* Este é um conteúdo publieditorial, patrocinado pela empresa anunciante.Você já pensou em expandir por franquias? Se a resposta é sim, você não o único. Uma pesquisa feita pela Endeavor demonstrou que franquear é um dos caminhos mais buscados pelos empreendedores que estão procurando caminhos para a expansão da marca.

Em seu perfil no Twitter, a Endeavor perguntou para os seus mais de 112 mil seguidores: “Quando você pensa em expandir seu negócio, qual o primeiro modelo que vem à sua mente?” e a opção “abrir uma franquia” foi a escolhida por 18% dos seguidores, ficando atrás apenas de “abrir outra unidade”. As outras opções eram “fusão ou aquisição” e “licenciar seu produto”.

pesquisa endeavor

Embora informal, o levantamento da Endeavor mostra que muitos empreendedores já estão cientes que o franchising é uma opção bastante atraente para marcas que querem crescer.

➥ Quer ter uma franquia de sucesso? Confira nosso manual e saiba como acelerar a expansão da sua franquia

Para quem faz parte desse grupo de empresários que pensa em expandir por franquias, é importante analisar o cenário do franchising para descobrir se esse é realmente o mercado ideal para você.

Vantagens de expandir por franquias

Possibilidade de alcançar outras praças: passar rapidamente de um negócio local para uma rede conhecida em território nacional faz uma diferença imensa no reconhecimento da marca e pode ser fundamental para o negócio.

Conquistar um público maior: mais pessoas comprando significa, imediatamente, um maior faturamento para a marca. E que empresa não quer uma receita maior?

Aumento no faturamento indiretamente: além do aumento de vendas diretas, através dos franqueados, a franqueadora ainda recebe royalties e outras taxas pelo uso do nome e transmissão do know-how.

Economia de recursos: como o investimento e a gestão estão sob responsabilidade do franqueado, a franqueadora pode poupar os recursos próprios.

Desafios de expandir por franquias

Menor controle: a franqueadora precisa tomar muito cuidado para estar sempre por dentro do desempenho da franquia, antever problemas e manter a padronização.

Perda de sigilo: como o franqueado vai reproduzir seus produtos e serviços em sua unidade, o fundador deve dividir o seu know-how e os seus “segredos” que o diferenciam dos concorrentes. Muitas empresas ainda não lidam bem com isso.

Maior risco: quando uma unidade fracassa também podem haver sério danos financeiros e de imagem para a marca. É aí que está a importância de escolher muito bem quem vai carregar o nome do seu negócio e proporcionar treinamento e suporte de qualidade.

O que avaliar antes de começar a expansão

Viabilidade mercadológica: o primeiro passo é fazer um estudo de viabilidade da franquia. Analise se o mercado tem espaço para unidades de uma franquia da sua marca e pode haver uma boa aceitação, tanto por parte dos franqueados quanto do público consumidor.

Estrutura do negócio: avalie se o negócio tem estrutura para atrair interessados, negociar e ensinar como vocês operam o negócio. A estrutura administrativa deve ser sólida e ter departamentos de marketing, operação, vendas muito bem organizadas para que o negócio dê certo.

Fundo de investimento: expandir por franquias vai exigir investimento em setores como o de marketing, vendas e treinamento. Esse orçamento deve caber no bolso da empresa sem gerar prejuízos ou comprometer sua saúde financeira.

Modelos de negócios: comece a delinear os modelos de negócio considerando: formato (quiosque, loja física, loja itinerante, franquia home based etc.), espaço e estrutura exigida, identidade visual, quais produtos serão vendidos, número de funcionários e todos os elementos que vão compor cada unidade.

Perfil de franqueado: em seguida é preciso definir um perfil de franqueado ideal. Levante as características que são fundamentais para que o negócio seja bem gerenciado, tanto no que tange ao quesito psicológico e ético quando ao técnico e acadêmico.

Praças desejadas: liste as cidades e estados no qual deseja atuar. Aqui, você pode escolher pela expansão espiral, em que todas as unidades estão próximas, ou pela expansão dispersa, que leva em consideração fatores como perfil de público ao invés da proximidade geográfica.

Treinamento e suporte: defina quais serão os pontos mais importantes do treinamento, quem vai ministra-lo e como. Escolha também os canais de suporte e qual será a dinâmica do atendimento.

Valor das franquias: com todos os itens da franquia listados, calcule o preço de comercialização de cada modelo de negócio.

Decidi franquear, e agora?

Depois de considerar todos os pontos positivos e negativos e fazer a análise de viabilidade, você escolheu investir franquias? Então o próximo passo é formatar os modelos de negócio que serão comercializados e planejar a expansão.

Nesse sentido, é sempre bom contar com quem já tem experiência no mercado de franquias, entende franqueadoras e franqueados e pode dar um suporte completo em todas as áreas que as marcas precisam, não é mesmo? Esse é o Solutto!

O módulo de Expansão de Franquias do Solutto foi especialmente desenvolvido para combinar processos, metodologias e tecnologias que vão ajudar a sua marca a se destacar no franchising. Aqui, o Solutto dará suporte nas tarefas relacionadas à atração, seleção e nutrição de potenciais franqueados, negociação e fechamento de contratos e na análise dos resultados.

Como é um sistema de gestão modular, você ainda poderá escolher acrescentar ferramenta que vão auxiliar no suporte aos franqueados (como o módulo de Universidade Corporativa e Consultoria de Campo), agilizar as compras e vendas (como o PDV para Franquias de Varejo e a Central de Compras), e organizar as finanças.

DEIXE UMA RESPOSTA