Nos dias de hoje, muita gente tem procurado empreender. Nesse sentido, abrir uma franquia se torna uma opção atrativa: os riscos do negócio são minimizados, já que o franqueado tem acesso a todo know how da franqueadora. Dentre os segmentos possíveis no franchising – e que está em alta no Brasil e no mundo – estão as franquias de games, mercado em plena expansão.

De acordo com informações do Global Games Market Report 2017, estudo da Newzoo sobre o mercado internacional de jogos eletrônicos, em 2017 o Brasil ficou em 13º lugar no ranking de empresas que mais geram receita no setor.

➥ Busca franquias de entretenimento? Confira nosso guia de franquias de brinquedos e diversão

Para que tenha ideia, em todo o mundo o mercado movimentou 108,9 bilhões de dólares em 2017, enquanto que, só no Brasil, esse número foi de 1,3 bilhão de dólares. Já o mercado de arcades de realidade virtual pode chegar ao patamar de 45 bilhões de dólares até 2025, segundo a Grand View Research.

Mas não é só isso. Games são atrativos por natureza e o público que consome esse tipo de produto é um público fiel e apaixonado, que busca novas experiências sempre.

“Com o avanço das gerações, nos encontramos num mercado cada vez maior, não apenas devido à grande evolução que os games passam, mas também devido ao fato de que não apenas crianças e adolescentes fazem uso desse meio de entretenimento, como também os adultos, que já trazem consigo tal hábito desde a infância”, avalia Carlos Diego Oliveira, CEO da GO2 Franquias.

Além disso, trabalhar nessa área é uma ótima oportunidade para os apaixonados pelos jogos e pela tecnologia. Mas, fique ligado, pois é preciso estar atento à gestão do empreendimento para se ter sucesso. “Cuidado com o marketing, esteja à frente quanto aos lançamentos e trabalhe fortemente na fidelização dos clientes”, aconselha Oliveira.

Lembre-se que esse mercado se caracteriza pela constante evolução e inovação. Por isso, é preciso acompanhar as agendas de lançamentos das grandes indústrias de games e informar, com antecedência, através dos canais de relacionamento com seu clientes essas novidades.

Oliveira destaca: “hoje as grandes novidades no mercado brasileiro são lançados simultaneamente com os Estados Unidos e com legenda em português. Isso mostra por que o mercado brasileiro de games é tão fértil e poderoso”.

No entanto, esse ainda é um mercado com preços elevados, principalmente quando falamos em realidade virtual. “O valor investido para ter um kit completo para jogar ainda é alto e o espaço físico necessário para algumas experiências varia de seis a 25 metros quadrados”, conta Marcus Rosier, head de franquias da VR Gamer.

Desse modo, o modelo de negócio de lojas de arcade tem sido apontado internacionalmente como o formato mais viável para se explorar os games em VR nos dias de hoje. “Isso porque ele permite que o entretenimento em realidade virtual se torne acessível a todos os brasileiros em todos os lugares. O próprio varejo já enxerga essa tendência com arcades em shoppings centers”, diz Rosier.

Outro ponto para ficar atento é o mercado paralelo da pirataria. Essa atividade sempre causa dores de cabeça, mas neste segmento pode ser um desafio ainda maior. Por isso, para investir em franquias de games o franqueado deve confiar em seu franqueador e acompanhar as tendências indicadas por ele.

Assim, antes mesmo de o negócio iniciar é importante fazer uma pesquisa de mercado na região onde pretende atuar, considerando também o mercado clandestino. “Estar com seu negócio sempre presente na internet, pelas redes sociais, blogs e sites que tenham conteúdo do gênero é outro ponto importante”, pontua Oliveira.

A seguir, você confere algumas opções de franquias de games. Os dados são divulgados pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) ou pelas empresas.

1Desbravadores

A Desbravadores é uma franquia especializada em airsoft, trabalhando com diferentes modalidades e oferecendo experiências em jogos individuais ou em grupos. São três modelos de franquia: estande de tiro, estande com circuito e CBQ.

Investimento total: R$ 50 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil
Royalties: R$ 2 mil
Faturamento médio: R$ 25 mil
Prazo de retorno: 5 a 6 meses

2Dibinká

Fundado em 2007, o espaço de entretenimento oferece serviços de cuidado de crianças enquanto os pais estão em seus compromissos. Além disso, a empresa permite que festas infantis sejam realizadas no local. Passou a ter franquias em 2013 e conta com uma infinidade de jogos.

