Crescimento de MEIs é oportunidade para o mercado de franquias

0
1432
meis oportunidades no mercado de franquias
meis oportunidades no mercado de franquias

Vivemos em um ano desafiador por inúmeras razões. Sem dúvidas, a pandemia é a maior delas, já que trouxe uma quantidade infinita de reflexos negativos, dentre eles o desemprego, redução de renda, fechamento de empresas, crise no sistema de saúde e muitas outras.

É certo que toda crise também traz novos negócios, inovações e comportamento de consumo, mas o primeiro impacto foi severo para todo mercado e para o mercado de franquias; especialmente para os modelos que demandam estabelecimentos comerciais físicos (pontos comerciais) e que tiveram suas operações suspensas pelos decretos que determinaram o fechamento temporário em razão da quarentena.

O mercado de franquias é um dos que mais cresciam: antes da pandemia estimava-se um crescimento de 6% a 8% para o ano de 2020, mas que fatalmente foi prejudicado. Porém, pela sua relevância já tem sinais de retomada.

Durante a pandemia, foram fechadas mais de 700 mil empresas no Brasil, sendo que esse número representa mais da metade das empresas que tiveram suas atividades suspensas durante a pandemia e é certo que, dentre estas, muitas franquias foram impactadas.

Deste total de empresas fechadas no Brasil, 39,4% corresponde ao comércio e 37% a serviços, impacto que atingiu fortemente as pequenas e médias empresas, grande público empresarial do mercado de franquias.

Com tudo isso, atingimos quase 13 milhões de desempregados, o que certamente reforçou o número de 29 milhões de informais no mercado de trabalho, que são os que atuam trabalhando sem o CNPJ.

Mas como dito, toda crise também gera algumas mudanças e dentre elas algumas positivas, a depender do ponto de vista, que no caso é o empreendedorismo, tão fundamental para economia de nosso país.

É certo que em situações como a que vivemos, o primeiro tipo de empreendedorismo a surgir é o “empreendedor por necessidade”, o que não é qualquer demérito, muito pelo contrário — quantas empresas de sucesso não nasceram desta forma? A propósito, o índice de sucesso destes empreendimentos está na garra e força de vontade de vencer do seu empreendedor, que remete àquela velha frase: “quer descobrir a capacidade de uma pessoa, jogue-a em um tanque de água com um tubarão”.

A vida do empreendedor é assim, você correr diariamente para vencer. E uma pessoa que começa empreender por necessidade tem um tubarão em suas costas diariamente.

Apesar de louvável a garra, resiliência e propósitos do empreendedorismo, é importante entendermos que vivemos na era da informação, onde a força bruta de trabalho não basta para ter sucesso. Hoje é necessário ter educação e conhecimento para prosperar nos negócios. A tecnologia e novos modelos mudaram o jogo do empreendedorismo, onde o acesso a dados e informações é fator determinante para seu negócio.

E é exatamente neste ponto que o modelo de franquia pode ser grande aliado ao empreendedorismo, seja pelo o primeiro estágio que é o de necessidade e sem pouca consciência, seja o já consistente e estudado.

Oportunidade para abertura de novas franquias e para os franqueadores

Franquia home office, microfranquia e nano franquia: entenda as diferenças

Desde o início da pandemia foram quase 1 milhão de novos micro empreendedores individuais (MEIs) com CNPJ e formalizados. Esses são os empreendedores em regime diferenciado, que faturam até R$ 80 mil por ano, ou R$ 6,7 mil por mês, e que tenham até um funcionário.

Esse crescimento de micro empreendedores individuais pode fazer aquecer o mercado de microfranquias. Mas, por que não pensar também nas franquias médias a médio e longo prazo, já que o empreendedorismo não tem limites para o crescimento?

Muitos destes novos empreendedores estão dando início a uma carreira empreendedora por necessidade e é natural que exista certo amadorismo empresarial. Mas, ainda assim, podem atingir bons resultados, especialmente por iniciarem com grande incentivo fiscal e vontade de superar a crise, sendo que essas pessoas não possuem mais opções, a não ser fazer dar certo o que está em suas mãos.

Esses novos empreendedores têm chance de dar certo, mas precisam se organizar de maneira adequada. É exatamente essa organização que os franqueadores oferecem aos empreendedores, que não precisam se preocupar com inúmeros detalhes de um negócio tradicional, já que o papel do franqueador é exatamente esse: trilhar o caminho das pedras. Na era da informação estar ao lado de grande player que o papel é estudar o negócio (franqueadores) o diferencial é, sem dúvidas, incomparável.

Após toda essa crise, além da grande competitividade do mercado, não existe ninguém que queira investir dinheiro e tempo em negócios arriscados. O fator determinante de sucesso está no início do negócio, investir certo é uma atitude inteligente e que reduz o insucesso dos negócios.

O modelo de franquias para esses novos empreendedores traz grandes vantagens em relação a uma empresa que começa sem qualquer estrutura e são alternativas para minimizar riscos desnecessários.

Há estudos que mostram que 80% das empresas não passam de cinco anos. Já quando esse modelo é de franquias, o percentual de fracasso nesse período é de 20%.

Destaco alguns motivos que as franquias podem colaborar com nestes novos empreendedores:

Metodologia testada e aprovada

A cultura empreendedora em nosso sistema de educação é totalmente ignorada, com isso iniciantes não possuem conhecimento de negócios e sequer possuem um plano de negócio em desenvolvimento, ausências que contribuem para o fechamento prematuro de muitas empresas.

No formato de franquias, esse plano de negócio já é pré-definido. A grande diferença do modelo de franquias e de seu sucesso é que vêm com um sistema definido que favorece que esse novo empreendedor, colaborando com a cadeia de suprimentos, treinamento de pessoas, marketing e auxilio na gestão — tudo para possibilitar que o empreendedor, franqueado, fique focado na operação e nos clientes.

Ou seja, o empreendedor adere a um sistema que já está validado e testado exaustivamente, em pleno funcionamento e aprovado pelo mercado, e só precisa focar no desenvolvimento de seu espaço nesse mercado, não gastando energia para adquirir um nome e reconhecimento, pois isso já vem com a franquia adquirida.

Mais segurança e sucesso

As franquias são marcas que já foram testadas e já passaram por um período de amadurecimento. Com isso, estando testadas e validadas, aumentam a segurança e sucesso do negócio, afastando o empreendedor de armadilhas no meio empresarial e também reduzindo muito o gasto de energia para fazer com os clientes conheçam seus produtos e serviços.

A franqueadora passou por todo esse período e lhe entrega a solução sem que esse novo empreendedor precise passar por isso.

Experiência (know how)

O objetivo dos franqueadores é fazer que os franqueados tenham sucesso; esse é o objetivo e sua atividade principal. Por isso, ao adquirir uma franquia o novo empreendedor contará com pessoas com elevada experiência no negócio e com know how para o melhor desenvolvimento.

Ou seja, você, empreendedor, adquire um negócio com várias vantagens, mas adquirir experiência e informações do mercado é realmente algo relevante para qualquer empreendedor — principalmente para os entrantes e que possuem pouca ou nenhuma experiência no mercado e que, pela posição que ocupam neste momento atual, não podem correr mais risco do que a vida de empreendedor já traz. Começar algo contando com pessoas experientes, sem dúvidas, é uma grande vantagem.

Ser procurado pelo público fiel à marca

Outra grande vantagem é que você adquire um negócio em que as pessoas já são fiéis à marca. Na verdade, você será procurado e terá clientes sem ter exercido muita força: todo esse trabalho já foi feito pelo franqueador. Assim, para novos empreendedores, começar já recebendo clientes é algo importante e animador.

Conclusão

Estamos sim em uma crise, mas é nela que nasce o empreendedorismo acelerado, independe de qual seja. Portanto, devemos ter o foco na retomada e não na derrocada.

Vivendo na era da informação e tecnologia, onde a competição é infinitamente maior, é importante estar preparado, especialmente sendo detentor de informações, dados e análises, o que sozinho pode levar muito tempo. Sendo assim, os modelos de franquias podem ser uma ótima opção para esse início.

O que tentei demonstrar é um caminho que pode facilitar a vida do empreendedor. Mas ele não é único. A essência de tudo é que hoje em dia, informações, sejam elas obtidas sozinho ou através deste modelo de parceria, é fundamental para a prosperidade de qualquer negócio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui