O setor de turismo está em amplo crescimento no franchising brasileiro. Para quem busca uma opção para investir nessa área, a franquia CI é uma das que chamam a atenção, com modelos de baixo investimento e múltiplas oportunidades de atuação.

Fundada em 1988, a CI Intercâmbio e Viagem nasceu em São Paulo e iniciou sua expansão por franquias em 1990. Hoje, com mais de 30 anos de atuação, a CI conta com mais de 130 lojas no Brasil e no exterior, abrangendo mais de 700 consultores para atender os clientes.

➥ Busca franquias de agências de viagem? Confira nosso guia de franquias de turismo (com valores de investimento)

Especialista em programas de intercâmbio, a CI oferece experiências de estudos e trabalho no exterior, com um portfólio de mais de 100 destinos. De acordo com informações da empresa, só em 2018 a CI embarcou mais de 80 mil pessoas para destinos em todo o mundo.

No mix de produtos da rede estão cursos de idiomas, programas de estudos e trabalho, high school, intercâmbio teen, universidade, trabalho voluntário, au pair, estágios, mochilão, cursos profissionalizantes, viagem de formatura, pacotes de viagem, entre outros produtos e soluções para vivências no exterior.

O mercado de intercâmbio e turismo internacional é promissor no Brasil. Segundo dados da Pesquisa Selo Belta realizada pela Associação das Agências de Intercâmbio (Belta), o mercado brasileiro de educação estrangeira cresceu 23% em 2017, ano em que alcançou a marca de 302 mil estudantes no exterior. No total, os brasileiros movimentaram entre 2,7 bilhões de dólares e 3 bilhões de dólares em programas educacionais.

Dentro do mercado de franquias esse também é um segmento forte. Em 2018, o setor de Turismo e Hotelaria apresentou o segundo maior crescimento em faturamento, com aumento de 12,3% em comparação com 2017. As franquias de turismo faturaram mais de 12,6 bilhões de reais, além de registrarem uma alta de 8,1% no número de unidades. Os dados são da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Se você pensa em entrar nesse setor investindo em uma franquia CI, essa matéria pode te ajudar a conhecer melhor o negócio. Aqui você encontra informações sobre como abrir e quanto custa uma franquia da marca, além de avaliar se esse é o negócio certo para você. Confira (se preferir, use os links do menu a seguir para ir direto ao tópico que te interessa):

Quanto custa uma franquia CI

franquia ci

O investimento em uma franquia CI varia conforme o modelo de negócio. Ao todo, a marca conta com cinco modalidades de franquia, com investimentos que ficam entre 4 mil reais e 120 mil reais.

Os valores de taxa de franquia variam para cada modelo, ficando entre 3 mil reais e 28 mil reais. Já o capital de giro indicado varia de 5 mil reais a 60 mil reais.

As variações de custos de montagem e instalação também estão relacionadas às necessidades de cada modelo. São quatro modelos de negócio com estrutura física comercial – express, office, light e full – e o capital para instalação vai de 5 mil reais a 70 mil reais.

Além disso, para esses quatro modelos de franquia a CI prevê também um investimento em marketing de inauguração. Esse valor fica entre 2,5 mil reais e 5 mil reais.

Para o modelo home office a franqueadora não indica um valor de capital de giro, nem investimento em marketing de inauguração. Esse é o modelo mais barato da CI.

Segundo Henrique Munhoz, gerente de franchising da CI, não há possibilidade de financiar ou parcelar o valor do investimento da taxa de franquia. Porém, há outras alternativas para flexibilizar o investimento inicial. “Para a montagem da operação pode ser feito parcelamento junto aos fornecedores dos materiais/serviços”, aponta Munhoz.

A CI não cobra taxa de royalties.

Qual o valor de uma franquia CI?

A CI conta com modelos de franquias baratas, trabalhando com quatro formatos que se enquadram como microfranquias: home office (investimento de 4 mil reais), express (30 mil reais), office (45 mil reais) e light (90 mil reais). Além disso, há o modelo de loja mais amplo, o full, com investimento de 120 mil reais.

A seguir você confere os dados de investimento de cada modelo de franquia CI. As informações foram cedidas pela empresa.

Home office

Investimento total: R$ 4 mil
Taxa de franquia: R$ 3 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 3 meses

Express

Investimento total: R$ 30 mil
Taxa de franquia: R$ 10 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 12 meses

Office

Investimento total: R$ 45 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 24 meses

Light

Investimento total: R$ 90 mil
Taxa de franquia: R$ 28 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 24 meses

Full

Investimento total: R$ 120 mil
Taxa de franquia: R$ 28 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 29 meses

Qual o faturamento e o lucro de uma franquia CI?

A CI não divulgou dados de faturamento médio e lucratividade estimada para as franquias. O prazo de retorno de investimento, entretanto, fica entre três e 29 meses, conforme o modelo de negócio.

Compare os números de CI com outras franquias de intercâmbio e turismo

Confira os números de outras franquias de intercâmbio e turismo e compare com os dados da CI. As informações de investimento são divulgadas pelas empresas ou pela ABF.

Viva Intercâmbio

Investimento total: R$ 65 mil a R$ 90 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil a R$ 20 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 50 mil a R$ 100 mil
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

Encontre Sua Viagem

Investimento total: a partir de R$ 9,9 mil
Taxa de franquia: a partir de R$ 9,9 mil
Royalties: R$ 250 a R$ 350
Faturamento médio: R$ 70 mil a R$ 200 mil
Prazo de retorno: 3 a 24 meses

Trust Intercâmbio e Turismo

Investimento total: R$ 3,5 mil a R$ 50 mil
Taxa de franquia: R$ 3,5 mil a R$ 25 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 25 mil a R$ 125 mil
Prazo de retorno: 2 a 18 meses

Information Planet

Investimento total: R$ 40 mil a R$ 150 mil
Taxa de franquia: R$ 25 mil a R$ 40 mil
Royalties: variável
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 12 a 36 meses

S7 Study

Investimento total: R$ 90 mil a R$ 140 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 5% do faturamento
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

Como abrir uma franquia CI

franquia ci

Para abrir uma franquia CI o interessado em se tornar franqueado passa por um processo que inclui análise de perfil e entrevistas, até que o candidato seja aprovado pela franqueadora e inicie, de fato, o processo de implementação da nova unidade.

A franqueadora oferece oportunidades para investidores com diferentes capacidades de investimento. A CI trabalha com modelos de franquias baratas, com opções para trabalhar em casa ou em pontos comerciais.

Com expectativa de abrir 20 novas franquias até o final de 2019, a CI tem como principal foco de expansão cidades com mais de 100 mil habitantes.

Conheça os modelos de franquias disponíveis

A CI disponibiliza cinco modelos de franquias, que variam tanto no valor do investimento quanto na estrutura e nos requisitos para instalação.

A franquia home office é a mais barata da rede. Nesse formato, o franqueado trabalha em casa e não precisa contar com ponto comercial nem contratar funcionários. O modelo está disponível para cidades a partir de 50 mil habitantes em que a CI ainda não possui lojas físicas.

O modelo express é a alternativa mais acessível para quem quer trabalhar com um ponto comercial. A modalidade é enxuta e funciona como um corner ou store in store. Com layout customizável, é necessário contar com espaço de 12 metros quadrados e pelo menos um consultor de vendas na equipe, além do franqueado em período parcial. A instalação é indicada para cidades a partir de 50 mil habitantes, em locais como universidades, escolas e agências de viagens.

O modelo office pode ser instalado em pontos comerciais de rua ou escritórios, com espaço mínimo de 15 metros quadrados. A operação deve contar com pelo menos um consultor de vendas, além do franqueado em tempo integral.

A modalidade light também é indicada para lojas de rua e escritórios, em imóveis com espaço mínimo de 25 metros quadrados. Esse formato é voltado para cidades a partir de 100 mil habitantes, e a operação deve contar com pelo menos dois consultores de vendas e o franqueado em tempo integral.

O formato full é o mais completo da CI. Aqui, é necessário contar com um ponto comercial de rua com espaço de, pelo menos, 50 metros quadrados. A equipe de funcionários pede no mínimo quatro consultores de vendas, além do franqueado em tempo integral. Esse modelo é indicado para cidades a partir de 200 mil habitantes.

Saiba se você tem o perfil ideal

De acordo com Henrique Munhoz, para se tornar um franqueado CI é necessário ter idade mínima de 25 anos, ensino superior completo e conhecimento avançado em língua inglesa. Além disso, a franqueadora pede por experiência internacional em educação ou trabalho, conhecimentos em administração de empresas e gestão financeira.

“É preciso ser hands on, saber lidar com pessoas, conflitos, estresse, gerir clientes e trabalhar sob pressão”, acrescenta o gerente de franchising da rede.

Por fim, também é requisito que pelo menos um dos sócios da franquia tenha disponibilidade para dedicar-se exclusivamente ao negócio, com exceção da modalidade home office.

Como saber se sua região comporta uma unidade

Em expansão por todo o Brasil, a CI tem foco de expansão especialmente em cidades acima de 100 mil habitantes. Entretanto, também há oportunidades para cidades menores, a partir de 50 mil habitantes, em alguns dos modelos de negócio da marca.

“As praças e mercados são escolhidos com base no potencial do local; além de análise de perfil social, demográfico e econômico da região”, conta Munhoz.

No site da franquia é possível conferir uma listagem com cidades disponíveis para novas unidades, em todas as regiões do país.

Como é o processo de seleção

O processo de seleção para os interessados em investir em uma franquia CI começa pelo contato através do site da marca. É necessário preencher um formulário de interesse que pede dados pessoais como nome, formas de contato (e-mail, endereço, telefone), documentos, experiência profissional, experiência internacional e idiomas em que tem conhecimento. Também é necessário informar em qual modelo de negócio tem interesse, praça em que deseja instalar a franquia e capital disponível para investir.

Após enviado o cadastro, o candidato tem seu perfil e currículo analisados pela franqueadora. Em seguida, é realizada uma entrevista com o gerente de expansão da CI.

A próxima etapa do processo é a execução do plano de negócios e, então, o candidato passa por um entrevista com a diretoria da empresa. Por fim, o novo franqueado é aprovado pela franqueadora e inicia-se o processo de abertura da franquia.

Franquia CI: vale a pena?

franquia ci

Parte de um mercado com múltiplas oportunidades, a CI é um negócio atrativo para investidores – especialmente para aqueles que buscam por opções de franquias de baixo investimento. A rede permite que os franqueados trabalhem em casa ou em ponto comercial, com diversas modalidades de negócio, o que diversifica o campo de atuação.

Além disso, a marca tem amplo know-how no segmento de intercâmbio e é reconhecida com premiações no franchising.

Ainda assim, quem pensa em abrir uma franquia CI deve colocar todas as informações na ponta do lápis para avaliar se o projeto está alinhado com as expectativas.

As vantagens da franquia CI

“Trata-se da maior empresa de intercâmbio e turismo jovem do país, além de ser a agência mais reconhecida do segmento. A rede foi reconhecida dez vezes com o Selo de Excelência em Franchising da ABF, além de possuir cinco estrelas no prêmio Melhores Franquias do Brasil 2018, realizado pela revista Pequenas Empresas e Grandes Negócios”, destaca Henrique Munhoz.

Conforme informa a empresa, a CI também já recebeu reconhecimento como a melhor agência de intercâmbio pela Viaja São Paulo, melhor agência de intercâmbio da América Latina pelo Star Awards, melhor agência de intercâmbio do Brasil pela Viagem e Turismo e melhor agência de viagem pela Top Educação.

Em termos de investimento, a franquia tem como vantagem trazer oportunidades com estrutura enxuta e baixo custo, a partir de 4 mil reais.

Como é o suporte da franqueadora

De acordo com Munhoz, o franqueado CI recebe suporte total da franqueadora, que o acompanha desde a escolha do ponto comercial e implantação da franquia até a operação da unidade e a administração do negócio.

“Anualmente, a CI organiza duas convenções com a participação dos líderes da franqueadora e de todos os franqueados para a discussão de estratégias e troca de experiências”, completa Munhoz.

A franqueadora também fornece treinamentos contínuos para os franqueados.

Os desafios de ser um franqueado CI

Para ter sucesso no empreendimento, os franqueados devem estar preparados para as demandas do negócio. Munhoz comenta: “buscamos sócio operadores. As atividades são voltadas ao desenvolvimento do mercado local, gestão da unidade franqueada e equipe e geração de vendas”.

Para aqueles que optam pelo modelo de franquia home office, o desafio é manter-se focado no trabalho, criando uma rotina saudável para a operação. Afinal, trabalhar em casa exige capacidade de organização e auto motivação.

Além disso, manter um atendimento com alto padrão de qualidade é fundamental nesse segmento. A experiência dos clientes deve ser positiva desde o primeiro contato com a empresa, e mantida durante todo o processo de intercâmbio e vivência no exterior.

O que os outros franqueados dizem

O relacionamento da CI com seus franqueados parece ser positivo. A rede já recebeu o Selo de Excelência em Franchising da ABF por dez vezes. A chancela é concedida às empresas franqueadoras com base na opinião de seus franqueados.

Para Junior Borges, franqueado da CI Bauru, o mix de produtos da rede é um dos grandes atrativos do negócio.

“Sem dúvidas, posso afirmar que ao longo desses anos, aprendi muito com a CI! Além de ser líder de mercado, o mix de produtos é muito grande e abrangente, o que nos proporciona atingir vários nichos, todos os dias. Isso torna nosso trabalho inovador e desafiante”, conta Borges.

Já para o franqueado Gabriel Casali, da CI Aracaju, estar aliado a uma marca conhecida e com experiência no setor faz toda a diferença para a operação.

“Confesso que fiquei muito surpreso com a aceitação que tivemos durante nosso primeiro ano de operação. A CI por si só já é uma marca bastante renomada, símbolo de qualidade e eficiência, e isso faz toda diferença para nosso sucesso. Desde o início tivemos bastante apoio da matriz, que sempre nos ofereceu um excelente suporte em todo tipo de situação”, afirma Casali.

Uma outra faceta do trabalho na franquia CI é a realização de atuar em um segmento que tem potencial de transformação para os clientes, proporcionando vivências e experiências únicas.

“Trabalhar com intercâmbio é muito mais do que uma experiência profissional. É ver um estudante voltar do High School com outros valores e sentir-se responsável por isso. É viajar o mundo inteiro sem sair do lugar”, opina Juliana Viana, franqueada da CI Juiz de Fora.

Na página da CI no Reclame Aqui nota-se que a maior parte das reclamações publicadas por consumidores está relacionada à insatisfação com o atendimento prestado em alguma das unidades. Com isso, reforça-se a necessidade de que o franqueado tenha cuidado especial na gestão da equipe e no relacionamento com o cliente, desde o momento do orçamento até a conclusão do processo.

O que perguntar a outros franqueados da marca

Antes de fechar negócio, é importante conversar e esclarecer dúvidas não só com a franqueadora, mas também com outros franqueados da marca.

Henrique Munhoz indica que os interessados em abrir uma franquia CI façam as seguintes perguntas aos franqueados da marca:

  • Quais são os altos e baixos do negócio?
  • Como foi o suporte da franqueadora no processo de planejamento e instalação do negócio?
  • Os produtos têm aceitação?
  • Você abriria uma segunda franquia?
  • Suas expectativas foram alcançadas?

No site da CI é possível localizar as lojas por estado e cidade, conferindo horários de funcionamento, endereço e telefone. A Circular de Oferta da Franquia (COF) também deve trazer a listagem completa de franqueados.

DEIXE UMA RESPOSTA