Uma questão que deixa muitos investidores com a pulga atrás da orelha quando estão pesquisando franquias de baixo investimento é a seguinte: por que essa franquia é tão barata?

É uma dúvida válida, mas a resposta não é nenhum bicho de sete cabeças. Geralmente, o que torna uma franquia barata é o modelo da operação. É natural que alguns formatos de negócio tenham menos exigências, o que vai reduzir o capital de investimento necessário.

➥ Busca franquias baratas? Confira nosso guia de franquias de virtuais (com valores de investimento)

Portanto, conhecer quais são os tipos de franquias baratas vai te ajudar bastante na busca pelas melhores franquias para investir, até decidir qual é a franquia ideal para você.

Os tipos de franquias baratas mais comuns são aqueles que não necessitam de um ponto comercial para a operação. Ou seja, o franqueado pode trabalhar em casa, concentrar sua operação pela internet ou atuar principalmente indo até onde os clientes estão. Esses modelos diminuem os custos com instalação, o que impacta diretamente no valor do investimento total.

Mas, engana-se quem pensa que o universo das franquias baratas é feito apenas de franquias home office. É possível encontrar opções para investir com baixo capital em negócios com estruturas físicas. Nesses casos, o mais comum é que essas estruturas sejam simplificadas, sem exigir grandes reformas ou pontos muito espaçosos. Quiosques e franquias com espaços que não fazem atendimento direto ao público são bons exemplos. Franquias móveis, instaladas em trailers ou trucks, também podem ser boas opções.

A seguir elencamos os principais tipos de franquias baratas e falamos um pouco sobre as vantagens e desafios de cada um para que você consiga avaliar qual melhor se encaixa com o seu perfil.

1. Franquias home based

tipos de franquias baratas: home based

Boa parte das microfranquias baratas são franquias home based. O motivo é que, nesse modelo de negócio, os gastos com a instalação da franquia são muito reduzidos ou até mesmo nulos.

Nas franquias home based, a base da operação é instalada na casa do franqueado. Ou seja, não é preciso passar por todo o processo de abrir um ponto comercial. Com isso, o franqueado não vai precisar gastar com reformas, obras ou adaptações no imóvel para se adequar ao padrão da marca, nem com compra de mobiliário ou grandes equipamentos. Esse tipo de franquia pode ser operado, no geral, com uma estrutura que o franqueado já tem em casa: computador, conexão à internet, telefone, mesa e cadeira para trabalhar.

Assim, o valor de investimento inicial em uma franquia home based é, basicamente, o valor correspondente à taxa de franquia – que varia conforme a franqueadora e pode ser bem baixa, até menos de 5 mil reais. Por isso as franquias mais baratas do mercado são aquelas que permitem trabalhar em casa; o franqueado paga a taxa de franquia e já pode começar a operar.

As franquias para trabalhar em casa trazem outro benefício financeiro, além do baixo investimento inicial. Com elas, é possível dispensar custos comuns a qualquer ponto comercial, tornando os custos fixos da operação muito mais baixos.

Nesse modelo, você não precisa pagar o aluguel de um ponto comercial, nem uma outra conta de luz ou de internet, por exemplo, porque tudo isso vai estar integrado nas despesas domésticas que você já paga. Além disso, nesse formato o franqueado geralmente trabalha sozinho, o que exclui também o custo de manter uma equipe de funcionários.

As franquias home based também são as que mais possibilitam a flexibilidade de horários, permitindo conciliar a franquia com outras atividades. Tem também todo o conforto que trabalhar em casa proporciona: você fica mais próximo da sua família e pode trabalhar sem formalidades, de chinelo e bermuda.

Mercado de franquias home based

Trabalhar em casa é algo cada vez mais comum, não apenas no franchising mas no mercado em geral. Nos últimos anos, o mercado de trabalho vem abrindo espaço para o trabalho remoto, inclusive em empresas mais tradicionais.

Um estudo feito pelo Ibope em parceria com a Microsoft demonstrou que metade dos profissionais entrevistados trabalham remotamente pelo menos uma vez por semana. Para os profissionais, pode trabalhar em casa ou em outro local fora da empresa é um sinal de modernidade: 62% dos entrevistados na pesquisa acreditam que o trabalho remoto é um elemento de um ambiente de trabalho moderno.

Dentro do mercado de franquias, trabalhar em casa também é uma realidade cada vez mais constante. Dados do primeiro trimestre de 2018 apurados pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) revelam que 4,9% das unidades de franquias do Brasil estão instaladas em home office.

Perfil do franqueado home based

Poder trabalhar em casa é ótimo, mas não é para todo mundo. É preciso ter muito jogo de cintura, foco e organização para ter uma franquia de sucesso trabalhando em casa. Afinal, nesse modelo as distrações podem acabar minando a produtividade e, consequentemente, a lucratividade do negócio.

Portanto, o franqueado home based deve ter um perfil bastante centrado e organizado. Além disso, é importante que o empreendedor seja bem independente e não se importe de trabalhar sozinho.

Ideias de franquias home based

Há muitas possibilidades de atuação para quem busca opções de franquias home based. Os franqueados podem trabalhar tanto ligados a atividades mais comerciais quanto mais operacionais e técnicas, em diversos nichos e segmentos.

As franquias de serviços são as que mais oferecem modelos home based. Na área de prestação de serviços é mais simples abdicar de um ponto comercial e os franqueados trabalham ou completamente em casa ou mesclando a gestão em home office com visitas aos clientes.

Para trabalhar com serviços home based é possível apostar em franquias que prestam serviços de limpeza, manutenção, reformas, pintura, reparos, assistência técnica, lavagem de veículos e outros serviços automotivos, entre outros. Além desses, há diversas opções de serviços mais “de escritório”, direcionados tanto ao consumidor final quanto com especialidade no atendimento a empresas. Marketing digital, consultoria, serviços financeiros, planejamento tributário, seguros e turismo são opções comuns.

Quem prefere trabalhar com varejo também consegue encontrar alternativas de franquias home based. Nesse caso, os modelos mais recorrentes são de franquias de venda direta, o famoso modelo de venda porta a porta. Aqui, os franqueados trabalham com um estoque menor do que o de uma loja tradicional e realizam as vendas em contato direto com os consumidores finais ou com estabelecimentos comerciais. Há opções de franquias de sapatos, acessórios, mercado pet, roupas e até alimentação com esse modelo.

Algumas redes de educação também já adotaram o formato home based, especialmente no segmento de escolas de idiomas e reforço escolar. Nesse caso, as aulas são realizadas na casa dos alunos, em locais públicos, como bibliotecas e cafés, ou dentro de escolas parceiras.

➥ Confira opções de franquias home based

2. Franquias online

tipos de franquias baratas: online

Dentro das franquias home based há um nicho que também chama bastante atenção no universo de microfranquias e franquias baratas: as franquias online ou franquias virtuais.

As franquias online são caracterizadas por modelos de operação que permitem que o franqueado trabalhe principalmente por meio de ferramentas virtuais. Assim, esse formato exige do investidor apenas um computador, tablet ou smartphone com acesso à internet.

Além de todos os benefícios de uma franquia home based, as franquias online ainda oferecem aos franqueados a chance de atuar com uma amplitude muito maior, visto que o negócio pode funcionar em qualquer horário, 24 horas por dia, sete dias por semana.

As restrições territoriais variam conforme o contrato de cada franqueadora, mas, no geral, trabalhando com franquias virtuais é possível atingir um público maior do que aquele concentrado fisicamente na sua região. O franqueado também consegue trabalhar de qualquer lugar do mundo. Com um sistema online, você não precisa estar em casa para desenvolver as atividades da franquia, o que permite que o trabalho continue funcionando sem grandes impactos durante viagens, por exemplo.

Mercado de franquias online

Segundo dados da ABF, o cenário de franquias virtuais ainda é bastante limitado no Brasil. Em 2017, apenas 0,01% das unidades de franquias ativas adotavam esse modelo de operação. Entretanto, esse é um segmento que ainda tem um enorme potencial de crescimento e tem tudo para aumentar nos próximos anos.

O setor de e-commerce já é um gigante no Brasil. De acordo com dados do relatório Webshoppers, realizado pela Ebit, o comércio eletrônico brasileiro faturou 53,2 bilhões de reais em 2018. O crescimento, em comparação com o registrado em 2017, foi de 12%.

Não é só o crescimento de faturamento que impressiona e confirma o potencial do mercado online. Cada vez mais as pessoas estão escolhendo a internet como um canal de compras e negócios. Em 2018, o setor registrou um aumento de 6% no número de consumidores virtuais – mais de 58 milhões de pessoas fizeram, pelo menos, uma compra em e-commerce durante o ano. Ao todo, foram mais de 123 milhões de pedidos realizados em lojas virtuais.

Para 2019, a expectativa da Ebit é de que o e-commerce continue em alta. A projeção é de um crescimento de 15%, que deve levar o faturamento do setor a um patamar de 61,2 bilhões de reais.

Perfil do franqueado online

As franquias online são ideais para empreendedores que querem trabalhar em casa e gostam de estar sempre conectados. Nessa área, é importante que o franqueado tenha um perfil antenado, goste de acompanhar as novidades do mundo virtual e já tenha pelo menos um conhecimento básico nas ferramentas tecnológicas que serão utilizadas na rotina da franquia.

Também é necessário ter um perfil comercial e disposição para investir na divulgação da franquia. Com franquias virtuais, os franqueados muitas vezes não contam com as interações “cara a cara” nem com um ponto comercial, então o trabalho de prospecção de clientes deve ser bastante ativo.

Saber fidelizar os clientes também é fundamental. Lembre-se: não é porque o serviço é feito online que o cliente vai esperar menos qualidade. Pelo contrário, sem as barreiras territoriais a concorrência é muito grande, reforçando a necessidade de entregar o prometido com qualidade.

Ideias de franquias online

Quando falamos em trabalhar pela internet, uma das primeiras ideias que surgem é o de abrir um e-commerce. Essa é uma das possibilidades das franquias online.

As franquias de loja virtual são uma boa pedida para quem quer trabalhar com vendas de produtos, mas sem contar com estrutura física. Outra vantagem é que, ao abrir uma loja virtual por meio de franquia, os franqueados podem atuar apenas com as vendas. As empresas franqueadoras é que normalmente ficam responsáveis por toda a logística do processo, incluindo estoque e envio dos pedidos para os consumidores.

Também é possível trabalhar com serviços, contando com plataformas disponibilizadas pelas franqueadoras para atender os clientes de forma completa. Aqui, há redes de franquias que trabalham com soluções de marketing digital, consultas cadastrais, serviços financeiros, turismo e viagens, por exemplo.

➥ Confira opções de franquias online

3. Franquias de quiosque

tipos de franquias baratas: quiosque

Nem só de modelos home based é feito o universo das microfranquias baratas. No franchising, há opções de pequenas franquias com ponto comercial que também são de baixo investimento. Entre essas opções mais enxutas, as franquias de quiosque são as mais populares.

Os quiosques exigem um espaço físico muito menor do que o necessário para montar uma loja. Com isso, o investimento inicial na franquia já é reduzido, visto que o franqueado vai gastar menos com mobiliário e adaptação do ponto. Muitas redes oferecem uma estrutura de quiosque pronta, o que facilita (e barateia) ainda mais a instalação.

Além disso, os custos fixos de franquias de quiosque também são mais baixos. Esse tipo de negócio não precisa dispor uma grande equipe de funcionários; em alguns casos, o próprio franqueado pode cuidar sozinho da operação. O custo de ocupação também sai mais em conta do que o aluguel de pontos comerciais de lojas.

Em relação aos modelos de franquias home based, as franquias de quiosque trazem uma vantagem atrativa: a visibilidade do ponto de venda. Aqui, é possível contar com a possibilidade de compras por impulso, além de proporcionar facilidade de acesso aos consumidores, visto que o foco de instalação de quiosques fica em locais movimentados como shopping centers, galerias, supermercados, aeroportos e rodoviárias.

Mercado de franquias de quiosque

Os quiosques já são a segunda modalidade de franquias mais popular do mercado brasileiro, ficando atrás apenas dos modelos de loja. De acordo com dados da ABF, 6,5% das unidades de franquias ativas em 2018 operam no modelo de quiosque.

Com os shopping centers sendo seu principal ponto de instalação, as franquias de quiosque têm muito espaço para crescer. Segundo dados divulgados pela Associação Brasileira de Shopping Centers (ABRASCE), o Brasil já conta com mais de 560 shopping centers em funcionamento, distribuídos por cerca de 210 municípios em todo o país.

Perfil do franqueado de quiosque

O principal para um franqueado de quiosque é ter habilidade na parte de gestão. Neste modelo de negócio, será necessário cuidar da administração do ponto de venda, estoque, relação com fornecedores, gerenciamento de funcionários, entre outras atividades típicas de gestão.

Além disso, é importante gostar de lidar com o público, especialmente se o franqueado for assumir o atendimento ao cliente no quiosque.

Outro ponto importante diz respeito à rotina e horários de funcionamento. Ao contrário dos modelos home based, as franquias de quiosque exigem que um horário de atendimento seja seguido, sem muito espaço para flexibilidade. É necessário atentar-se ainda às regras e horários do local em que o quiosque está instalado; ou seja, o franqueado só pode abrir e fechar a unidade nos horários em que o shopping, galeria ou aeroporto abrem e fecham também. Além disso, nesses locais é comum que também haja expediente em dias e horários além do tradicional horário comercial seguido pelos pontos de rua, como em finais de semana e feriados, por exemplo.

Ideias de franquias de quiosque

Diversos segmentos do franchising e tipos de franquias podem se adaptar bem ao modelo de quiosque. Os mais populares, entretanto, são os quiosques de alimentação.

As franquias de quiosque de alimentação funcionam bem especialmente trabalhando com alimentos de preparação rápida, que podem ser consumidos de forma prática pelos clientes. Franquias de alimentos como sorvetes, fast food, lanches, cafeterias e sobremesas, por exemplo, são perfeitas para esse formato.

Franquias de bijuterias, óculos, acessórios, presentes, objetos de decoração e roupas também podem ser opções interessantes para quem quer investir no modelo de quiosque.

O setor de serviços também traz opções de franquias de quiosque. Nesse caso, é possível encontrar opções na área de turismo, beleza (como sobrancelhas e manicure) e assistência técnica, por exemplo.

➥ Confira opções de franquias de quiosque

4. Franquias delivery

tipos de franquias baratas: delivery

As franquias delivery se caracterizam por sua forma de atendimento, na qual o produto ou serviço é entregue ao cliente no local de sua escolha.

Por não receber os consumidores em um ponto específico, esse tipo de negócio pode se encaixar em um modelo de microfranquia, tanto com a montagem de um ponto físico com formato mais compacto quanto em modalidade home based. Nesse caso, a estrutura não aposta tanto no visual, mas sim na funcionalidade. Por isso, os custos com instalação podem ser mais baixos quando comparados aos de uma loja tradicional.

A praticidade é um dos maiores atrativos das franquias delivery. Neste modelo, os franqueados conseguem uma flexibilidade maior na rotina de trabalho, além de entregar aos consumidores um serviço que agrega conforto e rapidez.

Sem um ponto de venda chamativo, é fundamental que as franquias delivery contem com um esforço extra de marketing local para manter uma prospecção de clientes ativa.

Mercado de franquias delivery

Quando falamos em delivery, a primeira coisa que vem à cabeça são as redes de alimentação. De fato, essa é uma importante fatia do mercado. Segundo a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), em 2017 o faturamento com delivery ultrapassou a marca de 10 bilhões de reais.

Para que tenha uma ideia do potencial desse mercado, o iFood, aplicativo que concentra restaurantes para pedidos delivery, recebeu sozinho mais de 10 milhões de pedidos no Brasil em 2018.

Perfil do franqueado delivery

Para ser um franqueado delivery é importante ter um perfil dinâmico e excelente habilidade logística. Isso porque o grande segredo do sucesso desse tipo de negócio é fazer uma entrega eficiente dos produtos e serviços aos clientes. Portanto, organização e gestão cuidadosa devem estar sempre em evidência.

Além disso, é fundamental que o empreendedor interessado nesse tipo de negócio tenha um bom conhecimento da região em que vai atuar. Assim, o planejamento da operação pode ser muito mais eficaz.

Ideias de franquias delivery

Para quem busca franquias baratas de alimentação, o modelo delivery pode ser uma excelente pedida. Aqui, o franqueado vai precisar montar um local com estrutura bem mais enxuta, com foco em um espaço adequado para a preparação dos alimentos. Sem a necessidade de um salão com mesas e cadeiras para consumo ou contratação de uma equipe de garçons e atendentes, por exemplo, o investimento cai. Pizzarias, redes de fast food e lojas de conveniência são boas opções nesse nicho.

Saindo do mercado de alimentação, é possível encontrar franquias delivery de serviços. Aqui, o investimento tende a ser ainda mais baixo, visto que muitas franqueadoras possibilitam a operação home based.

Em serviços, o franqueado delivery vai precisar de um local para administrar a franquia. O serviço em si é feito, geralmente, no local especificado pelo cliente. Nessa área há opções de franquias de limpeza, serviços automotivos, manutenção, reparos, entre outros tipos de serviços domésticos.

➥ Confira opções de franquias delivery

5. Franquias para cidades pequenas

tipos de franquias baratas: cidades pequenas

Não é só o modelo da franquia em si que pode deixá-la mais barata. Franquias para cidades pequenas também têm, geralmente, um custo mais baixo do que aquelas direcionadas às grandes cidades e capitais. O motivo é simples: em cidades menores, a estrutura do negócio também pode ser menor, visto que o fluxo de atendimento tende a não ser tão intenso quanto em cidades com grande volume de habitantes.

Com o objetivo de ampliar a atuação da marca e atingir novos mercados, as redes de franquias estão cada vez mais lançando modelos de franquias para cidades pequenas e do interior. São formatos especialmente desenvolvidos para essas localidades, já levando em conta a estrutura reduzida.

O grande atrativo de apostar em uma franquia para cidade pequena, além do investimento inicial menor, é poder atuar em um mercado com menos concorrência. Muitas vezes, a franquia é uma grande novidade na cidade e consegue captar a atenção do público, gerando uma boa rentabilidade aos franqueados.

Outro benefício é que, assim como o investimento inicial, os custos fixos do negócio também são mais baixos. Em cidades pequenas, valores de aluguel de ponto de venda, por exemplo, costumam ser bem mais em conta do que aqueles praticados em cidades grandes.

Mercado de franquias para cidades pequenas

O movimento de interiorização é uma tendência forte no mercado de franquias no Brasil. Com a expectativa de chegar a 100% dos municípios brasileiros, o franchising vem aumentando sua presença em cidades pequenas e do interior com o passar dos anos.

Enquanto em 2014 pouco mais de 24% das franquias brasileiras estavam localizadas em cidades com menos de 500 mil habitantes, em 2017 esse número chegou a 48,2%.

Assim, várias redes de franquias estão desenvolvendo modelos adaptados para atender cidades pequenas. Hoje, já é possível encontrar unidades de franquias em cidades com menos de 20 mil habitantes, por exemplo.

Perfil do franqueado de cidades pequenas

As franquias para cidades pequenas são direcionadas principalmente para empreendedores que já residem nesses municípios. Aqui, o conhecimento do franqueado sobre sua região em conjunto com a experiência de mercado da rede franqueadora são um grande trunfo para o sucesso do negócio.

Se você mora em uma cidade grande e pensa em se mudar para o interior em busca de qualidade de vida também pode encontrar nas franquias uma ótima alternativa para se estabelecer no novo local.

Para ter uma franquia de sucesso em cidades pequenas e do interior, entretanto, é fundamental que o franqueado tenha a percepção de quais são as necessidades do público local, entendendo que os hábitos e costumes dos consumidores de cidades menores são diferentes daqueles percebidos nas grandes capitais.

Ideias de franquias para cidades pequenas

Franqueadoras de diversos segmentos já começaram a expandir para cidades do interior. Assim, é possível encontrar opções de franquias baratas e lucrativas para cidades pequenas de diferentes tipos e setores.

Como os modelos de franquias são adaptados para as necessidades dos municípios menores, é comum que a estrutura necessária para instalação e operação seja reduzida. Assim, é possível encontrar boas opções de franquias baratas de loja para localidades nesse perfil.

Quem busca por franquias baratas de alimentação também encontra nas cidades pequenas uma excelente oportunidade. Nesses locais, as franquias de alimentação tendem a ser vistas como uma grande novidade e funcionam também como um ponto de encontro e lazer.

Outra opção atrativa é investir em uma franquia de educação. Em cidades pequenas, muitas vezes os habitantes procuram por cursos profissionalizantes e cursos de idiomas em cidades próximas e oferecer esse tipo de serviço no município pode suprir uma boa demanda.

➥ Confira opções de franquias para cidades pequenas

Já conhece todos os tipos de franquias baratas? Então, aprofunde ainda mais seus conhecimentos em modelos de baixo custo! Clique aqui e confira nosso guia completo sobre franquias baratas, com 100 opções de redes de até 50 mil reais.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA