Um dos segmentos mais tradicionais do universo do franchising, as franquias de alimentação registram crescimento contínuo há mais de uma década, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF). As franquias de alimentação saudável vêm se apresentando como tendência de investimento, em um segmento que movimenta mais de 93 bilhões de reais anualmente.

Os números demonstram desempenho favorável para quem deseja começar a investir em uma franquia barata neste ramo. Um movimento interessante que vem sendo percebido no segmento, é a procura dos consumidores por refeições mais naturais e saudáveis. A onda de reeducação nutricional por parte da população brasileira chega até as marcas, que buscam investir em opções de lanches e refeições mais equilibradas.

➥ Busca franquias de comidas saudáveis? Confira nosso guia de franquias de alimentação saudável

De acordo com Euromonitor, provedora global de inteligência estratégica de mercado, o mercado de alimentação saudável cresceu 98% no país, entre os anos de 2009 e 2014. A média de crescimento ao ano é de 12,3%, posicionando o Brasil no quinto lugar no ranking mundial desse segmento.

O nicho de alimentos orgânicos é o com maior crescimento nos últimos cinco anos, cerca de 18%. De acordo com a consultora de foodservice da AGR Consultores, Rafaela Natal, a tendência é que o setor de alimentação saudável continue crescendo nos próximos anos.

“A expectativa é de que o mercado brasileiro cresça a taxas médias de 4,4% ao ano, até 2021. O consumo de alimentos saudáveis no Brasil cresceu anualmente a uma taxa média de 12,3%, nos últimos cinco anos, enquanto no restante do mundo o crescimento registrado foi de 8% ao ano”, aponta Rafaela.

Com a potência de crescimento deste mercado, novos produtos e marcas são apresentadas aos clientes e empreendedores interessados em franquias de alimentação saudável. A especialista comenta que o diferencial deste segmento está na proposta e na forma de apresentação das refeições: “o alimento saudável normalmente é mais colorido, fresco e, portanto, possui um apelo visual muito mais interessante. Por este motivo, as marcas adotam embalagens que proporcionam ao cliente uma melhor visualização do alimento, o que vem crescendo neste segmento”.

Para Rafaela, outra vantagem de investir em uma franquia deste setor é o baixo número de concorrentes diretos.

Os desafios são comuns, como em toda área de investimento em franchising. Entretanto, as franquias de alimentação saudável requerem atenção a mais. A consultora esclarece que um dos principais desafios é a operação dos alimentos perecíveis. “O franqueado precisa estar atento, diariamente, a todos os elos da cadeia, desde o pedido correto das mercadorias, até a entrega do produto final ao consumidor”, alerta.

O cuidado com o armazenamento dos alimentos é fundamental em uma rede que propõe oferecer alimentação mais saudável, por isso, outro desafio é manter a padronização e qualidade dos produtos. Rafaela comenta que os produtos requerem observação constante e treinamento recorrente dos funcionários da unidade.

Como escolher entre franquias baratas de alimentação saudável

Alguns fatores e detalhes de gerenciamento e operação das franquias precisam ser levadas em consideração no momento de escolher de qual marca se tornar franqueado.

Rafaela Natal alerta que o principal fator de decisão é o gosto por trabalhar em operações dinâmicas e estar disposto a trabalhar, literalmente, “com a barriga encostada no fogão”. Caso o empreendedor não seja a pessoa que estará à frente da rotina de operação da franquia, é de extrema importância que seja contratado um operador ou gerente, com perfil adequado para gerenciar uma franquia deste segmento.

“Outro ponto importante a ser analisado é operação logística. A franqueadora que dispõe de uma central logística para atender o franqueado sai na frente. Nesse modelo, o franqueado emite o pedido de compra ao operador logístico e/ou central de produção/distribuição e recebe a mercadoria na data agendada dentro dos padrões de conformidade que a cadeia de frio adequada, itens muito relevantes para a operação de alimentos perecíveis”, comenta Rafaela.

Normalmente, de acordo com a consultora, os itens mais “frescos”, como hotifrutigranjeiros são entregues aos pontos de venda por fornecedores regionais, homologados pela franqueadora.