Investimento total: R$ 220 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 2,5%
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

3Escape 60

A Escape 60 é uma rede especializada em salas de jogos presenciais interativos, sendo que cada sala pode ter de duas a 16 pessoas participantes. O jogo mistura diversão, desafio e raciocínio rápido, sendo baseado em formas de fuga. Aqui, o jogador precisa escapar de alguma tragédia – fictícia, claro – em apenas uma hora.

Investimento total: a partir de R$ 400 mil
Taxa de franquia: variável conforme estrutura da unidade
Royalties: 10%
Faturamento médio: R$ 50 mil a R$ 250 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

4GEmotion

Lançada em 2017, a GEmotion surgiu no mercado brasileiro investindo em inovação no ramo de entretenimento. Com a experiência de jogos em realidades virtuais, a marca oferece a crianças e adultos a possibilidade de adentrar em diferentes mundos sem sair da poltrona. Os jogos duram cerca de cinco minutos e dependem de apenas um funcionário para operar a máquina.

Investimento total: R$ 100 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil
Royalties: R$ 1 mil
Faturamento médio: R$ 35 mil
Prazo de retorno: 4 a 7 meses

5Gracom School of Visual Effects

A Gracom atua em outro nicho no mercado de games: a escola de efeitos visuais oferece cursos de desenvolvimentos de jogos. A empresa está no mercado há dez anos e é autorizada a oferecer treinamentos com selo de qualidade Adobe, líder mundial em soluções digitais. O Grupo Gracom, ao qual pertence a Gracom, tem em seu portfólio outras duas marcas de franquias, a Tiamate Coffee e a Imugi Educação.

Investimento total: R$ 280 mil a R$ 320 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: não informado
Faturamento médio: R$ 150 mil
Prazo de retorno: não informado

6Pequenos Moleques

Essa é uma empresa que cria espaços de interação e brincadeiras educativas em shoppings, para que as crianças se divirtam e aprendam enquanto os pais fazem compras. O espaço chega a receber até 1,5 mil crianças por mês e conta com casa na árvore, campo de futebol, tabela de basquete, áreas para maquiagem, marcenaria e brinquedoteca.

Investimento inicial: a partir de R$ 330 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 8%
Faturamento médio: R$ 70 mil a R$ 120 mil
Prazo de retorno: a partir de 26 meses

7SuperGeeks

Fundada em 2014, a SuperGeeks é uma escola de programação e robótica para crianças e adolescentes.  Os alunos fazem cursos para aprender Ciência da Computação, a partir do desenvolvimento de games, do conhecimento em Robótica, Realidade Virtual e Aumentada, Inteligência Artificial e também por meio da criação de aplicativos e sistemas web, incluindo questões de redes de computadores e servidores.

Investimento total: R$ 22 mil a R$ 170 mil
Taxa de franquia: R$ 5 mil a R$ 30 mil
Royalties: 5% a 10%
Faturamento médio: R$ 40 mil a R$ 70 mil
Prazo de retorno: 8 a 24 meses

8Uz Games

A loja de games que vem crescendo a passos largos foi fundada em 1984 e em 2008 resolver expandir o negócio por meio de redes de franquias. Atua no mercado varejista de games e entretenimento.

Investimento total: R$ 95 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: não informado
Faturamento médio: R$ 150 mil
Prazo de retorno: 24 meses

9Lends Club

A Lends Club Tabuleiria é uma rede de bar & café com jogos de tabuleiros. Pioneira no Sul do Brasil e a primeira franquia do ramo, a Lends leva diversão inteligente a centenas de pessoas mensalmente. Além da loja física, o franqueado Lends Club também presta os mais diversos serviços utilizando os jogos como ferramenta, de gameficação a treinamento de professores.

Investimento total: R$ 108 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil
Royalties: 6%
Faturamento médio: R$ 25 mil
Prazo de retorno: 28 meses

10VR Gamer

Loja de arcade de realidade virtual, conta com equipamentos que permitem aos visitantes se locomoverem livremente e terem uma experiência totalmente imersiva no jogo. Atualmente tem duas lojas, além de uma arena itinerante.

Investimento total: a partir de R$ 170 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: não informado
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

COMPARTILHE
Artigo anteriorFeira de franquias da ABF começa amanhã, em São Paulo
Próximo artigoMaisLaser entra no mercado com franquia de depilação
Graduada em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduanda em Gestão de Marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing, sua paixão é escrever e tem curiosidade sobre os mais diversos temas. Já trabalhou em editorias de entretenimento, esportes, saúde, bem-estar, PME e gestão de carreiras.

DEIXE UMA RESPOSTA