Encontrou uma franquia em um lugar inesperado? Pois é, esse movimento está cada vez mais comum. Quando falamos em franquias para abrir em pontos alternativos, as oportunidades de explorar locais diferentes dos tradicionais são diversas – e podem ser muito lucrativas.

A cara do franchising brasileiro está mudando. Com a expansão do mercado de franquias, as grandes redes não estão mais concentradas exclusivamente dentro de shopping centers ou nas principais ruas comerciais das cidades.

“Existem muitos negócios que têm bons resultados fora de shopping centers e de ruas muito comerciais. Centros empresariais, universidades, estacionamentos e postos de gasolina, podem ser excelentes pontos para atendimento de pessoas que trabalham ou estudam ali. Alguns têm um fluxo muito grande de pessoas, principalmente no horário de almoço e de segundas a sextas-feiras”, pontua Mércia Machado Vergili, consultora da GSPP e especialista em franchising.

Segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), apesar das lojas de rua e de shopping ainda representarem a maior parte das unidades de franquias brasileiras, a presença de franquias em outros pontos está em crescimento.

Em 2018, tanto a participação de lojas de rua quanto de shopping no franchising caíram: as lojas de rua foram de 66% das unidades de franquias para 65%, enquanto as unidades de shopping caíram de 23% para 21%. Assim, o espaço foi aberto para que novos locais mostrassem uma presença maior de franquias. Os supermercados concentram 4% das unidades ativas no país em 2018. Locais como condomínios comerciais e residenciais, clubes e universidades representam 3% do total. Já os terminais de transporte – como rodoviárias, aeroportos e estações de metrô – têm 0,9% das franquias.

Apostar em um desses locais menos tradicionais para abrir uma franquia pode ser um excelente negócio para o franqueado. Um dos pontos positivos é que muitos desses pontos alternativos têm custos de ocupação mais baixos do que os custos de shopping centers, por exemplo, que costumam apresentar valores elevados.

Outro atrativo é a menor concorrência. Enquanto as ruas comerciais e os shopping centers concentram múltiplas opções de lojas para consumo de um mesmo produto ou serviço, dividindo o público, em locais como universidades e centros empresariais esse leque é menor, o que pode aumentar as chances de faturamento.

A oportunidade de atingir um público específico que já frequenta o local também é um benefício de vários pontos alternativos. Abrindo uma franquia de suplementos dentro de uma academia, o acesso ao público interessado nesse tipo de produto é mais direto do que seria em uma loja de rua tradicional, por exemplo.

Por outro lado, os franqueados que optam por abrir uma franquia em pontos alternativos encontram horários de funcionamento e movimentação diferentes dos pontos convencionais. “Os desafios que percebo são de [franquias de alimentação] estarem com operação restrita a almoço, pois o movimento de jantar é muito pequeno ou não existe, assim como os finais de semana. No caso de universidades, há longos períodos de férias escolares”, exemplifica Mércia.

Ainda assim, é possível enfrentar esses desafios, desde que o tipo de negócio e o ponto escolhido estejam bem encaixados. “Isto não é impeditivo para os negócios, só é preciso criá-los de maneira adaptada a esta situação”, reforça a consultora da GSPP.

Como escolher o ponto ideal para a franquia

Enquanto a escolha de um shopping center para abrir uma franquia parece relativamente simples, a decisão por um ponto alternativo pode não ser tão clara. Nesse caso, as análises de fluxo de pessoas, público atingido, horários de funcionamento, custo de ocupação e estrutura do local devem ser ainda mais cuidadosas para que o retorno do negócio seja compatível com as expectativas do franqueado.

“Para a escolha de ponto, é necessário conhecer o negócio que se pretende abrir”, afirma Mércia. A consultora indica que os candidatos avaliem os seguintes pontos para fazer uma boa seleção de local:

  • Qual é o público que a franquia atinge?
  • Em que horário a franquia tem maior volume de venda?
  • O produto ou serviço comercializado pela franquia atrai pessoas ou depende do público de passagem?
  • O fluxo de pessoas que circulam pelo local é suficiente para atender às necessidades do negócio?

Assim, o ideal é buscar por pontos que reúnam o público da franquia, com um bom fluxo de pessoas, e que esteja aberto e/ou movimentado nos horários mais importantes para o negócio. Ou seja, um fast food com comidas mais gordurosas não é um bom candidato para um negócio dentro de uma academia; assim como abrir um restaurante que tem seu maior volume de vendas no jantar em um centro empresarial que fecha à noite pode não ser a melhor ideia.

“Além destes fatores, é muito importante entender o valor de locação, que deve estar adequado ao estudo financeiro que a franquia já tem”, acrescenta a especialista.

A seguir você confere algumas opções de franquias para abrir em pontos alternativos, como universidades, postos de gasolina, supermercados, estacionamentos e store in store. Os dados de investimento são informados pelas empresas ou divulgados pela ABF.

1Acquazero

A Acquazero é uma rede de franquias automotivas que trabalha com serviços como limpeza ecológica de veículos, limpeza técnica de motor, higienização de ar condicionado, revitalização de plásticos, entre outros. Com modelos de franquia delivery ou com ponto fixo, a marca pode atuar em locais como condomínios comerciais e residenciais, estacionamentos, concessionárias, universidades, postos de gasolina, locadoras de veículos, hipermercados e centros automotivos.

Investimento total: R$ 10 mil a R$ 103 mil
Taxa de franquia: R$ 5 mil a R$ 25 mil
Royalties: R$ 250 a R$ 1 mil
Faturamento médio: R$ 5 mil a R$ 50 mil
Prazo de retorno: 3 a 24 meses

2Mr. Fit

O Mr. Fit é uma rede de fast food especializada em alimentação saudável. O cardápio conta com opções de sanduíches, refeições, wraps, omeletes, sucos, bebidas, açaís e sobremesas. São sete diferentes modelos de franquias, que podem ser instalados tanto em pontos tradicionais de rua e shopping quanto em locais como terminais de transporte, centros empresariais, universidades, clínicas, escolas, academias e afins.

Investimento total: R$ 12 mil a R$ 160 mil
Taxa de franquia: 0 a R$ 31 mil
Royalties: variável
Faturamento médio: R$ 4 mil a R$ 130 mil
Prazo de retorno: 3 a 36 meses

3The Hot Machine

A rede de franquias de vending machines de bebidas quentes permite uma atuação bastante flexível em termos de locais. As máquinas da The Hot Machine podem ser instaladas em universidades, empresas, supermercados, hospitais, terminais de transporte, entre outros pontos comerciais. A gestão do negócio é feita pelo franqueado em home office.

Investimento total: R$ 20 mil
Taxa de franquia: R$ 2 mil
Royalties: 20% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 3,5 mil
Prazo de retorno: 12 meses

4Little Kickers

A Little Kickers é uma rede de franquias de educação que tem como proposta oferecer um projeto multidisciplinar para crianças, alinhando a prática esportiva com ensino de inglês. A rede permite que os franqueados realizem as aulas em locais como condomínios residenciais, escolas de ensino regular, parques e centros esportivos.

Investimento total: R$ 25 mil a R$ 45 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil a R$ 35 mil
Royalties: 10% ou ½ salário mínimo
Faturamento médio: R$ 17 mil
Prazo de retorno: a partir de 12 meses

5Fruit Truck

A Fruit Truck é uma rede de franquias de açaí que tem em seu cardápio, além do creme de açaí, creme de cupuaçu e saladas de frutas. Com um formato compacto de franquias de quiosque, a rede tem boa parte de suas unidades instaladas dentro de universidades e centros corporativos.

Investimento total: R$ 32 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil
Royalties: R$ 580
Faturamento médio: R$ 10 mil
Prazo de retorno: 8 a 12 meses

6Mara Mix

Especialista na locação de máquinas automáticas e semiautomáticas de café e outras bebidas quentes, a Mara Mix oferece amplas oportunidades de atuação para os franqueados. As máquinas podem ser instaladas em pontos como padarias, lojas de conveniência, restaurantes, empresas, estabelecimentos da área da saúde e órgãos públicos, além da possibilidade de operações no modelo de quiosque.

Investimento total: R$ 36 mil
Taxa de franquia: R$ 32 mil
Royalties: fixo
Faturamento médio: acima de R$ 20 mil
Prazo de retorno: 10 a 18 meses

7Suav

A modalidade store in store é uma das oportunidades de atuação da Suav, que permite que seus modelos de franquia sejam instalados dentro de outras lojas em pontos de rua e supermercados. A marca é especialista em serviços de estética, trabalhando com serviços de sobrancelha, depilação e esmalteria.

Investimento total: R$ 69,9 mil a R$ 131,2 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil a R$ 35 mil
Royalties: R$ 1,5 mil
Faturamento médio: R$ 20 mil a R$ 70 mil
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

8Turma do Banho

A Turma do Banho é uma rede especializada em serviços de banho, tosa e hidratação para animais de estimação. As franquias são instaladas dentro de trailers (não móveis) que podem ser implantados em estacionamentos.

Investimento total: R$ 79 mil a R$ 120 mil
Taxa de franquia: não cobra
Royalties: 1 a 1,5 salário mínimo
Faturamento médio: R$ 20 mil a R$ 41 mil
Prazo de retorno: 12 meses

9Kiwi Superfoods

A Kiwi é uma rede especializada em alimentação saudável, com um cardápio que inclui opções de sucos, pratos veganos, lowcarb e funcionais, açaí e sobremesas. São dois modelos de franquias disponíveis, sendo que o modelo compacto é ideal para instalação em espaços como clubes, hospitais, academias e outros centros.

Investimento total: a partir de R$ 80 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil a R$ 50 mil
Royalties: não informado
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: não informado

10Parada Ibiraçu

A Parada Ibiraçu é uma rede de franquias de alimentação que oferece um cardápio com opções de lanches rápidos – pastéis, salgados, doces e bebidas. São três modelos de franquia, incluindo o formato box, que pode ser instalado em supermercados, postos de gasolina, terminais, faculdades, mega stores e hospitais. A rede também conta com modelo de loja de rua e para rodovias.

Investimento total: R$ 120 mil a R$ 350 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 4% do faturamento bruto
Faturamento médio: não informado
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

11Atitude

A Atitude é uma rede de franquias de óculos que trabalha com produtos das marcas Atitude Eyewear, Speedo Eyewear e Bulget. Além dos modelos de franquias de loja de rua e shopping, a franqueadora também conta com a possibilidade de atuação dentro de aeroportos.

Investimento total: a partir de R$ 135 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil
Royalties: não cobra
Faturamento médio: R$ 45 mil
Prazo de retorno: 18 meses

12Fórmula Pizzaria

Com um cardápio que conta com diversas opções de pizzas e calzones, a Fórmula Pizzaria conta com o modelo de franquia express, ideal para instalação em locais como supermercados e terminais de transporte. Além disso, o modelo permite que os consumidores montem suas pizzas, escolhendo entre as opções de ingredientes.

Investimento total: R$ 145 mil a R$ 380 mil
Taxa de franquia: R$ 40 mil a R$ 160 mil
Royalties: R$ 1 mil
Faturamento médio: R$ 70 mil a R$ 90 mil
Prazo de retorno: 12 a 36 meses

13Megamatte

Com foco em alimentação saudável, o cardápio da marca conta com opções de salgados, bebidas, vitaminas, sanduíches, cafés, doces e pratos veganos. Uma das possibilidades de instalação das franquias Megamatte é dentro de hospitais.

Investimento total: a partir de R$ 199 mil
Taxa de franquia: R$ 29 mil
Royalties: 4%
Faturamento médio: R$ 40 mil
Prazo de retorno: 18 a 36 meses

14Gela Boca

A Gela Boca é uma rede de franquias de sorvete que trabalha com buffet de sorvetes de massa para atendimento self service, além de comercializar picolés, potes de sorvetes e outras sobremesas. As lojas da rede podem ser instaladas em postos de gasolina.

Investimento total: R$ 200 mil
Taxa de franquia: R$ 20 mil
Royalties: R$ 750
Faturamento médio: R$ 60 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

155àsec

A rede de lavanderias 5àsec já opera com modelos de negócio que podem ser instalados em espaços como postos de gasolina e supermercados. Além disso, a franqueadora tem planos para desenvolver outros formatos compactos para expansão, como os lockers, que poderão ser implantados em locais como academias e condomínios.

Investimento total: R$ 250 mil a R$ 380 mil
Taxa de franquia: inclusa no investimento total
Royalties: 5%
Faturamento médio: R$ 55 mil
Prazo de retorno: 30 a 40 meses

16Temaki Fry

A Temaki Fry traz em seu cardápio mais de 30 opções de temaki, além de opções de entradas, sushi, sashimi, poke, entre outros pratos típicos da culinária oriental. Atualmente, boa parte das operações da rede estão instaladas em postos de gasolina.

Investimento total: a partir de R$ 250 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 5% sobre o faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 100 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

17Rei do Mate

A Rei do Mate tem em seu mix de produtos opções de chás, pão de queijo, salgados, sanduíches, cafés, sobremesas, sucos, doces, entre outros pratos. Posicionada entre as 50 maiores franquias do Brasil, a rede já conta com unidades instaladas dentro de empresas, terminais de transporte e áreas sociais de clubes de futebol.

Investimento total: a partir de R$ 250 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 4%
Faturamento médio: R$ 75 mil
Prazo de retorno: 36 meses

18Oca de Savóia

A Oca de Savóia é uma rede de franquias de fast food que tem em seu cardápio opções de pizzas, massas e saladas. Uma das formas de atuação da rede é com franquias dentro de estádios de futebol. Atualmente, o foco de expansão da marca está especialmente na região Sudeste.

Investimento total: R$ 250 mil a R$ 1 milhão
Taxa de franquia: R$ 55 mil a R$ 70 mil
Royalties: não informado
Faturamento médio: R$ 60 mil a R$ 100 mil
Prazo de retorno: 24 meses

DEIXE UMA RESPOSTA