O cuidado na escolha do ponto comercial também deve ser uma etapa de extremo cuidado. O local em que a franquia será instalada impacta muito o processo de implantação de uma franquia de alimentação, podendo a localização ser fator decisivo para o sucesso de um negócio. “No caso de franquias de alimentação, além de analisar se o ponto é aderente ao público-alvo do negócio e ao fluxo de pessoas em determina região, é importante que o empreendedor analise se não há impedimento legal para a abertura do negócio no local desejado”, complementa Rafaela.

Por este motivo, o ideal é que a franqueadora forneça suporte ao franqueado, utilizando ferramentas de geomarketing para auxílio de escolha do ponto comercial ideal.

Investimento em aplicativos

Seguindo as demandas do mercado, dos clientes e das inovações tecnológicas, a funcionalidade dos aplicativos de pedidos de comida já virou rotina nas franquias de alimentação. Muitas redes contabilizam grande parte do faturamento advindo dos serviços delivery. Aplicativos como o Ifood, Uber Eats e Pedidos Já, por exemplo, respondem por 30% das solicitações dos consumidores brasileiros.

A tendência, portanto, é que as marcas operem e comercializem os produtos via internet. Rafaela Natal comenta que as redes de franquias de alimentação que oferecem um modelo de negócio formatado para vendas e entregas de pedidos através de aplicativos, apresentam performance melhor do que a maioria das marcas.

“O delivery de alimentos desfruta de um bom momento no país e, para quem pensa em abrir um negócio nessa área, é importante que o candidato avalie se a franquia possibilita o franqueado trabalhar esse canal de vendas também para agregar o faturamento médio da unidade”, finaliza a consultora.

A seguir, selecionamos franquias baratas de alimentação saudável. Os valores de investimento não ultrapassam 90 mil reais. Os dados das franquias foram fornecidos pelas empresas ou são divulgados pela ABF.

1Meu Lado Natureba

Há quase 20 anos atuando no segmento de alimentação, a Meu Lado Natureba foi estruturada como uma rede de especializada em alimentação saudável. Os clientes encontram snacks, suplementos alimentares, produtos naturais e a granel, e produtos da própria marca. Para os franqueados, é oferecido modelo de franquia online. Os empreendedores ficam responsáveis pelas vendas realizadas em uma loja virtual.

Investimento total: R$ 9 mil
Taxa de franquia: não cobra
Royalties: 20% sobre a venda
Faturamento médio: R$ 10 mil
Prazo de retorno: 10 meses

2Brasil Nutri Shop

A Brasil Nutri Shop é uma rede de franquias online voltada para a venda de suplementos alimentares. Os empreendedores atuam em modelo de loja virtual, e ficam à frente da venda de produtos que a marca trabalha. Com investimento a partir de 9 mil reais, não é necessário que o empreendedor abra um CNPJ. A marca está presente em 11 estados brasileiros.

Investimento total: R$ 9 mil
Taxa de franquia: R$ 9 mil
Royalties: 20% do custo do produto
Faturamento médio: R$ 10 mil
Prazo de retorno: 12 meses

3Mr. Fit

Conhecida como franquia de fast food saudável, a Mr. Fit surgiu no segmento de alimentação com a proposta de inovar o mercado: refeições mais saudáveis, vendidas a preços acessíveis. Fundada em 2013, a Mr. Fit está presente em 17 estados brasileiros, com mais de 120 unidades franqueadas em operação. Os empreendedores encontram sete modelos para investimento, com valores entre 12 mil reais a 160 mil reais. O modelo mais barato é o de microfranquia, no qual o empreendedor fica responsável pela revenda de linha de alimentos congelados.

Investimento total: R$ 12 mil a R$ 160 mil
Taxa de franquia: 0 a R$ 31 mil
Royalties: variável
Faturamento médio: R$ 4 mil a R$ 130 mil
Prazo de retorno: 3 a 36 meses

4Nação Verde

Com 29 unidades franqueadas, a Nação Verde foi fundada em 2010 e expandiu por franchising dois anos mais tarde. A marca é especializada na venda de produtos naturais, com a aposta de três canais de venda em um mesmo local: varejo, marketing de relacionamento e e-commerce.

Investimento total: R$ 45 mil a R$ 370 mil
Taxa de franquia: R$ 10 mil a R$ 60 mil
Royalties: variável
Faturamento médio: R$ 62 mil
Prazo de retorno: 24 a 48 meses

5Suco do Batuque

Fundada em 2006, a Suco do Batuque foi lançada no segmento de alimentação com a proposta de oferecer opções mais saudáveis para os consumidores. A marca se preocupa com a venda de produtos mais naturais, e os clientes encontram cardápio com opções de saladas, pratos mais leves, açaís, vitaminas, sucos e sanduíches. Os franqueados recebem suporte completo e apoio na padronização da unidade.

