Tendências de gestão em 2020 para implementar na sua franquia

0
63
tendencias de gestao

selo publieditorial - guia franquias de sucessoO sucesso de uma rede de franquias está diretamente ligado a uma boa gestão. Afinal, de nada adianta ter bons produtos e serviços se os processos internos estiverem desajustados, as estratégias forem fracas e os profissionais não desempenharem bem suas funções.

Como tudo no mundo dos negócios, a gestão de empresas também muda com o tempo. As alterações no comportamento do consumidor, na concorrência, nas ferramentas e no próprio mercado de trabalho tornam necessárias atualizações periódicas para que administração não se torne obsoleta e falha.

➥ Quer ter uma franquia de sucesso? Confira nosso manual e saiba como fazer uma gestão mais eficiente

É apenas através de uma otimização constante na gestão que é possível manter o negócio competitivo, eficiente e atrativo – tanto para novos profissionais quanto para os consumidores.

Está interessado em atualizar a sua gestão? A seguir, veremos algumas das principais tendências de gestão de empresas que você deve considerar implementar em sua rede de franquias.

Experiência dos funcionários

No relatório Tendências Globais de Capital Humano de 2019 – Liderando a empresa social: reinvente com um foco humano, a Deloitte aponta que o tema “experiência do empregado”, é considerado como importante por 92% das empresas brasileiras entrevistadas.

Isso indica que as companhias estão percebendo como a satisfação de sua equipe impacta na produtividade e na construção dos resultados.

Como reflexo disso, é natural que as redes redesenhem seus cenários culturais para se tornar mais atrativas para os funcionários, como ambientes mais descontraídos, possibilidade de atuar em home office ocasionalmente, premiações e confraternizações para as equipes.

Transparência e cooperação

A transparência também é uma das tendências mais fortes para a gestão empresarial.

Enquanto muitas empresas ainda acham que precisam “esconder” seus próximos passos e metas reais dos seus funcionários, as companhias que estão mirando no futuro já sabem que ter uma gestão transparente é um caminho para o crescimento.

A ideia é que, cada vez mais, os diferentes níveis hierárquicos e departamentos possam trabalhar de forma cooperativa. Isso deve manter os profissionais mais motivados, participativos e felizes, o que também é uma das tendências importantes para os gestores.

Flexibilidade nos locais e horários

Já se foi o tempo em que toda empresa bem-sucedida tinha que ocupar um prédio inteiro e ter centenas de funcionários. Hoje, as companhias sabem que manter equipes enxutas e descentralizadas é um caminho para operações mais econômicas e ágeis.

A tendência para 2020 e os próximos anos é que o ambiente profissional se torne ainda mais flexível e os profissionais possam escolher os locais que sejam mais adequados e econômicos para se trabalhar, como coworkings, pequenos escritórios e home office.

Os dias e horários também devem ser personalizados, de forma que muitas empresas passarão a operar em períodos alternativos e não só no tradicional horário comercial.

Automação de processos

Com os avanços em TI e na robótica, a automação de processos já é uma realidade no mundo da gestão de empresas, e isso só deve se intensificar daqui para frente.

Uma pesquisa da McKinsey sugere que as empresas não apenas deverão investir em softwares que automatizam tarefas (evitando que seus colaboradores humanos percam tempo com atividades burocráticas e repetitivas), mas que os profissionais também terão que desenvolver habilidades específicas para compreender e lidar com a automação.

De acordo com a consultoria, até 2030 deve crescer ainda mais a procura por profissionais familiarizados com recursos como inteligência artificial e automação, então é bom investir em um RH que busque também essas habilidades.

Investimento em segurança digital

A Deloitte apurou que o número de companhias que têm uma política de gestão de riscos passou de 44% para 73% entre 2016 e 2019. Entre as entrevistadas pela consultoria, 34% têm centros de operação de segurança para riscos cibernéticos e 30% não têm, mas pretendem implementar em breve.

Esse foco no desenvolvimento de segurança está ligado ao fato de ter havido uma “explosão” de ataques de criminosos digitais nos últimos anos, principalmente os que têm como objetivo o roubo de dados.

A segurança digital se tornou um assunto tão importante que já existem normais globais que se aplicam a todas as empresas que lidam com informações pessoais.

Alguns exemplos desse movimento é o GDPR, o Regulamento Geral sobre a Proteção de Dados da União Europeia que opera como uma legislação voltada para este fim. No Brasil, também já temos a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), cuja implementação deve acontecer nos próximos anos.

Otimize a gestão com a Solutto

A Solutto acompanha as principais tendências para oferecer para os seus clientes o que existe de mais avançado em de gestão, tecnologia e franchising.

Com apoio dos softwares da Solutto, franqueadores e franqueados podem digitalizar e automatizar tarefas de seu dia a dia, tornando a gestão mais simples, eficiente e assertiva e diminuindo drasticamente a incidência de erros.

Além disso, com sistemas dinâmicos e que executam ações de forma automática, a Solutto ajuda as franqueadoras a desenvolver times mais compactos, econômicos e que podem se focar nas atividades que realmente são fundamentais para a expansão.

Se você quer que sua rede de franquias faça parte da nova era de gestão de empresas, conheça as possibilidades que a Solutto pode oferecer!

cta empresa - guia franquias de sucesso

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui