Investir em franchising é uma das formas mais seguras que as franquias internacionais encontram quando desejam fixar a marca no Brasil. O interesse no mercado brasileiro e em suas potencialidades não é novo, e vem se intensificando ao longo dos anos.

O Brasil já está entre os países com os maiores mercados de franquias no mundo. De acordo com dados divulgados pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), o Brasil é o sétimo país com a maior média de unidades por rede, com a marca de 48. São mais de 144 mil unidades e quase 3 mil redes de franquias.

Além disso, o potencial do franchising no país demonstra números positivos, mesmo em tempos de desafios econômicos, como demonstra a Pesquisa de Desempenho divulgada no início de 2017 ABF. O estudo compara os números do franchising em 2015 e 2016 e mostra: o setor conseguiu se sobressair e crescer 8,3%. O faturamento atingiu a marca de 151 bilhões de reais.

Quando se fala em número de unidades franqueadas, também registra-se crescimento. Comparado com 2015, o ano de 2016 registrou aumento de 3,1% no número de franquias. As franquias estão presentes em 2.321 municípios (42% do total) e ainda há muito espaço para crescimento em solo nacional.

O consultor da Franchising Solutions, Pedro Almeida, comenta que no país existem cerca de 74 marcas internacionais, e que este número representa cerca de 2,5% do mercado total.

Famosas mundialmente, muitas marcas internacionais chegam ao Brasil já com apelo ao público consumidor, ávido por novidades. Algumas, conseguem ganhar o mercado nacional e se espalham por todo o país – é o caso da Subway, rede original dos Estados Unidos que já é a segunda maior franquia do Brasil, com mais de 2 mil lojas.

Mesmo sendo um setor em expansão, investir em uma franquia internacional requer cuidado e muito estudo de campo. Como qualquer empreendimento, investir em uma franquia internacional exige preparação, estudo, conhecimentos nas áreas de administração e gestão e feeling de mercado.

“É importante fazer uma pesquisa de mercado para saber se o produto ou serviço terá aceitação no mercado nacional. Mais importante que isso, é saber se essa aceitação precisará de uma adaptação local ou regional, se está de acordo com costumes e hábitos dos consumidores brasileiros”, alerta Pedro.

Outro ponto a se estudar é a carga tributária, em grande parte muito elevada no Brasil. O consultor afirma que, muitas vezes, um negócio vindo de fora não consegue suportar os altos custos de impostos que temos no país.

Os valores de investimento também merecem ser analisados com cuidado. Na negociação, confira se alguma das taxas deve ser paga em moedas estrangeiras (como em dólar, por exemplo), pois isso pode encarecer o negócio.

A seguir, você confere uma lista de franquias internacionais que atuam no Brasil. Os dados de investimento e informações sobre as franquias foram cedidos pela ABF ou pelas próprias empresas.

1NYS Collection

No mercado há mais de 20 anos, a NYS Collection Eyewear, marca norte-americana especializada em óculos, está presente em 40 países com mais de mil pontos de venda. No Brasil, a rede, que iniciou a expansão por franquias em 2014, soma mais de 20 unidades e planeja dobrar este número em um ano.

Investimento inicial: R$ 15 mil a R$ 118,5 mil
Taxa de franquia: R$ 5 mil a R$ 30 mil
Royalties: 15% sobre a compra
Faturamento médio: R$ 4,5 mil a R$ 40 mil
Prazo de retorno: 6 a 24 meses

2Dryclean USA

A empresa chegou ao país há quase 20 anos com um conceito inovador no segmento de lavanderias. A marca reune, no mesmo local, um mix de serviços, que inclui, além de técnicas de lavagem ecológica, costura e sapataria. Com mais de 240 unidades em todo o país, a companhia oferece ao empreendedor quatro tipos de opções de lojas, que vão do padrão A, considerado o mais completo, ao D.

Investimento total: de R$ 134 mil a R$ 380 mil
Taxa de franquia: de R$ 35 mil a R$ 45 mil
Royalties: R$ 800 mensais
Faturamento médio mensal: R$ 39 mil
Prazo de retorno: 36 a 42 meses

3KFC

A KFC (Kentucky Fried Chicken) é reconhecida mundialmente pelos famosos frangos fritos vendidos em balde. Além desse prato, que é o carro chefe da rede, os restaurantes contam com um cardápio variado, com sanduíches, box com tirinhas ou pedaços de frango, pratos quentes criados para o público brasileiro, lanches e sobremesas.

Investimento total: R$ 1,117 milhão a R$ 1,675 milhão
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 6% sobre faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 250 mil
Prazo de retorno: 36 a 48 meses

4Laundromat

Fundada na Argentina em 1981, onde já possui mais de 2 mil lojas, a rede conta com outras 700 lojas na América Latina. No Brasil, conta com mais de 140 unidades, das quais 40 são franqueadas. A Laundromat foi concebida como um sistema de lavanderias self-service, criada fundamentalmente para a economia de tempo e diminuição do custo do serviço oferecido.

Investimento total: de R$ 140 mil a R$ 380 mil
Taxa de franquia: de R$ 15 a R$ 25 mil
Royalties: R$ 650 fixos mensalmente
Faturamento médio mensal: R$ 40 mil
Prazo de retorno: de 24 a 36 meses

5Havanna

Com mais de 200 lojas na Argentina, a Havanna chegou ao Brasil em 2006 e começou a expansão por franquias no país em 2014. Hoje, são cerca de 50 unidades da marca em diversas cidades brasileiras, com modelos de quiosques e cafeterias. A Havanna está presente também nos Estados Unidos, Colômbia, Peru, Bolívia, Paraguai, Chile, Uruguai, Venezuela, México e Espanha, somando mais de 320 lojas e presente em mais de 2,5 mil pontos de venda no mundo.

Investimento total: a partir de R$ 350 mil
Taxa de franquia: R$ 65 mil
Royalties: 5% sobre faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 100 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

6RE/MAX

Com a maior rede de franquias imobiliárias em número de transações do mundo, a RE/MAX aposta em máster franqueados para impulsionar a expansão da rede no Brasil. Fundada por Dave e Gail Liniger em 1973, a empresa tem hoje mais de 110 mil corretores em mais de 100 países.

Investimento inicial: a partir de R$ 400 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 30%
Faturamento médio: R$ 160 mil
Prazo de retorno: 36 meses

7Subway

A rede de franquias Subway é uma das dez maiores do mundo e está entre o top dez em números de unidades no Brasil, com mais de  mil lojas atualmente. Já 2011, quando começou sua forte expansão pelo país, a rede norte-americana estava presente em 224 cidades brasileiras, com 820 lojas.

Investimento total: R$ 300 mil a 540 mil
Taxa de franquia: R$ 25 mil
Royalties: 8% do faturamento líquido
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: de 24 a 36 meses

8Tribo Fitness

A Tribo Fitness é uma empresa criada por um ex-capitão do exército americano. Com treinos voltados para os programas de condicionamento físico do exército, a Tribo Fitness surgiu no mercado mundial com a proposta de oferecer atendimento diferenciado para o público que busca treinamento fitness funcional.

Investimento total: R$ 150 mil a R$ 200 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 5%
Faturamento médio mensal: R$ 25 mil a R$ 40 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

9Burguer King

O Burguer King é uma rede de refeições fast-food presente em todo o mundo. No Brasil, a empresa oferece quatro modelos de restaurante para a implantação por franquia: o Express, lojas em hipermercados, galerias e postos de gasolina; o Food Court, instalado em praças de alimentação de shoppings; o In Line, lojas de shopping ou de rua; e o Free Standing, lojas de rua com drive thru.

Investimento total: R$ 1,1 milhão a R$ 3,5 milhões
Taxa de franquia: US$ 30 mil a US$ 50 mil
Royalties: 8% do faturamento líquido
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: variável

10FastFrame

Fundada em 1983, na Inglaterra, a FastFrame foi a primeira a adotar o conceito de molduraria rápida. Atualmente, se tornou a maior rede de de molduraria no mundo, presente em quatro continentes, com diversas lojas nos Estados Unidos, Inglaterra, Brasil e Japão. No país, a rede chegou em 1996 e oferece aos clientes mais de 500 tipos de molduras, passe-partout importados e nacionais, espelhos, pôsteres e gravuras.

Investimento total: R$ 110 mil a R$ 215 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio mensal: não informado
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

11McDonald’s

A rede de alimentação rápida surgiu em 1937, quando os irmãos Richard (Dick) e Maurice McDonald abriram um restaurante na cidade de Arcádia, na Califórnia, Estados Unidos. Em 1953, iniciaram a expansão por franchising e, atualmente, a rede conta com mais de 35 mil pontos de vendas em todo o mundo. No Brasil, o McDonald’s é operado desde 2007 pela Arcos Dourados, franqueadora da marca em toda América Latina. A rede conta com as opções de restaurantes drive-thru, lojas e quiosques de shopping e in store.

Investimento total: de R$ 1,6 milhão a R$ 2,6 milhões
Taxa de franquia: de R$ 75 mil a R$ 85 mil
Royalties: 5% sobre o faturamento líquido mensal
Faturamento médio mensal: R$ 560 mil
Prazo de retorno: 60 meses

DEIXE UMA RESPOSTA