Investimento total: R$ 60 mil a R$ 439,4 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil
Royalties: 5% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 17 mil a R$ 55 mil
Prazo de retorno: 16 a 36 meses

6Snack Saudável

A Snack Saudável é uma rede de franquias que atua em um nicho específico: oferecer lanches mais saudáveis para crianças em idade escolar. Os kits são compostos por sucos naturais, sanduíches integrais ou assados, bolos caseiros e fruta. Fundada em 2016, a marca possui 32 unidades franqueadas em todo o país.

Investimento total: a partir de R$ 64,9 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil
Royalties: R$ 450 nos primeiros seis meses, depois R$ 900
Faturamento médio: R$ 24,75 mil
Prazo de retorno: 15 meses

7BR Fitness Delivery

Apostando em alimentação saudável, a Br Fitness oferece aos clientes opções de comidas nutritivas e balanceadas. O cardápio da marca conta com um mix de 35 opções de pratos, lanches, wraps, tapiocas e sucos detox, a preços acessíveis. O investimento necessário parte de 65 mil reais, com faturamento médio de 20 mil reais a 45 mil reais.

Investimento inicial: R$ 65 mil a R$ 90 mil
Taxa de franquia: R$ 16 mil a R$ 25 mil
Royalties: de um salário mínimo a R$ 1,3 mil
Faturamento médio: R$ 20 mil a R$ 45 mil
Prazo de retorno: 12 meses

8Kiwi Sucos

A Kiwi Sucos trabalha com um cardápio variado de sucos naturais, sem conservante e sem açúcar. As opções incluem sucos detox, funcionais, integrais e com Yakult. Além dos sucos, a rede oferece vitaminas, cremes, açaí, saladas, sanduíches, tapiocas, omeletes, caldos, panquecas e sobremesas, tudo com foco em alimentação saudável. As franquias podem ter formato de loja de rua, loja de shopping, quiosque de shopping, quiosque de rua, store in store e modelos específicos para universidades e escolas.

Investimento total: R$ 70 mil a R$ 300 mil
Taxa de franquia: não informado
Royalties: 6% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 60 mil
Prazo de retorno: 24 a 36 meses

9Self Açaí

Criada em 2015, a Self Açaí foi estruturada com a proposta de oferecer aos clientes inovação e praticidade, com o conceito de self service para açaís. Os clientes encontram um mix de 14 sabores de cremes de açaí, cupuaçu e iogurte grego, além de 30 sabores de sorvete e mais de 60 opções de acompanhamentos. Com investimento a partir de 75 mil reais, a franqueadora oferta modelo de negócio de fácil gestão e alta margem de lucro, chegando em 25% bruto. O prazo de retorno do investimento é curto: a partir de cinco meses após o início da operação.

Investimento total: R$ 75 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil
Royalties: 1% do faturamento bruto
Faturamento médio: R$ 40 mil a R$ 100 mil
Prazo de retorno: 5 a 15 meses

10Akasa do Açaí

Akasa do Açaí tem como carro chefe o creme de açaí, além de contar com creme de pitaya, cupuaçu, sorvete e mais de 50 tipos de complementos. As unidades oferecem atendimento self service e contam com modelo de cozinha americana. As franquias podem ser de loja de rua ou quiosque de shopping.

Investimento total: R$ 80 mil a R$ 90 mil
Taxa de franquia: R$ 15 mil a R$ 20 mil
Royalties: R$ 1 mil
Faturamento médio: R$ 55 mil
Prazo de retorno: 12 a 24 meses

11Açaí Concept

No mercado desde 2014, a Açaí Concept atua com foco na produção, venda e distribuição de creme de açaí. Os empreendedores encontram opções de franquia em modelo loja, quiosque ou unidades móveis, com valor de investimento a partir de 80 mil reais. São 235 unidades franqueadas espalhadas pelo país.

Investimento total: R$ 80 mil a R$ 150 mil
Taxa de franquia: R$ 30 mil a R$ 40 mil
Royalties: R$ 1,5 mil a R$ 2,5 mil
Faturamento médio: R$ 50 mil
Prazo de retorno: 5 a 16 meses

DEIXE UMA RESPOSTA