O franchising ganha cada vez mais força no Brasil e a ampliação do setor chega a todas as regiões. Por conta da expansão generalizada, quem busca por franquias para a região Norte encontra boas opções de negócios, além de notar um crescimento nas oportunidades para franqueados dessa localidade.

Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o Norte é a região com menor participação no setor de franquias nacional. No segundo trimestre de 2017, o faturamento da região representou 4,9% do total do faturamento de franquias no país.

“Quando temos uma região com baixa participação de franchising podemos ver aí uma grande oportunidade a longo prazo”, afirma Mércia Machado Vergili, consultora da GSPP.

De fato, a participação do Norte no setor de franquias cresceu: no segundo trimestre de 2015, a região registrou uma participação de 3,8% no franchising, ainda segundo dados da ABF. Além disso, a Associação apurou que Manaus é o 13º município com o maior número de unidades de franquias do país – são mais de 730 unidades na capital do Amazonas.

A tendência é que, com a expansão do setor de franchising por todo o Brasil, mais marcas busquem por oportunidades de negócio na região – especialmente porque o Norte tem apresentado bom desempenho econômico.

De acordo com dados do IBGE e do estudo Tendências Consultoria, a região foi a menos afetada pela crise financeira sofrida pelo Brasil nos últimos anos. A queda acumulada do PIB no Norte foi de 5% em dois anos (2015 e 2016), índice menor que a média nacional. A projeção é de que a região se recupere já no final deste ano.

Muitas redes já iniciaram a expansão no Norte e têm como meta abrir novas unidades na maior região do país. É possível encontrar oportunidades de negócios em segmentos variados, com modelos que vão desde franquias baratas, com formato enxuto, até formatos mais completos, com investimento mais elevado.

Empreendedores dos estados do Amazonas, Acre, Amapá, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins devem ser cuidadosos na escolha da rede para investir. Segundo Mércia, regiões que ainda contam com poucas franquias tendem a ser mais fortes nos empreendimentos individuais.

“Muitas vezes essas regiões costumam ser abastecidas por comércios locais e o público pode ficar um pouco reticente em aceitar novidades. Por isso, é preciso conhecer o local e levar negócios que gerem soluções aos moradores”, aconselha a consultora.

Assim, o primeiro ponto na hora de decidir o melhor negócio é avaliar os tipos de serviços e produtos que a marca oferece. Algumas redes trabalham com adaptações para a cultura regional – como franquias de alimentação que adequam o cardápio, por exemplo. Essa pode ser uma boa solução para facilitar a aceitação do público local.

Outro ponto de atenção deve ser o suporte da rede. Quem está distante da sede da franqueadora deve conferir se a qualidade do suporte e do treinamento disponibilizado para sua região é satisfatória. Aqui, vale procurar outros franqueados da região para checar como tudo isso funciona na prática. Se a rede ainda não tem franqueados no Norte, procure conversar com outros franqueados que estejam distantes da sede em outras regiões do país e pergunte à franqueadora quais são as estratégias para sua localidade.

A seguir você confere algumas redes de franquias que estão em busca de novos franqueados no Norte do país ou que têm sede em estados da região. Os dados de investimento são informados pelas empresas ou divulgados pela ABF.

1Acqio

Especialista em soluções de pagamento eletrônico, a Acqio tem como principal produto a máquina de cartão de crédito e débito. Com sistema de franquia home based, a rede já é uma das maiores do país em número de unidades (são mais de 450 franquias) e busca novos franqueados nos estados do Norte do Brasil.

Investimento total: R$ 7,49 mil
Taxa de franquia: R$ 6,49 mil
Royalties: ½ salário mínimo
Faturamento médio: R$ 4,5 mil
Prazo de retorno: 4 a 12 meses

2Bidon

A Bidon é uma rede de corretoras de seguros que trabalha com alguns dos principais produtos do mercado – seguro de vida, de veículos, de viagem, saúde, empresarial, entre outros. A franqueadora disponibiliza dois modelos de franquias (home office e escritório comercial) e busca franqueados em cidades acima de 50 mil habitantes na região Norte.

Investimento total: R$ 11,99 mil a R$ 21,99 mil
Taxa de franquia: R$ 9,99 mil
Royalties: R$ 200
Faturamento médio: R$ 50 mil
Prazo de retorno: 3 a 12 meses

3Mania de Passar

A Mania de Passar é uma rede de franquias de serviços domésticos que oferece aos clientes serviços de passadoria, coletando e entregando as roupas na casa dos contratantes. Com mais de 75 unidades ativas, a rede já conta com uma unidade em Manaus e tem oportunidades para outras localidades na região.

Investimento total: R$ 15 mil
Taxa de franquia: R$ 10,9 mil
Royalties: R$ 400 ou 10% do faturamento
Faturamento médio: R$ 4,5 mil
Prazo de retorno: até 12 meses

4Decoramax

Com sede no estado de Rondônia, a Decoramax é uma rede que atua no setor de casa e construção, especializando-se na venda de papel de parede, com ampla variedade de estampas, cores e padronagens. As franquias têm modelo de loja e exigem espaço a partir de 50 metros quadrados para instalação.

Investimento total: R$ 76,5 mil a R$ 124,5 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 13 a 24 meses

5BonaSecco

A rede de lavanderias com tecnologia italiana oferece quatro modelos de negócio aos investidores: três formatos de loja e o formato de ponto de coleta. Contando com 30 unidades em operação em todo o país, a marca pretende abrir três novas unidades na região Norte.

Investimento total: a partir de R$ 109
Taxa de franquia: R$ 24 mil a R$ 40 mil
Royalties: 4,5%
Faturamento médio: R$ 40 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

6EcoHidro

A EcoHidro é uma rede de franquias de serviços com soluções de controle de pragas (desinsetização, descupinização, desratização), higienização de reservatórios e de poços. A franquia pede área a partir de 100 metros quadrados, e o valor de investimento inicial abarca taxa de franquia, capital de giro, instalação, equipamentos e estoque inicial. A EcoHidro tem sede no estado do Pará.

Investimento total: R$ 120 mil a R$ 205 mil
Taxa de franquia: R$ 60 mil a R$ 80 mil
Royalties: R$ 20 mil
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 15 a 24 meses

7Fórmula Animal

A Fórmula Animal é uma rede especializada na manipulação de medicamentos e outros produtos veterinários, atendendo a gatos, cachorros, cavalos e animais silvestres. Atualmente, a marca conta com unidades no Acre e no Tocantins e busca novos franqueados na região.

Investimento total: R$ 145 mil a R$ 240 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil
Royalties: 6%
Faturamento médio: R$ 45 mil
Prazo de retorno: 36 a 48 meses

8Pastore

Em busca de franqueados em todo o Brasil, a Pastore é uma rede especializada na venda de produtos para casa, construção, eletrônicos e informática – são 4 mil itens de diversas marcas no portfólio. As franquias são no modelo loja.

Investimento total: R$ 185 mil a R$ 239 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: não informado
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 18 meses

9GOU Odonto

A GOU Odonto é uma rede de franquias odontológicas que oferece tratamentos dentais como clareamento, bichectomia, ortodontia, entre outros. O plano de expansão para 2018 prevê a comercialização de 20 novas franquias, com oportunidades para cidades de diferentes portes – inclusive com menos de 20 mil habitantes.

Investimento total: R$ 200 mil a R$ 340 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil a R$ 49 mil
Royalties: 8% do faturamento
Faturamento médio: R$ 40 mil a R$ 140 mil
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

10DrogaVET

A DrogaVET é uma rede de farmácias de manipulação veterinária, com foco na produção de medicamentos para prevenção e tratamento da saúde dos animais. Com 35 unidades ativas, a rede pretende chegar a 50 lojas até o fim do ano e deve focar a expansão no Norte no segundo semestre.

Investimento total: a partir de R$ 250 mil
Taxa de franquia: R$ 55 mil + impostos (5%)
Royalties: a partir de R$ 2,5 mil
Faturamento médio: R$ 60 mil a R$ 100 mil
Prazo de retorno: a partir de 30 meses

11Urban Arts

A Urban Arts é uma franquia que atua no segmento de casa e decoração, trabalhando com a venda de itens variados (almofadas, pôsteres, camisetas, lambe-lambe etc.) com design de artistas. A rede já conta com uma unidade no Tocantins e busca ampliar sua presença no país.

Investimento total: R$ 240 mil a R$ 380 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil
Royalties: 10% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 108 mil
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

12Acesso Saúde

A Acesso Saúde é uma rede de franquia de clínicas médicas populares que tem como proposta atender a população que não possui plano de saúde, oferecendo consultas e exames médicos a preços acessíveis. Para 2018, o plano de expansão da marca abrange capitais e cidades do interior, com a meta de abrir dez novas unidades em cada região do país, incluindo o Norte.

Investimento total: R$ 270 mil a R$ 470 mil
Taxa de franquia: R$ 120 mil
Royalties: 5%
Faturamento médio: R$ 200 mil a R$ 300 mil
Prazo de retorno: 12 a 18 meses

13Croasonho

A Croasonho é uma rede de franquias especializada na venda de croissants recheados, além de outros pratos e bebidas. São três modelos de negócio disponíveis: loja, Croasonho Clássicos e container. A região Norte faz parte do plano de expansão da rede, que busca principalmente oportunidades em cidades com mais de 300 mil habitantes, localizadas em grandes centros urbanos.

Investimento total: a partir de R$ 370 mil
Taxa de franquia: R$ 35 mil a R$ 65 mil
Royalties: 4% do faturamento bruto
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

14Sodiê Doces

A Sodiê Doces é uma rede de franquias de bolos, com um mix de produto diverso: são mais de 90 opções de sabores de bolos, entre bolos recheados, caseiros, sem lactose e zero açúcar. Os modelos de franquia são de loja ou ponto de venda e há oportunidades para franqueados em cidades a partir de 85 mil habitantes.

Investimento total: R$ 450 mil
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Royalties: 6% sobre faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 50 mil a R$ 150 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA