Investir em moda pode ser um bom negócio. As franquias de calçados são uma opção interessante para quem quer entrar nesse ramo: com modelos bem estruturados, as redes oferecem aos franqueados mais segurança e acesso a marcas consolidadas.

Se você pensa em investir nessa área, vai encontrar nesta matéria informações sobre o mercado de sapatos e moda no Brasil. Além disso, você conhece opções de franquias de calçados para conhecer – tem redes voltadas para o público feminino, masculino, infantil e multimarcas. Boa leitura!

➥ Busca franquias de calçados? Confira nosso guia de franquias de acessórios (com valores de investimento)

O mercado calçadista está em um momento de recuperação da crise econômica. O varejo de calçados, tecidos e vestuário fechou o ano de 2018 com baixa de 1,6%, segundo dados do IBGE. A expectativa é de uma recuperação gradual para 2019, segundo informa a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados).

A exportação é um dos fatores que puxa a recuperação do setor de calçados. Ainda de acordo com a Abicalçados, em 2019 já foram comercializados 26 milhões de pares de calçados no exterior, gerando uma receita de 183,7 milhões de dólares. A alta foi de 26% no volume de pares e de 16% em receitas.

Apesar do momento complicado vivido pelo mercado calçadista no ano passado, o setor de franquias de moda encerrou 2018 com saldo positivo. Dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF) apontam para um crescimento de 4,9% em faturamento para as franquias do setor, que movimentaram mais de 22,9 bilhões de reais no ano passado.

Além da alta no faturamento, as franquias de moda também cresceram em número de unidades. De acordo com a ABF, o aumento das unidades de franquias do segmento foi de 7,6% – o segundo melhor desempenho entre os setores do franchising, ficando atrás apenas das franquias de turismo (com crescimento de 8,1%).

Investindo em franquias de calçados

Para quem vai investir em franquias de calçados, é fundamental acertar na escolha da marca. Cada franquia vai trabalhar com um tipo de público e conseguir identificar quem é esse público é algo crucial para acertar na escolha da rede.

Assim, o primeiro passo é observar com atenção o mix de produtos, a comunicação da marca e as faixas de preço praticadas. Há redes que atendem exclusivamente o público feminino, por exemplo, assim como há marcas especializadas em calçados masculinos ou infantis. Os preços também fazem com que o público mude: algumas franquias atuam com marcas de luxo, outras buscam oferecer preços mais acessíveis para atrair consumidores das classes C e D, por exemplo.

Conhecendo o público, o investidor consegue selecionar também o ponto comercial ideal para a franquia de calçados escolhida. Nesse ramo, a localização da loja pode fazer toda a diferença no desempenho do negócio. Afinal, é preciso ter em mente que a compra de calçados e acessórios de moda é feita, frequentemente, por impulso. Portanto, na avaliação da marca, também vale conferir se o layout da loja é atrativo para despertar o interesse do consumidor.

A amplitude do mix de produtos é outro ponto de atenção. Verifique se a marca trabalha com algum outro produto além de calçados (como bolsas e outros acessórios, ou mesmo peças de vestuário). Também é importante conferir qual a frequência de lançamentos e trocas de coleções, visto que o mercado de moda exige uma atualização constante de estoque para atender as demandas dos consumidores em diferentes épocas do ano e seguindo as tendências em alta.

Em muitos casos, a própria franqueadora é a fornecedora de produtos para a loja franqueada. Portanto, o interessado em investir deve avaliar quais são as políticas de compras da empresa com antecedência. Cheque se há exigência de uma compra mínima, quais são as vantagens comerciais oferecidas e se a franqueadora auxilia na seleção de produtos para estoque.

Esse suporte na hora de montar o estoque é um dos grandes diferenciais de franquias de calçados em relação a abrir uma loja independente. Com a ajuda da franqueadora, o franqueado consegue construir um estoque mais funcional, baseando-se no know-how de uma empresa que já conhece o mercado, diminuindo os riscos de sobra ou falta de produtos na loja.

Ainda vale apontar que a maior parte das franquias de calçados conta com custos de investimento mais altos que franquias de outros segmentos, uma vez que geralmente operam com modelo de loja e exigem adaptação de ponto comercial e compra de estoque. Com isso em vista, um planejamento financeiro cuidadoso é indispensável para quem vai investir nessa área.

Opções de franquias de calçados

A seguir você confere algumas opções de franquias de calçados. São redes que trabalham com marcas próprias ou no modelo multimarcas, com negócios voltados para o público feminino, masculino e infantil.

Os dados de investimento são divulgados pela ABF ou pelas empresas.

1Sapatilha na Sacola

Especialista na venda de calçados femininos, a Sapatilha na Saco trabalha principalmente com sapatilhas – são mais de 500 modelos, com lançamentos frequentes. São quatro modelos de negócio: home select (franquia móvel com vendas diretas), quiosque, loja de rua e loja de shopping.

Investimento total: R$ 9,9 mil a R$ 95 mil
Taxa de franquia: R$ 9,9 mil a R$ 25 mil
Royalties: 4% sobre compras
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: não informado

2Nunes

No mercado há mais de 60 anos, a Nunes é uma rede de franquias de calçados de origem baiana que trabalha com produtos para o público feminino, masculino e infantil. A rede atua no modelo multimarcas, comercializando calçados e acessórios de marcas como Vizzano, Usaflex, Beira Rio, Rider, Moleca, Mormaii, entre outras.

Investimento total: R$ 55 mil a R$ 230 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 10% das vendas brutas
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 36 a 48 meses

3Mil e Uma Sapatilhas

A Mil e Uma Sapatilhas é especializada em sapatilhas, além de trabalhar com outros modelos de calçados femininos. A marca conta com lançamentos constantes e atua com franquias de loja ou venda por meio de consultoras.

Investimento total: R$ 108,7 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 85 mil a R$ 150 mil
Prazo de retorno: 13 meses

4Zap Accessories

Além de calçados, a Zap Accessories trabalha com a venda de bolsas e outros acessórios, como cintos e carteiras. O foco está no público feminino. A franqueadora oferece modelos de franquias de loja e de quiosque.

Investimento total: R$ 130 mil a R$ 510 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 10% das compras
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 18 a 24 meses

5Arena Baby

Focada em produtos para o público infantil, a Arena Baby trabalha com um modelo ganha-ganha, no qual o cliente vende produtos que seus filhos já não usam mais por dinheiro ou créditos para usar na loja. As unidades trabalham com roupas, calçados e acessórios para bebês e crianças.

Investimento total: R$ 170 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 7%
Faturamento médio: R$ 40 mil
Prazo de retorno: 24 meses

6Spatifilus

A Spatifilus tem mais de 20 anos de atuação no mercado de calçados femininos. O mix de produtos conta com diversos modelos de calçados, além de opções de bolsas. As franquias são no formato de loja. A rede também disponibiliza modelo de licenciamento para a venda de produtos Spatifilus em lojas multimarcas.

Investimento total: R$ 220 mil a R$ 320 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil
Royalties: 8%
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

7Calci

A Calci é uma rede de franquias de calçados que atua em modalidade multimarcas, trabalhando com produtos de marcas como Kolosh, All Star, Bottero e Coca-Cola Shoes. As franquias são no formato loja e há possibilidade de adequação do modelo de negócio para implantação em cidades pequenas, com menos de 30 mil habitantes.

Investimento total: R$ 227 mil a R$ 410 mil
Taxa de franquia: R$ 48 mil
Royalties: 10% das compras
Faturamento médio: R$ 130 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

8Dumond

A Dumond é uma rede de franquias de calçados femininos que trabalha também com diversos modelos de bolsas e acessórios em seu mix de produtos. Fundada em 1994, a marca está presente em mais de 50 países, com lojas exclusivas e dentro de lojas multimarcas. As franquias são voltadas para instalação em capitais e cidades acima de 100 mil habitantes.

Investimento total: R$ 240 mil a R$ 380 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil
Royalties: 45% das mercadorias
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

9Sergio’s

Especializada em calçados masculinos, a Sergio’s está no mercado desde 1978 e conta com mais de 50 lojas em todo o Brasil. Além da linha de calçados, as lojas da marca também comercializam acessórios como carteiras, cintos, mochilas, pastas, bolsas e necessaires.

Investimento total: R$ 250 mil a R$ 510 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 10% das mercadorias
Faturamento médio: R$ 85 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

10Via Mia

A Via Mia é especialista em produtos para o público feminino, trabalhando com uma linha que inclui calçados de diversos modelos, além de bolsas, cintos, necessaires, bijuterias, carteiras, organizadores e outros objetos. Além da expansão por franquias, a marca também atua com vendas de seus produtos em lojas multimarcas.

Investimento total: R$ 265 mil a R$ 585 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 16% das compras
Faturamento médio: R$ 240 mil
Prazo de retorno: 18 a 30 meses

11Magic Feet

A Magic Feet é uma rede de franquias de calçados multimarcas voltada ao público infantil. As lojas comercializam produtos para bebês e crianças até dez anos de idade, de marcas como Adidas, Converse, Lupo, Crocs, Bee Happy, Nike, Pampili, Puma e Vans.

Investimento total: R$ 280 mil a R$ 486,8 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 4% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 150 mil
Prazo de retorno: 28 a 36 meses

12Samello

A Samello trabalha com calçados para o público masculino, com um mix de produtos que inclui diversos modelos, na linha “sport” e “urban”. Além dos sapatos, a marca conta também com acessórios como carteiras, cintos, pastas, malas, meias, entre outros.

Investimento total: R$ 290 mil a R$ 490 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 30% das compras
Faturamento médio: R$ 95 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

13Artwalk

A Artwalk trabalha com calçados para o público feminino e masculino, adotando o modelo de loja multimarcas – Adidas, Converse, Jordan, New Balance, Puma e Vans são algumas das marcas do portfólio. Além de calçados, as lojas também comercializam roupas e acessórios, como bonés, bolsas, carteiras e óculos.

Investimento total: R$ 300 mil a R$ 533,5 mil
Taxa de franquia: R$ 50 mil
Royalties: 4% do faturamento bruto
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 28 a 36 meses

14Havaianas

A Havaianas é uma das maiores franquias do Brasil, além de ser uma das mais populares marcas brasileiras. Além das sandálias de borracha pelas quais é conhecida, a Havaianas contam também com alpargatas, tênis e acessórios. Fundada em 1962, a marca está presente em diversos países nos cinco continentes.

Investimento total: R$ 300 mil a R$ 845 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 12 a 36 meses

15Sonho dos Pés

No mercado de varejo de calçados desde 1989, a Sonho dos Pés é especializada na venda de calçados femininos. Além disso, as lojas contam também com bolsas, acessórios e uma linha kids, com produtos voltados para meninas.

Investimento total: R$ 300 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 6% sobre as vendas
Faturamento médio: R$ 140 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

16Authentic Feet

A Authentic Feet conta com um amplo de mix de produtos, incluindo calçados, roupas e acessórios para os públicos feminino, masculino e infantil. As lojas trabalham com itens de marcas como Adidas, Nike, Puma, Mizuno, Reebok, Lupo, Converse, entre outras.

Investimento total: R$ 310 mil a R$ 643,5 mil
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Royalties: 4% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 180 mil
Prazo de retorno: 28 a 36 meses

17Clube Melissa

A Clube Melissa é a rede de franquias de calçados da Melissa, marca conhecida por seus calçados de plástico. Com produtos especialmente voltados para o público feminino, as lojas também contam com acessórios e linhas infantis.

Investimento total: R$ 330 mil a R$ 500 mil
Taxa de franquia: R$ 45 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 130 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

18Pezinho e Cia

A Pezinho e Cia é especialista no varejo de calçados infantis, com um mix de produtos que inclui opções para meninos, meninas e bebês. Entre as marcas vendidas pela rede estão Nike, Puma, Reserva Mini, Kipling, Converse, Lacoste, New Balance, Pampili, Adidas, Klin, Crocs, entre outras.

Investimento total: R$ 350 mil a R$ 600 mil
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Royalties: 6% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 100 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

19Capodarte

A Capodarte é uma rede de franquias de calçados femininos que trabalha com um mix de produtos de marca própria. Além dos calçados as lojas contam também com bolsas, cintos, carteiras, necessaires, entre outros acessórios. O portfólio inclui ainda linhas de produtos para os públicos infantil e masculino.

Investimento total: R$ 355 mil a R$ 515 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: 45% das compras
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

20Jorge Bischoff

A Jorge Bischoff é uma marca que tem em seu portfólio calçados femininos de diversos modelos, além de linha masculina, bolsas, carteiras, cintos, chaveiros e outros acessórios. São mais de 70 lojas exclusivas no Brasil, além de presença em pontos de venda em mais de 50 países em todo o mundo.

Investimento total: R$ 355 mil a R$ 690 mil
Taxa de franquia: R$ 60 mil
Royalties: 30% das compras
Faturamento médio: R$ 190 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

21Calçados Bibi

A Calçados Bibi é especialista em produtos para o público infantil. A marca conta com produtos para bebês, meninos e meninas com idades até oito anos. Além dos calçados, a Bibi também oferece acessórios como bolsas, mochilas, meias e acessórios para cabelo. A rede está em expansão por franchising no Brasil e no exterior.

Investimento total: R$ 380 mil a R$ 580 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil a R$ 50 mil
Royalties: 6%
Faturamento médio: R$ 70 mil a R$ 160 mil
Prazo de retorno: 36 meses

22Viggo

A Viggo trabalha com calçados masculinos, com uma linha que inclui sapatos sociais e casuais, mocassins, sapatênis e sandálias. As lojas também comercializam acessórios – cintos, carteiras, malas, pastas e necessaires.

Investimento total: R$ 400 mil a R$ 630 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 12% das compras
Faturamento médio: R$ 126 mil
Prazo de retorno: 22 a 36 meses

23Anacapri

A Anacapri é uma marca de calçados e acessórios femininos, trabalhando com diversos modelos de sapatos com e sem salto, botas, tênis, entre outros. Na parte de acessórios, a marca trabalha com bolsas, mochilas, pochetes, pingentes, meias, entre outros.

Investimento total: R$ 410 mil a R$ 570 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 38,74% das compras
Faturamento médio: R$ 125 mil
Prazo de retorno: 36 a 48 meses

24Los Neto

A Los Neto é uma rede de franquias de sapatarias com mais de 20 anos de atuação no setor de varejo de calçados. As lojas trabalham com um mix diversos, com calçados femininos e masculinos de marcas como Ramarim, Vizzano, Beira Rio, Zaxy, entre outras.

Investimento total: R$ 414,1 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 17 a 23 meses

25Side Walk

A Side Walk é uma rede de franquias de roupas e calçados que trabalha com produtos femininos e masculinos no portfólio. Entre as opções de modelos de calçados estão tênis, mocassins, sapatos sociais, sapatilhas, sandálias, alpargatas e botas.

Investimento total: R$ 420 mil a R$ 540 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 23% das compras
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 12 a 36 meses

26World Tennis

A World Tennis é uma rede de franquias de calçados multimarcas que tem o tênis como seu principal produto. São diversos modelos e tipos do calçado, vendidos em linhas femininas, masculinas e infantis, com marcas como Asics, Adidas, Mizuno, Rainha, Puma, Vans, Osklen, Fila, Olympikus, entre outras.

Investimento total: R$ 430 mil a R$ 725 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: variável
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 18 a 30 meses

27Arezzo

A Arezzo é uma marca de calçados e acessórios femininos. As lojas contam com modelos de scarpins, botas, tênis, sapatilhas, sandálias, rasteiras, mules, chinelos, entre outras. Além disso, o mix de produtos conta com bolsas, malas, mochilas e outros acessórios.

Investimento total: R$ 475 mil a R$ 735 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 38,74% das compras
Faturamento médio: R$ 180 mil
Prazo de retorno: 36 a 60 meses

28Outer Shoes

Trabalhando principalmente com calçados casuais, a Outer Shoes tem linhas de calçados para o público masculino e feminino. As lojas também oferecem acessórios como bolsas, meias e carteiras. A franqueadora aposta em um layout de loja compacta, com arquitetura contemporânea.

Investimento total: R$ 495 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: não informado
Faturamento médio: R$ 150 mil
Prazo de retorno: a partir de 24 meses

29B1

A B1 é uma rede de lojas multimarcas que trabalha com um amplo mix de produtos, incluindo roupas, calçados e acessórios. Com mais de 40 anos de experiência no mercado de moda, a rede conta com mais de 1 mil fornecedores cadastrados.

Investimento total: R$ 500 mil a R$ 795 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 10% das compras
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

30Di Pollini

A Di Pollini é especialista em calçados masculinos, trabalhando com modelos casuais e sociais, além de contar com acessórios como cintos, carteiras, bolsas e pulseiras. Além disso, as rede também conta com a Di Pollini Donna, linha de produtos voltados ao público feminino.

Investimento total: R$ 707,3 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 15% das compras
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 21 a 36 meses

31Schutz

A Schutz é uma rede de franquias de calçados femininos que tem em seu portfólio diversos modelos de sandálias, botas, scarpins, sapatilhas, rasteiras, tênis, além de bolsas e outros acessórios.

Investimento total: R$ 760 mil a R$ 1,12 milhão
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 38,74% das compras
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 36 meses

DEIXE UMA RESPOSTA