$ 102,6 mil
Taxa de franquia: R$ 14 mil a R$ 20 mil
Royalties: 4%
Faturamento médio: R$ 48 mil a R$ 70 mil
Prazo de retorno: 15 meses

4Lug’s

A Lug’s é uma rede de franquias de fast food gourmet, que traz como especialidade a batata belga no cone e o frango no balde. O cardápio conta ainda com chopp artesanal, pratos executivos premium e gourmet, sobremesas e bebidas. As franquias são no modelo loja de rua ou de shopping. Saiba mais sobre esta franquia.

Investimento total: a partir de R$ 290 mil
Taxa de franquia: R$ 80 mil
Royalties: 6,9%
Faturamento médio: R$ 100 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

5Rik’s Burger

A Rik’s Burger é rede de franquias de lanchonete especializada em hambúrguer. O cardápio conta com opções de lanches, combos, saladas e sorvetes. As lojas devem contar com espaço para estacionamento e drive thru.

Investimento total: a partir de R$ 450 mil
Taxa de franquia: não cobra
Royalties: 4%
Faturamento médio: R$ 75 mil a R$ 110 mil
Prazo de retorno: variável

6Sirène

O Sirène tem como carro chefe um prato tradicional da Inglaterra, fish & chips (peixe empanado com batata frita). A rede vende ainda porções separadas de peixe e batata frita, chopes artesanais, sanduíche de peixe e peças de vestuário de marca própria – camisetas, moletons, bonés. A franqueadora disponibiliza franquias nos modelos pocket, express e standard.

Investimento total: R$ 130 mil a R$ 175 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 5 salários mínimos
Faturamento médio: R$ 90 mil
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

7Mais Você

Especializada em alimentação com serviço rápido, a Mais Você trabalha com dois formatos de franquias: loja e quiosque. O franqueado pode operar instalando-se em pontos comerciais de rua, praças de alimentação, shopping centers, galerias, malls e postos de gasolina.

Investimento total: R$ 91 mil a R$ 228 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil a R$ 45 mil
Royalties: 5% sobre faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 40 mil a R$ 80 mil
Prazo de retorno: 12 a 36 meses

8Bell Burger

Fundada em 2015, a Bell Burger é uma rede de hamburguerias com lojas temáticas, no padrão “american style”, que oferecem gastronomia e entretenimento. Além do carro chefe da rede, que é o hambúrguer artesanal, o mix de produtos inclui petiscos, sobremesas e bebidas. A franqueadora oferece três modelos de negócio: Quick Bell, Smart Bell e Nice Bell.

Investimento total: R$ 130 mil a R$ 195 mil
Taxa de franquia: R$ 25 mil
Royalties: 4%
Faturamento médio: R$ 40 mil a R$ 70 mil
Prazo de retorno: 16 a 18 meses

9Burger Lab

Um verdadeiro laboratório de burgers, o cliente monta sua própria receita a partir de um menu de pão, carnes, queijos, coberturas e recheios. Criada em 2012 pelo empresário Jorge Boratto, a ideia dessa hamburgueria é que o cliente faça às vezes de chef, criando um burger personalizado.

Investimento inicial: R$ 290 mil a R$ 440 mil
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Royalties: 5%
Faturamento mensal: 120 mil
Prazo de retorno: 30 meses

10Cia da Empada

Especialista em empadas, a franquia conta com mais de 140 unidades em cinco estados brasileiros. A franquia está presente em grandes redes de mercados e em shoppings espalhados pelo país.

Investimento inicial: R$ 125 mil (quiosque) R$ 145 mil (loja)
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: R$ 900 fixo mensal
Faturamento mensal: faturamento bruto de R$ 30 mil a R$ 35 mil (quiosque) e R$ 35 mil a R$ 40 mil (loja)
Prazo de retorno: 18 a 24 meses (quiosque) e 24 a 36 meses (loja)

11Croasonho

A marca oferece croassaints artesanais com massa crocante e recheios diferentes. No cardápio estão presentes croasonhos salgados e doces, mini croasonhos, saladas, chás e cafés, assim como milk shakes, bebidas, pratos executivos e sobremesas. Atualmente a rede conta com oito unidades próprias e 72 franqueadas

Investimento inicial: R$ 350 mil
Taxa de franquia: R$ 55 mil a R$ 65 mil
Royalties: 4% do faturamento bruto com cobrança mínima de R$ 2,8 mil
Faturamento mensal: R$ 120 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

12Mordidela

No ramo da alimentação desde 2014, a Mordidela possui dez unidades espalhadas pelo interior de São Paulo, tendo no cardápio diversos salgados. Até o final de 2018 a empresa pretende abrir 300 lojas.

Investimento inicial: R$ 70 mil incluindo taxa de franquia, maquinário e adequação do espaço.
Taxa de franquia: R$ 25 mil
Royalties: 20% sobre a compra de mercadoria
Faturamento mensal: R$ 30 mil
Prazo de retorno: 12 meses

13Sr. Sorvete

Criada em 2014 em Itápolis, no interior de São Paulo, a Sr. Sorvete foi fundada pelo chef Gelatiere, Leandro Sambini. A rede oferece mais de 191 sabores de sorvetes de massa, além de picolés, taças, tortas e bolos de sorvete, como também milk shakes, café, chocolate quente e salgados.

Investimento inicial: R$ 109 mil (express) a R$ 150 mil (loja)
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 5%
Faturamento mensal: R$ 30 mil a R$ 70 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA