O segmento de negócios e prestação de serviços para empresas atrai diversos profissionais. Com alta demanda, esse mercado ainda oferece possibilidade de trabalhar em casa e com horários flexíveis. É o caso da franquia Studio Fiscal.

Parte do Grupo Studio, a Studio Fiscal é especializada em auditoria fiscal e planejamento tributário. Há mais de 18 anos no mercado, a empresa conta hoje com 110 unidades ativas em todo o país e tem planos para continuar expandindo por meio de franchising.

Atendendo a empresas de todos os portes e segmentos, a Studio tem como principal objetivo melhorar o fluxo de caixa atual e futuro de seus clientes, promovendo a redução da carga tributária. Entre os serviços oferecidos pela rede estão planejamento tributário, revisão de tributos federais e indiretos, mapa fiscal e consultoria.

O mercado tem potencial. “No Brasil existem mais de 17.924.540 empresas, e 95% delas pagam mais impostos do que deveriam”, afirma José Francisco Braccini Neto, Diretor de Expansão da Studio Fiscal.

Além disso, o setor de serviços tem apresentado um bom desempenho constante dentro do franchising. De acordo com dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), as franquias de serviços e outros negócios cresceram 9% no primeiro semestre de 2017. O faturamento do segmento ultrapassou os 10 bilhões de reais nesse período.

Trabalhando neste ramo, os empreendedores geralmente não precisam dispor de um ponto comercial específico para a franquia, podendo atuar em home office ou escritórios compartilhados. Além disso, algumas redes permitem que a franquia seja um complemento aos serviços de uma empresa já constituída, o que possibilita a ampliação dos negócios de profissionais que já estão nessa área.

Com três modelos de franquia, a Studio Fiscal atende esses perfis de investidores, oferecendo tanto a oportunidade de um trabalho dedicado completamente à franquia quanto a atuação conjunta com outros negócios do franqueado.

Nesta matéria, você encontra informações sobre como abrir e quanto custa uma franquia Studio Fiscal (se quiser pegar um atalho, basta usar os links do menu a seguir para ir direto ao assunto que mais lhe interessa).

Quanto custa uma franquia Studio Fiscal

franquia studio fiscal

Para se tornar um franqueado Studio Fiscal, o investimento parte de 123,27 mil reais e vai até 295,03 mil reais – o capital necessário varia conforme o modelo da franquia.

Embora o capital de giro necessário para cada modelo varie, partindo de 33,27 mil reais, a taxa de franquia é comum a todos os formatos: entre 90 mil reais e 120 mil reais. A taxa de royalties também é a mesma para os três modelos, com valor fixo aproximado de 2,1 mil reais mensais. A rede não cobra taxa de propaganda.

Já o custo de instalação não é estabelecido pela franqueadora. “Os modelos de negócio Studio Fiscal não possuem obrigatoriedade de estrutura física ou funcionários, ficando como opcional para o franqueado este investimento”, explica José Francisco Braccini Neto.

De acordo com Neto, a Studio conta com formas de parcelamento para diferentes perfis de investimento, além de possuir modelo de financiamento próprio e convênios bancários com linhas específicas destinadas a franquias.

A franquia deve atingir o ponto de equilíbrio em 12 ou 13 meses após o início das operações.

Qual o valor de uma franquia Studio Fiscal?

Com investimento a partir de 123,27 mil reais, a Studio Fiscal dispõe de três modelos de franquia: Investor, Concept e Shop in Shop. Confira os detalhes de investimento de cada formato a seguir, conforme dados informados pela própria rede.

Investor

Com investimento de 295,03 mil reais, o modelo Investor é o que exige capital mais elevado entre os modelos da Studio, mas é também o que mais fatura: em média, 84,08 mil reais, com rentabilidade de 16,6%. O capital de giro estimado para esse formato é de 165,03 mil reais, aproximadamente.

Investimento total: R$ 295,03 mil
Taxa de franquia: R$ 90 mil a R$ 120 mil
Royalties: R$ 2.159,96 fixo
Faturamento médio: R$ 84,08 mil
Prazo de retorno: 18 a 20 meses

Concept

O modelo de franquia Concept tem investimento de 202,57 mil reais, considerando um capital de giro de 82,57 mil reais. O faturamento médio deste formato é de 24,65 mil reais, com rentabilidade mensal de 6,4%.

Investimento total: R$ 202,57 mil
Taxa de franquia: R$ 90 mil a R$ 120 mil
Royalties: R$ 2.159,96 fixo
Faturamento médio: R$ 24,65 mil
Prazo de retorno: 22 a 24 meses

Shop in Shop

O modelo Shop in Shop é o modelo mais barato da Studio Fiscal, com investimento de 123,27 mil reais. O capital de giro para esse formato é de 33,27 mil reais. Já o faturamento fica com média de 20,93 mil reais, e a rentabilidade é de 6,8% mensal.

Investimento total: R$ 123,27 mil
Taxa de franquia: R$ 90 mil a R$ 120 mil
Royalties: R$ 2.159,96 fixo
Faturamento médio: R$ 20,93 mil
Prazo de retorno: 18 a 20 meses

Qual o faturamento de uma franquia Studio Fiscal?

De acordo com informações da rede, o faturamento de uma franquia Studio Fiscal varia conforme o modelo, ficando entre, aproximadamente, 20 mil reais e 84 mil reais.

Qual o lucro de uma franquia Studio Fiscal?

A lucratividade e a rentabilidade das franquias também variam de acordo com o modelo, segundo informado pela empresa. Para o modelo Investor, o lucro médio mensal é de 63,2 mil reais, e a taxa de rentabilidade de 16,6%. Para o modelo Concept esses números são de 15,8 mil reais de lucro e 6,4% de rentabilidade. Já para as franquias Shop in Shop a lucratividade é média é de 10,9 mil reais, com rentabilidade estimada em 6,8%.

Compare os números de Studio Fiscal com outras franquias de negócios

Confira os dados de investimento de outras franquias de negócios e consultorias e compare com os números de Studio Fiscal. As informações foram fornecidas pelas empresas.

ERA

Investimento total: R$ 150 mil
Taxa de franquia: R$ 120 mil
Royalties: 18%
Faturamento médio: R$ 15 mil
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

WeAudit

Investimento total: R$ 55 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil
Royalties: R$ 937
Faturamento médio: R$ 370,8 (a partir do quinto ano)
Prazo de retorno: 12 meses

Valor Negócios

Investimento total: R$ 9,9 mil a R$ 35 mil
Taxa de franquia: R$ 9,9 mil a R$ 20 mil
Royalties: 10% a 15% da renda bruta
Faturamento médio: R$ 25 mil a R$ 35 mil
Prazo de retorno: 12 a 18 meses

GGV Consultoria Empresarial

Investimento total: R$ 60 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil
Royalties: 30% sobre o valor dos projetos
Faturamento médio: R$ 15 mil
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

Inovação Consultoria

Investimento total: R$ 39 mil a R$ 145 mil
Taxa de franquia: R$ 39 mil a R$ 139 mil
Royalties: R$ 850
Faturamento médio: R$ 60 mil
Prazo de retorno: 6 a 18 meses

Como abrir uma franquia Studio Fiscal

Todo o processo para se tornar um franqueado Studio Fiscal é feito de forma próxima com os consultores da equipe de expansão da marca – desde a definição do modelo de franquia mais adequado até o detalhamento do processo operacional.

Com modelos de negócio que não exigem ponto comercial, a franquia atende um mercado com demanda em todo o país, independente da região. Assim, há oportunidades para novas franquias em diversas localidades.

Para este ano, o projeto de expansão da Studio é ambicioso: a meta da rede é alcançar 200 novas unidades até o final de 2018.

Conheça os modelos de franquias disponíveis

A Studio Fiscal disponibiliza três modelos de franquias, estruturados para diferentes perfis de investidores: Investor, Concept e Shop in Shop.

O modelo Investor é destinado a empreendedores com maior capacidade de investimento e que não vão atuar diretamente na unidade franqueada. Neste formato, está prevista a contratação de consultores e a central de agendamentos para marcar visitas, com o objetivo de otimizar o fechamento de contratos. Dessa forma, esse é o modelo que promete maior rentabilidade ao franqueado.

Já o modelo Concept é ideal para empreendedores que pretendem se dedicar exclusivamente à franquia. Aqui, o próprio franqueado atua na atividade comercial da franquia, contando também com a central de agendamentos para potencializar as visitas às empresas cadastradas.

Com investimento reduzido, o modelo Shop in Shop segue o conceito de “um negócio dentro de outro”. O formato foi desenvolvido para instalação em escritórios e outros negócios, possibilitando que o franqueado alie à franquia a outra ocupação. “A comercialização dos serviços é facilitada por se dar principalmente nos clientes existentes em carteira, reduzindo assim o esforço e investimentos em prospecção de novos clientes, o que também é possível nesse modelo”, explica Neto.

Os três modelos da franquia não têm obrigatoriedade de ponto comercial próprio, e o franqueado pode trabalhar em home office.

Saiba se você tem o perfil ideal

De acordo com o diretor de expansão da rede, “a Studio Fiscal é uma franquia indicada para advogados, contadores, bancários, empresários e executivos que já atuam ou desejam atuar no fechamento de contratos nas empresas”.

Além disso, o networking com diretores e decisores de empresas de médio a grande porte também é um elemento que auxilia no sucesso do negócio.

Vale lembrar ainda que visitar empresas, apresentar os serviços da franquia e fechar novos contratos é uma das principais atividades do franqueado; portanto, ter habilidade comercial, boa comunicação e relacionamento interpessoal também são características valiosas.

Não é necessário ter conhecimento técnico na área.

Como saber se sua região comporta uma unidade

Atualmente, os planos de expansão da Studio Fiscal não estão focados em regiões específicas e há oportunidades para novos franqueados em todo o país.

“Tendo em vista que existe uma vasta gama de empresas que são potenciais clientes dos nossos serviços em todo o Brasil, todas as regiões são aptas a receber unidades”, afirma Neto.

O franqueado tem atuação estadual, podendo prospectar empresas para atendimento em toda sua unidade federativa. Assim, é possível abrir uma unidade mesmo em cidades pequenas.

“Cidades próximas a polos industriais, que possuam redes de supermercados, transportadoras, montadoras, indústrias de modo geral são regiões com enorme potencial. Por isso, o porte do município não chega a ser relevante”, completa o diretor de expansão.

Como é o processo de seleção

O primeiro passo para se tornar um franqueado Studio Fiscal é entrar em contato com a rede, manifestando o interesse pela franquia. É possível fazer isso através do site da franquia, preenchendo um formulário de cadastro. O formulário pede informações básicas: nome, telefone, e-mail, cidade, profissão e capital disponível para investir.

Depois de enviado o cadastro, a equipe de expansão da franquia em contato com o candidato para prosseguir com o processo seletivo.

“O processo de seleção do franqueado Studio Fiscal inicia-se por meio de conferências e reuniões com a equipe de expansão, onde os consultores irão identificar o modelo de franquia adequado ao perfil do interessado. Alinhando essas expectativas, são apresentados os potenciais resultados por meio de simulações de acordo com o que foi levantado nas reuniões”, conta Neto.

Nesse momento, a equipe também passa informações detalhadas sobre a atuação do franqueado no negócio, explicando todo o processo operacional e as funções na franquia.

Por fim, o franqueado recebe os treinamentos e capacitações para iniciar a operação da nova unidade.

Franquia Studio Fiscal: vale a pena?

Permitindo que o franqueado trabalhe em casa ou que agregue a franquia a seu trabalho principal, a Studio Fiscal é um negócio atrativo no segmento de franquias de negócios.

Com o objetivo de proporcionar aos clientes atendidos aumento de fluxo de caixa e redução de impostos, a rede atua em um mercado com alto potencial e pode atender empresas de setores diversos. São mais de 18 anos de atuação e mais de 3 mil clientes atendidos.

A rede ainda promete ao franqueado um bom retorno, podendo chegar a uma rentabilidade de 16,6%.

Considerando tudo isso, o interessado deve avaliar se o negócio é realmente adequado a seu perfil, além de verificar se as estimativas de faturamento e lucratividade da franquia estão de acordo com suas expectativas.

As vantagens da franquia Studio Fiscal

Para Neto, uma das principais vantagens da rede é seu posicionamento no mercado. “A Studio Fiscal, além de pioneira, possui a maior rede do segmento de revisão de tributos. Isso possibilitou cases de sucesso e recomendações de clientes de vários segmentos, o que facilita no fechamento de novos contratos por parte do franqueado”, destaca.

Além disso, Neto aponta que os créditos levantados nunca foram glosados pela Receita Federal, em mais de 4 mil trabalhos já realizados pela rede.

O suporte da franqueadora também é considerado uma vantagem pelo diretor de expansão. Recebendo treinamentos e suporte contínuo, o franqueado pode contar com uma equipe de mais de 250 profissionais multidisciplinares para apoio.

Como é o suporte da franqueadora

O suporte oferecido pela Studio Fiscal começa já no momento do processo seletivo, quando os consultores auxiliam na identificação do melhor modelo de franquia para cada investidor. Com a primeira etapa concluída, o franqueado recebe o treinamento inicial, que é presencial.

“Após iniciadas as atividades, a franqueadora disponibiliza um consultor para fazer o acompanhamento da unidade e prestar todo o suporte necessário”, conta Neto. Além disso, a rede oferece materiais e treinamentos EAD periódicos, além de possibilitar que o franqueado tire certificações avançadas.

“A Studio Fiscal conta com suporte personalizado para cada perfil de franqueado, proporcionando um modelo de atendimento proativo e que auxilia no atingimento dos objetivos, colocando-se sempre à disposição apoiar nas rotinas da unidade franqueada”, afirma o diretor de expansão.

Os desafios de ser um franqueado Studio Fiscal

“O franqueado tem como parte de sua rotina selecionar empresas que irá prospectar e cadastrá-las no software de gestão de clientes CRM, realizar reuniões para a apresentação dos serviços visando assinaturas de contrato, e com auxílio de uma equipe da franqueadora, coletar toda a documentação necessária para a realização do trabalho”, explica Neto.

De acordo com o diretor de expansão, um dos grandes desafios do franqueado Studio Fiscal está na atividade comercial. “Um dos principais fatores para ter sucesso na franquia é a dedicação ao negócio. Quanto maior for o número de visitas realizadas maior será a chance de atingir seus objetivos”, pontua.

Assim, é fundamental que o franqueado se dedique à composição da carteira de clientes, mantendo um bom relacionamento com os sócios e buscando capacitação constante.

O que os outros franqueados dizem

Para o franqueado Felipe Pereira, o campo de atuação da franquia é um mercado com alto potencial, o que contribui para o sucesso do negócio.

“É um trabalho muito interessante, a Studio Fiscal entrou em uma área pouco explorada do mercado. O meu melhor case gerou uma economia de 6 milhões de reais para uma fábrica de Pernambuco”, revela Pereira.

Segundo o advogado Gilberto Jacob, a franquia foi uma forma de impulsionar seus negócios. “Ampliei minhas possibilidades profissionais. Em 18 meses geramos mais de 7 milhões de reais em economia aos meus clientes”, afirma o franqueado, que atua no Paraná.

Já para o contador José Antonio Gutierrez, o suporte recebido fez a diferença no desempenho da franquia. “Com o suporte e orientações da franqueadora pude fechar 50 contratos com um grande grupo empresarial em uma única negociação”, comenta o franqueado de São Paulo.

A página da Studio Fiscal no Reclame Aqui registra apenas duas reclamações de consumidores, ambas atendidas pela empresa.

O que perguntar a outros franqueados da marca

Antes de fechar negócio, além de esclarecer dúvidas com a própria franqueadora, é importante que o candidato procure outros franqueados da rede para fazer perguntas relacionadas às promessas feitas pela rede e ao andamento do negócio.

“O interessado em adquirir a franquia pode perguntar a franqueados da rede sobre o retorno financeiro obtido com a Studio Fiscal, e principalmente sobre todo o suporte que recebeu da franqueadora desde a venda até os primeiros recebíveis”, indica Neto.

A listagem completa dos franqueados com seus contatos deve estar contida na Circular de Oferta da Franquia.

 

Se preferir, cadastre-se para saber mais sobre esta franquia:

1 COMENTÁRIO

  1. Uma das melhores franquias que já conheci, extremamente rentável e de fácil gerenciamento pois toda parte técnica fica com a franqueadora e não precisa ter local físico comercial.

    Recomendo à todos que queiram empreender!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA